Como controlar e retificar a conduta de um cão agressivo com outras pessoas – Parte I

Para controlar e retificar a conduta agressiva dos cães, é necessário entender o porque dela. A agressividade nos cães pode ser provocada por um conjunto de fatores simultâneos.

Alguns dos fatores que podem influenciar no desenvolvimento e surgimento da agressividade são: a genética do animal, temas hormonais, doenças ou patologias. Tanto a testosterona nos machos como os estrógenos nas fêmeas, podem mudar e alterar a resposta agressiva, frente a outros problemas ou pessoas, principalmente quando o animal atinge a maturidade sexual. As doenças, principalmente a otite, dermatite ou artrose, também são capazes de alterar a conduta, devido à dor e o mal-estar causado.

Contudo, os fatores externos, socialização, entorno e a família, são os maiores causantes da agressividade para com as pessoas. As mudanças bruscas na estrutura da família, isto é, no grupo em que vive o cão, a chegada de um novo membro (criança, cão, gato…) ao grupo familiar ou a ausência repentina de um integrante também pode modificar o comportamento.

Não podemos controlar a falta repentina de uma pessoa que forme parte deste grupo, mas podemos controlar sim a chegada de um novo integrante, o que nos dá a possibilidade de apresentar ao nosso animal de estimação o novo integrante do grupo. Esta apresentação deve ser feita paulatinamente e dosificando os encontros, principalmente os primeiros dias, para que o cão supere os possíveis ciúmes e perceba qual é o lugar que corresponde a este novo membro.

Os fatores mais importantes que mudam, modificam e regulam o comportamento de um cão, são a educação, a socialização e a aprendizagem, portanto umas normas adequadas, serão a principal base para controlar e conseguir que o cão não desenvolva a agressividade. A socialização e experiências de cachorro são relevante também e influenciam em uma alta percentagem na conduta.

A influência destes fatores pode ser diferente em função dos momentos ou circunstâncias nas que se encontre o cão, não todos são afetados de igual modo, nem os mesmos fatores afetam no desenvolvimento da agressividade. O que é certo sim e está contrastado é que uma única causa não influencia nos transtornos agressivos; mas a confluência de várias.


« Anterior

O que deves saber antes de adotar uma ave

Como criar um aquário biótopo?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.