Parainfluenza canina

A Parainfluenza canina é uma doença conhecida como a “gripe canina” que causa infeções respiratórias do trato superior e inferior. Os seus sintomas são parecidos com os de uma gripe ou um constipado e, com o devido tratamento, tem um bom prognóstico.

Este vírus afeta os cães, às pessoas e os primatas, e está distribuído pelo mundo todo. Mesmo que não seja grave, é altamente contagioso e por isso está incluído no plano de vacinação dos cães, como forma de prevenção.

O que é a parainfluenza?

É um vírus que pertence à família Paramyxoviridae e que causa uma traqueobronquite infeciosa. Afeta a mucosa nasal, a traquéia, os brônquios, bronquíolos e os gânglios linfáticos peribronquiais.

Mesmo que não seja uma doença grave, o cão pode contrair doenças secundárias, ao ter o seu sistema imunológico debilitado, que agravem o quadro clínico.

Sintomas da parainfluenza canina

Os cães contagiados por este vírus apresentam:

  • Tosse seca
  • Secreção nasal serosa
  • Lacrimejo
  • Muco
  • Febre

Se a doença não for tratada pode complicar-se e dar lugar a outros sintomas mais graves como a conjuntivite, a tonsilite, falta de apetite, vômitos, anorexia e letargia.

Os sintomas podem tratar-se facilmente, mas podem ser perigosos em cachorros, cães idosos ou cães com um sistema imunológico debilitado.

Como se contagia a parainfluenza canina?

O vírus é transmitido rapidamente pelas vias aéreas e é muito comum em lugares onde convivem muitos cães, como nos canis, protetoras ou criadores. Por isso a doença é popularmente conhecida como a “gripe dos canis”. Propaga-se facilmente entre os cães através do ar ou por contato direto com as secreções nasais, ao tocar ou lamber o nariz do cão infetado, por exemplo. Contudo, o contágio não se produz a pessoas nem a outros animais.

A incubação do vírus dura entre 4 e 7 dias até que começam a surgir os primeiros sintomas, sendo a tosse seca o mais característico. O seu ciclo de vida é de aproximadamente 10 dias, e podem ser transmitidos a outros cães, mesmo se o cão doente já estiver recuperado.

Tratamento para o vírus da parainfluenza canina

Esta doença não é perigosa em cães saudáveis e os seus sintomas podem desaparecer sozinhos depois de alguns dias. Quando o cão tem um sistema imunológico forte, o seu próprio corpo cria os anticorpos necessários para eliminar o vírus. 

O tratamento é sintomático para que o cão se sinta melhor e a sua recuperação seja mais rápida. Podem ser utilizados:

  • Antipiréticos se houver febre
  • Expetorantes para eliminar as secreções
  • Analgésicos se a tosse for muito seca e tiver dor ao tossir
  • Antibióticos para prevenir possíveis infeções secundárias
  • Terapia de fluidos se houver desidratação

Como evitar que o nosso cão se contagie da parainfluenza?

A vacinação é a melhor forma de proteger o teu animal de estimação e prevenir esta e outras doenças que colocam em risco a sua saúde. Além do mais, também ajuda a evitar o contato com cães doente, uma correta higiene e reduzir o stress. Deves ter cuidado também com os lugares onde há confinamento de cães, como os hotéis caninos.

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Parasitas intestinais em cães

Mini Pinscher

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.