Como funcionam os feromónios nos cães?

,

Os feromónios são substâncias químicas que os animais soltam de forma natural para comunicar-se com outros da sua mesma espécie. São detetadas através do olfato, um sentido que está muito desenvolvido nos cães, e segregadas para provocar distintas reações no seu receptor, desde atrair outros indivíduos da mesma espécie, como até uma forma de causar medo ou agressão.  Além do uso de sons e da linguagem corporal, os feromónios são mais uma maneira, muito importante, para comunicar-se entre eles.  

No caso dos cães, os feromónios possuem diferentes funções: tranquilizar os cachorros, atrair cães do sexo oposto para a reprodução e marcar território, entre outras.  Alguns destes feromónios podem sentir-se a distância, mas outros apenas ao estabelecer contato.  Estas substâncias são segregadas mediante umas glândulas especiais situadas principalmente na região da cabeça, o períneo e a região perianal, e são recebidas através do olfato, concretamente do órgão vomeronasal dos cães.

Certos animais, como os gatos e os cavalos, manifestam o reflexo flehmen, que consiste em levantar a cabeça, abrir a boca e erguer o lábio superior para inalar o ar.   Desta forma, as substâncias dissolvidas na saliva se transportam com maior facilidade até o órgão vomeronasal. Os cães fazem algo parecido, mas de forma mais sutil.  Chama-se “tounguing” e consiste em fazer movimentos com a língua até o paladar, apertando várias vezes e sacando a ponta da língua para fora.  Assim o cão cheira e “saboreia” os cheiros para levar a cabo uma conduta relacionada com o comportamento social e sexual.

Mesmo que os feromónios não sejam percebidos conscientemente pelos animais, uma pequena quantidade deles é suficiente para desencadear uma reação com outros da mesma espécie. Além disso, os cães sempre percebem o cheiro dos feromónios, isto é, sempre detectam os cheiros novos sem habituar-se a eles, pelo qual não passarão despercebidos.  Com os feromónios marcam o seu território, detectam os intrusos e reconhecem os novos cães da vizinhança. São emitidos pela urina, as fezes e através de glândulas especiais, e é com os movimentos da cauda que se espalham pelo ar de um lado a outro.  

Hoje, existe no mercado uma grande variedade de produtos que contêm feromónios para utilizar com os cães em determinadas situações que podem causar stress, já que estas substâncias funcionam como tranquilizante natural.  O seu animal de estimação tem medo de fogos de artificio? Fica ansioso durante uma viagem ou na ida ao veterinário? Sente-se inseguro com a presença de estanhos?… Em Tiendanimal temos diferentes produtos pensados para acalmar o temor nestas circunstâncias, totalmente seguros e sem efeitos secundários que reproduzem os feromónios e lhes proporciona um estado de bem-estar e tranquilidade.  Desta forma ajudarás ao teu animal de estimação a enfrentar novas situações que lhe provocam reações de medo e stress.  


Os feromónios nos cães e como afetam o seu comportamento

Os cães têm diferentes tipos de feromónios (sexuais, territoriais, de alarme…) e a liberação destes afeta de diferente maneira o comportamento do recetor. A seguir alguns feromónios que estes animais têm e as suas funções:

  • O feromónio apaziguador é segregado pelas glândulas cutâneas das fêmeas em período lactante e a sua função é acalmar e envolver os seus cachorros em um estado de tranquilidade e segurança.  Estes podem sofrer situações de stress e ansiedade ante os entornos desconhecidos, pessoas estranhas, fortes ruídos, angustia pela separação, etc. Também são conhecidos como DAP (dog appeasing pheromone). Este tipo de feromónio provoca um cambio emocional no seu recetor cada vez que são utilizados, principalmente em tratamentos para conseguir uma mudança no comportamento do animal.  Os feromónios sintéticos em diferentes formatos contribuem para que a ansiedade e o stress dos cães diminua.
  • Feromónios sexuais que atraem o sexo oposto.  Estes produzem um cheiro de atração que favorece o encontro entre fêmea e macho e a posterior copulação.  Através da urina, a fêmea liberta estes feromónios quando está no cio para advertir ao macho da sua disponibilidade.  São substâncias muito potentes de sedução e o macho pode cheirar estes feromónios desde vários quilômetros.

Agora já sabes, os feromónios desempenham um papel muito importante no teu animal de estimação, e podes ajudá-lo em situações de medo, ansiedade e stress com os feromónios artificiais de venda em lojas especializadas.  Um produto prático, seguro e natural que contém o feromónio apaziguador para que o teu cão sinta-se calmo ante momentos estressantes para ele como podem ser as tempestades, os fogos de artifícios, as viagens de avião…ou a ansiedade que sente ante a separação.  Também são úteis em sessões de adestramento e educação de condutas, já que contribuem para que estejam mais atentos e recetivos.

« Anterior

Raças de gatos: todo o que precisas saber

O controlo de saúde do gato adulto: lista de testes para os cuidados com um gato

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.