As pessoas com imunodeficiência podem ter animais de estimação?

Os animais de estimação podem ser uma fonte de microrganismos patogênicos, mas com algumas precauções é possível conviver com eles com um mínimo risco de contágio.

Há muitas situações nas quais uma pessoa pode ter diminuído o seu sistema de defesas, e este estado pode ser temporário ou definitivo segundo qual for a causa. Isto faz com que seja mais susceptível que o resto das pessoas e possa sofrer infecções de vários tipos. Até há muitas provas de que o facto de ter um animal de estimação ajuda enormemente os doentes na parte anímica, e isto redunda num melhor estado de saúde e uma menor incidência de depressão.

Se tens imunodeficiência e tens ou queres ter um animal de estimação deves saber que as doenças zoonóticas (que são transmitidas dos animais às pessoas) mais comuns são as infecções intestinais causadas pela Salmonellay Campylobacter, alguns parasitas intestinais e doenças micóticas da pele (tinha). Além disso, há microrganismos que são habitantes normais da pele dos animais (e que se encontram também sobre qualquer superfície) que podem provocar infecções nas pessoas imunossuprimidas.

Cuidados essenciais de um animal de estimação

  • Mantém o teu animal de estimação limpo e saudável, leva-o ao veterinário para lhe fazer testes e análises de matéria fecal regularmente.
  • Ter atualizadas as vacinas e desparasitações.
  • Se o teu animal de estimação sai à rua, deve levar a trela e sob supervisão. Há que evitar que cheire mal ou ingira lixo, urina ou matéria fecal de outros animais.
  • Não deixes que beba água da sanita.
  • Não o alimentes com carne ou ovos crus ou com produtos lácteos sem pasteurizar.
  • A sua cama e os seus pratos de comida e água devem estar sempre limpos.
  • Lava as mãos depois de tocar o teu animal de estimação.
  • Pede que outra pessoa trate da limpeza de gaiolas, bandejas sanitárias, substratos e qualquer objeto que esteja em contato com matéria fecal, urina ou vómitos. Se tens de o fazer tu, usa luvas e uma máscara para maior segurança.
  • Não toques nenhum animal que tiver diarreia, catarro ou parecer doente.
  • Tem especial cuidado com todos os répteis, já que se estima que 90% deles são portadores de Salmonella. Se já o tens, evita tocá-lo e tenta que outra pessoa faça a limpeza.

Seria conveniente designar alguém da tua confiança para se ocupar do teu animal de estimação, se em algum momento ele ficar doente e não for recomendável que trates dele.

Precauções adicionais com os gatos

O gato não deveria ter acesso permanente ao exterior, já que poderia brigar com outros gatos e contagiar-se de imunodeficiência felina (diferente ao VIH) ou leucemia felina. Estas doenças não são transmitidas ao homem, mas sim tornam o gato susceptível de contrair outras infecções que sim podem transmitir-se. Poderia também comer lixo ou algum roedor e contrair toxoplasmose. Esta doença é transmitida dos gatos às pessoas (mas não de outros animais de estimação) se não se têm certos cuidados.

A bandeja sanitária não deve estar na cozinha nem num lugar onde os alimentos sejam armazenados ou processados. Se o teu gato te arranhar, desinfeta rapidamente; há uma doença estranha conhecida como o “arranhão do gato” que é produzida pela transmissão de uma bactéria (Bartonella). Aparentemente esta é mais frequente em gatos com menos de 1 ano, pelo que um gato adulto é mais seguro. Consulta o teu médico se observares que a zona se torna vermelha ou se inflama.

Recomendo que consultes o teu médico sobre a possibilidade de ter um animal de estimação, já que deve ser ele quem valorize a tua situação.

« Anterior

O meu primeiro aquário: a montagem do aquário.

Hiper e hipoatividade nos répteis em cativeiro

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.