Dicas e ideias para que o teu cão não ladre tanto

,

Uma das formas que os cães utilizam para comunicar-se entre eles e demonstrar o seu estado de ânimo é mediante os latidos. O conflito surge quando ladram demais e chega a ser desconfortável para as pessoas.

Para solucionar este problema é necessário ter muita paciência, observá-los para saber porque ladram e adotar mudanças na rotina ou coleiras especiais que ajudam a manter o silêncio. O primeiro que deves fazer é descobrir porque o teu cão ladra tanto. Muitos cães passam demasiadas horas sozinhos ou fechados e é natural que quando regressares ou estiverem a passear juntos, ele comece a ladrar freneticamente. Isto costuma melhorar ao aumentar o exercício diário, dedicando mais tempo ou também deixando brinquedos, o rádio ou a TV ligada ou uma bola dispensadora de guloseimas para que fique entretido. Às vezes ajuda que tenham uma companhia durante o dia, como outro cão ou um gato. Alguns cães também se entretêm se tiverem um jardim ou uma janela pela qual possam olhar à rua, assim vem pessoas a passar, outros cães, carros, etc. Outros, pelo contrário excitam-se e ladram mais ainda.

Quando o teu cão ladra e não estás presente para controlá-lo, podes recorrer a alguma coleira de adestramento. As mais inofensivas são as que soltam citronela na cara cada vez que ladra, criando uma associação negativa.

Os cães que não fazem suficiente exercício parecem acumular energia de tal forma que ficam destrutores, medrosos, agressivos ou sofrem transtornos de personalidade como lamber-se até magoar-se, morder a sua própria cauda, comer matéria fecal ou ladrar sem parar. Às vezes ficam tão alterados que saltam sem parar quando vêm os seus donos e isto faz com que as crianças fiquem assustadas. É necessário estabelecer uma rotina de exercícios, inclusive começar a praticar uma atividade ao ar livre, como o agility ou trekking, nas raças mais ativas.

Alguns cães ladram em excesso quando passa alguém, por algum som, como o do telefone ou a campainha. O que deves fazer é dessensibilizá-lo ao som: faz o telefone tocar e ignora-o. Repete isto vários dias e verás como o teu cão começa a ladrar e logo fica “confuso” pela tua falta de reação. Com o passar dos dias ele começará a olhar para ti antes de ladrar para ver se levantas ou não. Em todos os casos ajuda muito ensinar os comandos básicos de obediência.  Quando o teu cão tiver aprendido a se sentar, podes frear qualquer conduta inadequada com esta ordem, pois isto o subordina e o tira do estado mental alterado em que se encontra.

Uma ocasião muito frequente que provoca ladridos é quando o cão está a pedir algo. O que deves fazer é ensinar a pedir sem ladrar. Se o teu cão está educado e te reconhece como líder, é difícil que ladre para exigir, pois se coloca em uma situação mais submissa e aguarda até que o satisfaças.  Quando ele ladrar deves ignorá-lo por completo e apenas aceder a aquilo que pede quando tiver se acalmado. Isso requer tempo e terás de aguentar os seus ladridos até que compreenda, mas verás que se fores perseverante e o repetes cada vez, ele aprenderá mais cedo ou mais tarde. 

« Anterior

Um fitossanitário para cada doença de plantas (Parte 2)

Transtornos reprodutivos em cadelas e gatas

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.