Inteligência nos golden retriever

Inteligência nos golden retriever

Na inteligência dos cães podem ser distinguidas diferentes dimensões como a instintiva, a adaptativa e a da obediência. Se quiseres saber um pouco mais sobre a inteligência dos golden retriever, continua a ler!

Os golden retriever são uma raça muito popular e querida pelo mundo todo devido, entre muitas outras coisas, à sua inteligência e ao seu caráter inigualável com cães e humanos. É um cão simpático, amigável, carinhoso e muito obediente que ganhou um dos postos de raças favoritas. Além disso, o seu comportamento com as crianças também é exemplar e é considerada a terceira raça mais familiar.

Estes cães têm um caráter tranquilo e confiável tanto com conhecidos quanto com estranhos, por isso não são bons guardiões. A inteligência dos golden retriever é reconhecida no top 5 das raças de cães mais inteligentes, capacitados para o treinamento e a obediência. Além disso, a tranquilidade e a paciência naturais dos golden retriever aumentam suas aptidões para o adestramento.

Tipos de inteligência dos golden retriever

Como já comentamos, a inteligência dos golden retriever os situa entre as 5 raças mais inteligentes. Existem diferentes aspectos dentro da inteligência; assim como nos humanos pode ser a capacidade verbal, a razão, a memória ou a sensibilidade numérica, os cães trabalham com outro tipo de dimensões.

  •         Inteligência instintiva. Relacionada com as habilidades para as quais tem sido criado (por exemplo, cão de resgate) e mede a sua capacidade para desempenhá-las.
  •         Inteligência adaptativa ou de adaptação. Refere-se à capacidade que o cão tem de aprender e resolver coisas por si só.
  •         Inteligência de trabalho e obediência. Habilidade para entender e realizar uma ordem emitida pelo ser humano.

Algumas das características da inteligência dos golden retriever com relação ao trabalho e à obediência, diante de outras raças menos inteligentes são:

  •         Precisam ao redor de 5 repetições da nova ordem para entendê-la. Pelo contrário, as raças menos inteligentes precisam entre 30 e 40, às vezes inclusive 100.
  •         Capacidade para lembrar o aprendizado sem ter que praticá-lo constantemente, diante dos que esquecem o exercício se não for repetido frequentemente.
  •         Respondem à ordem de primeira mais de 95% das vezes. Os menos inteligentes têm uma resposta lenta e desigual, sendo a sua reação menor que 25%, inclusive ignoram a ordem.

Os cães não somente são capazes de obedecer ordens, também têm a habilidade de aprender, pensar e resolver problemas. Além disso, é cientificamente comprovado que podem nos compreender e que são capazes de avaliar nossos rostos e criar um método de linguagem único entre cão e humano.

Deixe um comentário