Como faço para que o meu cão não puxe da trela?

,

Antes que o teu animal de estimação chegasse a casa, imaginavas passeios longos e agradáveis. Porém, reparaste que sair à rua implica voltar esgotado pelos constantes puxões, evitando sair atrás dele.

A maioria dos cães não caminha tranquilos naturalmente, já que devem ser educados para isso. Tens que entender também que quando um cão está entusiasmado por uma atividade excitante como sair à rua, o normal é que queira correr, pelo que não deves considerar isto como uma má conduta, mas ensinar-lhe pacientemente que tu queres dele outra coisa.

Conselhos antes de sair à rua

Antes de sair é conveniente jogar com ele ativamente dentro de casa durante um tempo prolongado. Desta forma, quando chegar o momento de sair vai ficar um pouco mais cansado e menos ansioso. Para isso pode ser ótimo lançar várias vezes uma bola ou um brinquedo.

Depois chega o momento de colocar a trela; se o teu cão começar a saltar e ladrar, fica quieto e em silêncio até ele se acalmar. É importante que ele entenda que deve ficar quieto, já que no momento de sair a sua mente estará mais relaxada. Repete isto as vezes que forem necessárias antes de pôr a trela e abrir a porta.

Uma vez que estamos na rua…

Uma vez que estamos na rua há métodos diferentes para controlar o cão, segundo o tamanho e a conduta. O ideal é ensinar-lhe com prémios. Leva contigo umas guloseimas e dá-lhe uma cada 3 ou 4 passos enquanto caminha ao teu lado. Têm que ser bocadinhos brandos e pequenos, fáceis de engolir. Desta forma vais conseguir que o cão apenas preste atenção em ti, em vez de olhar ao redor.

Não te esqueças de felicita-lo e dar-lhe um miminho. Depois de repetir a lição com sucesso vários dias deves começar a deixar mais tempo entre as guloseimas e substituí-las por palavras e carícias até se habituar a caminhar do teu lado.

Outra forma de treino para cães que já aprenderam as ordens básicas é começar a caminhar e cada vez que o cão fique diante de ti e comece a puxar da trela, deves parar bruscamente e obrigá-lo a sentar-se. No momento que fique tranquilo deves começar a caminhar outra vez e repetir se volta a acontecer.

Se o passeio correu mais ou menos bem, podes também dar um puxão brusco, mas breve (sem magoar) com a trela e ao mesmo tempo dizer NÃO. Quando volte ao teu lado deves felicitá-lo e continuar. Com isto, o cão aprende que cada vez que puxa estás a obrigá-lo a se deter e assim demora mais em chegar onde ele quer. Recorda que é muito mais efetivo dar puxões curtos que puxar constantemente, dado que o cão se habitua a caminhar assim e puxa com mais força.

É importante caminhar com bom ritmo, já que se fores demasiado devagar nesta etapa de aprendizagem será muito difícil que o cão consiga travar para seguir-te.

O que preciso para educar ao meu cão

O primeiro, a trela deve ser resistente, conforme a força do teu cão, e de não mais de 2 metros. Quando ele souber caminhar ao teu lado, poderás usar uma mais comprida ou extensível, mas não poderás ter um bom controlo do teu animal de estimação durante o treino se usares um destes modelos.

Deverás também levar uma provisão de guloseimas; um acessório prático embora não imprescindível é o saco para guardá-las que pendura da cintura.

A coleira pode ser uma simples de nylon com fivela. Para ter um melhor manejo do animal a coleira deve ir bem alta, mesmo atrás da nuca, mas não é preciso que fique demasiado ajustada; desta forma o teu cão vai caminhar com comodidade. Para cães “indomáveis” ou pessoas impacientes existe o peitoral de manejo Easy Walk de sujeição frontal, desenhado para evitar que os cães puxem. Este sistema funciona muito bem, mas igualmente convém educar o teu cão para garantir que poderás também controlá-lo com uma coleira comum.

Toma esta informação como base e adaptá-la aos gostos e à personalidade do teu cão. O objetivo é conseguir que ambos desfrutem do passeio sem fazer um grande esforço e sem que o cão regresse assustado porque o repreendeste. Evita ficar zangado durante as lições porque será muito difícil que consigas ensinar-lhe algo nesse estado.

Começa o treino! Envia-nos os teus comentários para contar-nos como correu tudo.

Aprende muito mais sobre o treino com estes interessantes post.

« Anterior

Como manter livres de ácaros as orelhas do teu gato

Como evitar que o meu cachorro me morda?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.