Conselhos para a muda do pelo – Parte I

,

A queda do pelo é um tema de conversação recorrente entre os donos de animais de estimação e, para alguns, um autêntico pesadelo nas mudanças de estação. Embora a muda seja uma circunstância inevitável, podemos fazer muito para diminuir este período e não termos a casa e a roupa cheias de pelo a toda a hora.

Os animais de estimação costumam mudar o pelo com a chegada da primavera e do outono para se adaptarem ao clima dos meses seguintes. Ao contrário do que muitas pessoas acham, não é a temperatura o principal fator que inicia o processo de muda, mas a duração da luz solar.

Por esta razão, os animais que vivem no interior das casas estão sempre expostos à luz artificial e a temperaturas pouco variáveis devido ao uso de sistemas de aquecimento e refrigeração. Por isso, a muda pode ser contínua durante todo o ano.

outros fatores que afetam à muda. Além da luz, a temperatura, o estilo de vida (interior ou exterior) e a raça do cão ou do gato, há os seguintes:

  • A qualidade da alimentação: uma alimentação pobre provocará a perda de pelo, especialmente no lombo e ancas. A carência de proteínas provoca um pelo seco e frágil. Igualmente, são importantes as vitaminas do grupo B, o cobre e o zinco. Alguns suplementos, como o Omega-3 e Omega-6 presentes em óleos de peixe, podem ajudar, mas um animal alimentado com uma ração de alta qualidade não precisa deles para ter um pelo saudável e brilhante.
  • Idade: a primeira muda aparece entre os quatro e os catorze meses, dependendo da época do ano na qual tiver nascido o cachorro.
  • Estado hormonal: a muda está controlada por mudanças hormonais vinculadas à duração do dia. Nas fêmeas influi também o ciclo do cio: costumam mudar após acabar o ciclo e depois de parir. A gravidez psicológica pode também produzir perda de pelo. Outras hormonas que influenciam na qualidade e perda do pelo são a tiroxina, os corticosteroides e a hormona do crescimento.
  • Stress: quando o nosso animal de estimação sofre stress, por alguma razão acentua-se a queda do pelo. Uma simples visita ao veterinário pode causar uma muda que dure dois dias. Se o stress é contínuo, a perda de pelo pode ser muito importante.
  • Banhos demasiado frequentes ou com produtos não adequados podem causar uma excessiva queda de pelo. Além disso, alguns cães detêm o crescimento do mesmo durante uns meses após um corte de pelo.

Tipos de pelagem nos cães

Os tipos de pelo que podemos encontrar são: curto, comprido, duro e encaracolado.

O pelo curto caracteriza-se por ficar cravado nos tecidos. Pode ser pelo superficial, como no dálmata, ou ter também sub-pelo lanoso, como no husky.

O pelo comprido também tem duas variantes. O cocker é um exemplo de pelo superficial, suave e comprido, e o collie ou o samoiedo têm também sub-pelo muito denso.

O pelo duro é superficial, áspero, como o do fox terrier. Igualmente, o encaracolado tem pouco ou nada de sub-pelo.

O tipo de pelo determina se haverá muda ou não (realmente há sempre muda, mas em alguns cães passa desapercebida). As raças que carecem de sub-pelo mudam muito menos do que as raças que têm sub-pelo. Os cães com sub-pelo perdem mechas completas durante a muda. Algumas costumam ter a maioria dos folículos capilares em fase de muda e ficam a perder pelo continuamente. Isso acontece principalmente nas de pelo curto.

Há raças de cães que mudam muito devagar porque os folículos capilares estão quase constantemente em fase de crescimento. Isso ocorre, por exemplo, nos caniches, que são considerados cães sem muda.

Até aqui a primeira parte deste artigo. Em breve daremos mais conselhos e recomendações sobre alguns produtos que vão ser muito úteis para que o teu animal de estimação tenha uma pelagem espetacular.


« Anterior

A iguana como animal de estimação

Doenças de hamster: como detetá-las

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.