O meu gato deixou de usar a bandeja sanitária

O meu gato deixou de usar a bandeja sanitária

A seguir, damos algumas orientações para que descubras qual é o problema pelo qual o teu gatinho deixou de usar a bandeja sanitária. Assim, poderás solucioná-lo e voltar à normalidade.

Geralmente os gatos usam a bandeja sanitária sem precisar de demasiado treino, o que facilita muito a convivência com eles dentro de um apartamento. No entanto, pode acontecer que um gato que estava habituado a fazer as suas necessidades dentro da bandeja, repentinamente deixe de fazê-lo.

Há vários problemas de saúde que podem fazer com que o teu gato mude os costumes. Por exemplo, um gato com problemas articulares pode ter dificuldades para chegar até a bandeja ou aceder a ela se a entrada é alta. Alguns gatos idosos precisam fazer as suas necessidades quando já é urgente e se não têm a bandeja perto, podem sujar fora da bandeja. Há doenças que aumentam a quantidade de urina ou de matéria fecal, como a diabetes, cistite, insuficiência renal crónica, diarreia por diversas causas, doença inflamatória do intestino, insuficiência hepática, cálculos urinários, etc. Se observares que o teu gato urina mais ou menos do habitual ou que as fezes não são normais, deves levá-lo a uma consulta com o veterinário para diagnosticar e tratar qualquer problema médico.

É importante a localização da bandeja sanitária, já que deve estar acessível, mas num lugar privado, tranquilo e seguro para o gato. Se a casa é grande ou tem dois andares, convém instalar mais de uma bandeja para que o gato sempre tenha uma perto. Obviamente não deve ficar num quarto com a porta fechada, dado que o gato não poderá aceder a ela. O gato pode também ter preferência por algum tipo de bandeja em particular, quer seja fechada ou aberta.

Se tens vários gatos, no geral é preciso pôr mais de uma bandeja na casa. Eles costumam ser territoriais e não gostam de partilhar, embora esteja limpa. Convém esperar e ver como se comportam os teus animais de estimação antes de comprar mais bandejas, mas pensa que pode ser necessário uma por cada gato.

Os gatos são muito sensíveis às mudanças no seu ambiente e ficam estressados facilmente. Um dos sinais desse desconforto é urinar ou defecar fora do lugar. Pensa se aconteceu alguma coisa que tenha feito sentir mal ao gato; pode ser um gato estranho por perto, uma mudança, alguma mudança na família ou nos horários de trabalho, um novo animal de estimação na casa, algum ruído incómodo, etc. Nesses casos, a solução será reverter a mudança ou usar elementos tranquilizantes como Feliway, as flores de Bach ou alguma outra solução que o teu veterinário te indicar.

Nunca deves pôr de lado a limpeza da bandeja. Os gatos são muito exigentes nesse sentido e não a usarão se estiver suja ou tem algum cheiro desagradável. Deves remover todos os dias os resíduos com uma   e trocar a areia por completo a cada 7 dias aproximadamente, lavando a bandeja com algum produto desinfetante que não tenha um cheiro forte que possa incomodar o gato.

Por último, mas não menos importante, deves considerar qual é o material que estás a usar. Há gatos muito picuinhas que não aceitam mudanças de areia, quer seja porque lhes incomoda entre os dedos, porque desprende pó, porque não absorve bem ou apenas por uma questão de gosto individual. Em casos extremos terás de inovar e experimentar com jornais, terra, etc.

Sempre que um gato deixa de usar uma bandeja deves pensar quais são as mudanças que houve e tentar descobrir a causa. Muitas vezes o problema é reversível e pode tornar-se à normalidade com algumas adaptações.

Deixe um comentário