Gravidez e gatos: Como evitar a toxoplasmose

,

A toxoplasmose é uma doença provocada por um parasita chamado Toxoplasma gondii. Não costuma apresentar grandes sintomas para o paciente que o contrai (é como uma gripe), inclusive não tem por que notá-la, mas é muito importante que as mulheres grávidas a evitem, já que a toxoplasmose provoca malformações no feto.

É certo que é preciso levar em conta alguns cuidados e adotá-los durante o período da gravidez: não comer enchidos, cozinhar bem as carnes (especialmente de porco e cordeiro), lavar muito bem as verduras cruas, usar luvas para realizar trabalhos de jardinagem… E evitar o contato com os gatos? Temos de nos desfazer dos nossos queridos animais de estimação em casos de gravidez? Absolutamente não, mas temos que reforçar as precauções e cuidar da alimentação que oferecemos ao nosso felino.

O primeiro é saber se a mulher grávida já contraiu a toxoplasmose antes, pois se for assim, não é preciso tomar nenhuma precaução, já que essa doença só é contraída uma vez na vida. Nas primeiras semanas de gravidez serão realizados alguns exames de sangue que irão indicar se a doença já foi contraída ou não. No caso do resultado ser negativo, significa que nunca houve infeção, é o momento de saber qual é a verdade e quais são os mitos em relação à gravidez e aos gatos. Com conhecimento e precauções básicas podes continuar a aproveitar dos gatos dentro de casa durante a gravidez.

E, como é o contágio da toxoplasmose? Através da via oral. Por isso, a maior precaução consiste em não levar as mãos à boca depois de recolher as fezes do gato. É aconselhável que essa tarefa não seja feita pela mulher grávida, o melhor é evitar o contato com as deposições do felino. Além disso, é importante saber que o parasita que está nas fezes precisa de pelo menos um dia para ser infecioso, por isso é essencial trocar a bandeja diariamente. Dessa forma, também evitaremos o risco do contágio. Como o nosso gato é contagiado? Ao ingerir carne crua contaminada com o parasita. Os gatos, através das fezes, eliminam o agente infecioso, por isso é de vital importância que a mulher grávida não as toque. Outra maneira de prevenir a toxoplasmose é dar ração seca ou húmida ao gato, já que o parasita pode encontrar-se nas carnes cruas. Em Tiendanimal contamos com uma variedade de ração para gatos de alta qualidade e com todos os nutrientes, vitaminas e minerais necessários para o ótimo crescimento e desenvolvimento desses animais.

Cuidados durante a gravidez com gatos como animais de estimação

Portanto, podemos afirmar que é possível conviver com gatos em casos de gravidez, mas precisam ser tomadas algumas precauções básicas para reduzir o risco de contágio. Os cuidados durante a gravidez com gatos são:

  • Dar ao nosso animal de estimação ração seca ou em lata e mantê-lo dentro de casa para evitar que cace as suas presas no exterior.
  • Não tocar as fezes com as mãos.
  • Que outra pessoa se encarregue de limpar a bandeja do gato e que o faça diariamente.
  • Lavar bem as mãos com água e sabão e não levá-las em direção à boca.

Este artigo é informativo, diante de qualquer dúvida, aconselhamos procurar um veterinário, ele é o especialista e quem melhor poderá te informar. Estás grávida e tens gatos? Quais medidas tomas? Como é a relação com o teu gato durante este período? Compartilha as tuas experiências com outros leitores.

« Anterior

Truques para evitar que o meu cão urine dentro de casa

Gato despertador

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.