Etapas do crescimento do cão

Etapas do crescimento do cão

A infância é um período de máxima aprendizagem na maioria das espécies. É quando o cérebro está preparado para absorver informação e formar as uniões neuronais necessárias para todas as funções mentais da idade adulta. Nos humanos esta etapa abarca vários anos, mas nos cães a evolução desde o nascimento até a fase adulta dura apenas um ano.

Se quisermos educar o nosso cachorro para que se torne um adulto equilibrado e bem adaptado à vida com as pessoas, é importante conhecer o que acontece nas diferentes etapas do crescimento do cão e assim atingir o seu máximo potencial, exigindo sempre de acordo com a sua capacidade em cada idade.

Desenvolvimento e crescimento do cão desde que nasce

 

Do nascimento aos três meses

  • Nos primeiros 14 dias o cãozinho tem os seus olhos e ouvidos fechados e depende completamente da sua mão para se alimentar, defecar, urinar e higienizar-se. Não tem capacidade de aprender nada que não esteja relacionado com estas atividades.
  • A partir dos 14 dias começa uma nova etapa de exploração e aprendizagem; o cachorro começa a caminhar e já pode ver e ouvir.
  • Perto dos 20 dias já sai do berço para fazer as suas necessidades, começa a mostrar os dentes, pode começar a comer papinha e está preparado para aprender sobre seres que não são ele mesmo.
  • Entre os 20 dias e os 2 meses o cachorro começa a se relacionar com os seus irmãozinho e a sua mãe (não só para as suas necessidades básicas) e aprende a comunicação com outros cães mediante brincadeiras e brigas inocentes. Se esta etapa do crescimento do cão não se cumpre bem, ele sente-se inseguro frente a outros cães e provavelmente será desconhecido e briguento. Durante esta etapa também melhora a sua capacidade para reter a urina e tentar se afastar mais do ninho para se descarregar.

É fundamental para o seu bom desenvolvimento que tenha relação com pessoas a partir das 4 semanas. Se receber carinho, alimentação e um trato suave e agradável, ele aprenderá a confiar nos humanos e os receberá a mover o rabo em sinal de alegria. Se pelo contrário, durante o crescimento do cão não há contato com pessoas ou tem uma má experiência, vai custar muito no futuro confiar nelas e será um cão temeroso que pode chegar a morder se ele se sentir ameaçado.

  • A partir dos dois meses a mãe já não os amamenta e os cãozinhos começam a formar um grupo entre eles, e estabelecer as suas hierarquias mediante brigas mais sérias. Nesta idade é recomendado separá-los e levá-los aos seus novos lares com pessoas, pois já começam a ter um comportamento de manada que não é apto para um cão de família.

Nesta etapa do crescimento do cão o cachorro está pronto para se adaptar à vida no seu novo lar e para receber algumas primeiras lições de educação como desculpas para premiá-lo muito. Não deves deixá-lo sozinho por períodos prolongados, deves dar-lhe atenção, brincar com ele para que consiga criar um vínculo positivo com a sua nova família.

  • Entre as semanas 8 e 16 o cãozinho desenvolve o aspeto de dominância ou subordinação da sua personalidade, é aqui onde ele assumirá o seu papel na hierarquia familiar. Se quiseres que o teu cão seja um bom companheiro por muitos, deves ter a certeza de que tu terás o papel de líder sendo firme e marcando os seus limites.

Dos três aos cinco meses

Durante este período do crescimento do cão o cachorro é muito curioso e brincalhão. Aos três meses y meio começa a perder os primeiros dentes de leite. É o momento no qual se formam os laços mais firmes e as relações mais profundas entre o teu cão e tu. Já desde os 2 meses deves começar a ensinar onde deve fazer as suas necessidades e a partir dos três meses está pronto para as suas primeiras lições sérias de obediência, sempre com muita paciência e suavidade.

Dos cinco aos sete meses

Já não é um cachorrinho, mas um adolescente que cresce rapidamente. O crescimento do cão ainda continua, assim como a mudança dos dentes de leite, que pode resultar desconfortável e doloroso. Nesta idade já não deveria ter problemas para urinar e defecar no sítio correto. Nas raças pequenas e médias ele já quase tem o seu tamanho adulto; as raças grandes gigantes demoram mais tempo em atingi-lo. Mesmo assim ainda é um cachorro e deves cuidá-lo e tratá-lo com delicadeza para não afetar a sua personalidade. Isto não quer dizer que faças todo o que ele quer, mas sim que não deves repreendê-lo com violência ou assustá-lo se fizer algo errado. Podes demonstrar-lhe o que queres com carinho e paciência, como o farias com uma criança. Nesta fase do crescimento do cão deves ensinar também todo o referente a hábitos de higiene, como banhos, escovar o pelo, observar as orelhas, corte de unhas, etc. Mesmo que não sejas tu quem for realizar estas tarefas, faz com que se acostume tocando nestas partes com frequência para que se habitue.

De sete a doze meses

Já acabou a mudanças dos dentes, mas continua curioso e adora brincar. Já podes sair fazer caminhadas mais longas, porém ainda deves ter cuidado de não fazê-lo saltar demasiado nem fazer giros bruscos porque as suas articulações e musculatura ainda estão em formação e poderiam sofrer lesões. Aproveita estes passeios para as suas lições de obediência, que já podem ser mais longas e exigentes. Nesta etapa do crescimento do cão ele já tem a resistência necessária e, se fizeste bem as coisas, o seu desejo de te agradar e passar tempo contigo é tão grande que tomará as aulas como uma brincadeira e aprenderá o que lhe ensinas para te deixar feliz e receber as tuas felicitações.

 

Deixe um comentário