10 conselhos práticos para os novos proprietários de um cão

,

  1. Não mudes a comida do cão quando chegar a casa

Para reduzir o stress provocado pela mudança de ambiente, o melhor é continuar alimentando-o durante uns dias com a sua comida habitual e depois ir mudando aos poucos para evitar problemas digestivos. Os cães (e especialmente os cachorros) costumam comer menos no início, pelo que é importante resistir-se à tentação de obrigá-los a comer ou oferecer-lhes um alimento novo.

  1. Não incomodes o cão enquanto está a comer

Talvez, queiras observar o cão durante as comidas para garantir que está a comer, mas o cão pode perceber a tua presença como uma ameaça (pensa que queres tirar-lhe a comida) e deixar de comer ou tornar-se agressivo. É fundamental dar de comer ao cão num lugar tranquilo e deixá-lo sozinho.

  1. Não dês de comer ao cão na mesa

Não é recomendável dar os restos da mesa ao cão. Primeiro porque não é um alimento equilibrado e pode provocar um aumento de peso (pelo geral o dono subestima a quantidade de comida fornecida), e no segundo lugar, porque o cão irá inquietar-se se algum membro da família lhe dá de comer com a mão, dado que precisa que tu controles o acesso à comida. Por isso, há que evitar dar os restos da mesa. Se por alguma razão for preciso fazer isto, deverás colocá-los num prato e dá-los uma vez terminada a comida, tirando esta quantidade da refeição diária do alimento habitual do cão.

  1. Não obrigues o cão a comer e não o alimentes com a mão

Obrigar o cão para que coma promove um consumo excessivo de alimento e como consequência excesso de peso. Se o alimentares com a mão, comerá menos do normal. A única exceção é se o animal estiver doente, caso em que deves consultar com o veterinário.

  1. Não adiciones nada à comida do cão para incitá-lo a comer

Se o animal toma um alimento equilibrado, vai deixar de comer quando se sentir satisfeito. Adicionar ingredientes mais saborosos (por exemplo, azeite) pode fazer com que continue a comer quando não tiver fome, o que irá provocar um aumento de peso.

  1. Não retires o comedouro do cachorro enquanto está a comer

A capacidade de retirar o comedouro do cão enquanto está a comer não é um sinal hierárquico do status do proprietário: os cães submissos comem depois dos dominantes, mas estes não os incomodam enquanto estão a alimentar-se.

Se incomodares o teu cão enquanto está a comer, vais estressá-lo e incitá-lo a defender a sua comida. Para habituar o animal a possas aproximar-te ao comedouro enquanto está a comer, tem uma atitude positiva (adiciona mais comida, por exemplo), mas não o incomodes com demasiada frequência e adverte da tua presença cada vez que te aproximares.

  1. Não dês guloseimas ao cão porque se sinta culpável ou como cumprimento quando chegares a casa

Usar a comida para relacionar-se com o cão é um erro que pode acabar em obesidade. O teu cão agradece sempre o contato social: acaricia-o, brinca com ele lançando um brinquedo ou à brincadeira de puxar e soltar ou ensina-lhe ordens simples para reforçar a vossa relação.

  1. Não tornes mal-educado o teu cão com uma “comida de domingo”

Oferecer-lhe uma comida especial ou mais abundante do habitual, pode alterar a dieta e a flora digestiva do cão (risco de diarreia). É melhor ensinar-lhe uma brincadeira nova ou dar um longo passeio.

  1. Não uses a comida para satisfazer o cão

Um cão bem alimentado não costuma ter fome. Mais que comida, o que o teu cão precisa é o contato contigo e com outros cães. Dedica-lhe o tempo necessário a cobrir esta necessidade.

  1. Não te preocupes se o teu cão não come a quantidade exata indicada na embalagem.

As quantidades indicadas nas embalagens de comida para cães são orientativas e devem adaptar-se às necessidades de cada animal e ao seu nível de atividade física. Se o teu cão está satisfeito e mantém um peso estável, quer dizer que a quantidade é a correta

« Anterior

Insuficiência renal crônica

10 regras básicas para um aquário exitoso

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.