Os peixes mais raros do mundo

A profundidade do oceano é infinita e há milhares de espécies marinhas que não conhecemos. Acredita-se que não conhecemos nem sequer 15% de todas elas, já que vivem em zonas muito profundas de difícil acesso. Muitas dessas espécies não serão descobertas, mesmo milhares de anos depois, e possivelmente se extingam antes até mesmo de serem vistas ou registadas.

Os animais que vivem nas profundezas do mar são assombrosos. As condições do meio em que vivem os têm dotado de caraterísticas muito peculiares e têm um aspeto completamente diferente dos que estamos acostumados, muitas vezes são até mesmo terrorífico. Apesar de desconhecer grande parte da vida que existe nos mares, muitas espécies surpreendentes têm sido documentadas sim. Sabes qual é o peixe mais raro do mundo? A seguir apresentamos uma lista com alguns deles, de certeza te surpreenderão!

Lista dos peixes mais raros do mundo

Peixe-lua (Mola mola)

  • O peixe-lua ou mola mola é o peixe ósseo mais pesado do mundo, com mais de 1.000 kg de peso e aproximadamente 1,8 metros de comprimento. É uma espécie tranquila com um caraterístico corpo arredondado e aplastado de forma lateral. Encontra-se dentro da mesma família que o peixe-balão ou baiacu-espinho. 
  • O exemplar mais pesado registado pesa 2.500 kg e mede mais de 3 metros de longitude.

Engolidor-negro (Chiasmodon niger)

  • Esta espécie vive entre 700 e 2750 metros de profundidade, nos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico. Recebe o seu nome por ser capaz de engolir presas de maior tamanho que ele. Estás a perguntar-te: como isso é possível? Acontece que este peixe tem um estômago elástico que aumenta o seu tamanho para engolir presas e volta à sua forma natural ao terminar a digestão. Além do mais, como se isso fosse pouco, é transparente e é possível ver o que ele comeu através dele, mais uma característica que faça com que se encontre na nossa lista dos peixes mais raros do mundo. O seu corpo é alongado, não tem escamas e pode medir até 25 cm.

Dragão-marinho-folhado (Phycodurus eques)

  • Peixe da mesma família que o cavalo-marinho, originário de Austrália. É uma espécie assombrosa e elegante que se encontra em perigo de extinção. O seu corpo com prolongações em forma de folha parece composto por algas marinhas, o que lhe permite camuflar-se perfeitamente no seu entorno. Além do mais, movimentam-se suavemente mediante propulsão, através de pequenas barbatanas quase transparentes, parecem uma autêntica alga flutuante. Mede aproximadamente 30 cm de adulto, mas podem chegar até os 50 cm. É originário das costas do sul da Austrália e é um dos peixes mais raros do mundo.

Peixe-bolha (Psychrolutes microporos)

  • Vive a 900 – 1200 metros de profundidade e foi escolhido como o animal mais feio do mundo. Mais, sem dúvida alguma, poderia ganhar também o título do mais estranho. O seu aspeto é o resultado de uma assombrosa adaptação ao meio em que vive. A sua consistência gelatinosa adquire uma densidade menor que a da água que lhe permite flutuar e deslocar-se no fundo dos oceanos sem gastar energia. É originário das costas de Austrália e Tasmânia.

Peixe-dragão (Stomias boa)

  • Se alguma espécie pode ganhar o nome do peixe mais raro do mundo, sem dúvida alguma, é esta. Vive nas profundidades do oceano, a 2.000 metros, e é capaz de gerar luz própria através de fotóforos biológicos. É um peixe alongado e plano que pode medir até 40 cm de longitude. Os seus dentes podem ser tão grandes que às vezes não lhe permitem fechar a boca.

Tubarão-elefante ou tubarão-peregrino (Cetorhinus maximus)

  • O tubarão-elefante é o segundo peixe de maior tamanho do mundo, depois do tubarão-baleia. Pesa aproximadamente de 4.000 kg e mede 10 metros de comprimento. Apesar do seu tamanho e aspeto, resulta ser um animal inofensivo e, de facto, tolera muito bem a nossa presença. Alimenta-se de forma passiva de zooplâncton, pequenos peixes e invertebrados, nadando com a boca completamente aberta criando assim um círculo. É muito comum vê-los na superfície, já que buscam o alimento em águas pouco profundas. É um dos peixes mais raros do mundo e, devido à emigração pelo aquecimento global, foram vistos exemplares perto das costas de Galiza.

Peixe cor-de-rosa-de-mãos (Brachiopsilus dianthus)

  • Este peixe endémico da ilha de Tasmânia (Austrália), caminha pelo fundo da água com as suas nadadeiras, se alimentam de peixinhos e crustáceos que se encontram entre as rochas. É uma espécie rara e pouco conhecida que mede aproximadamente 10 cm. É lento e, portanto, mal caçador e fácil presa; acredita-se que se defende ao soltar toxinas que mantam o seu predador.
  • Já foram encontrados pouquíssimos exemplares desta espécie e se conhece muito pouco sobre ela, mas não podia faltar na lista dos peixes mais raros do mundo.

Pai-velho (Argyropelecus gigas)

  • Encontra-se em todos os oceanos, exceto na zona alta (200 – 1.000 m) do norte do Pacífico. Mede uns 11 cm e a sua cor escura lhe permite ficar quase invisível para mimetizar-se perfeitamente com o fundo marinho. Desta forma persegue às suas presas para caçá-las. Apesar do seu aspeto, é um peixe tranquilo e inofensivo.

Quimera (Chimaeriformes)

  • É um parente cercano aos tubarões e vive a 4.000 m de profundidade. Pode chegar a atingir 1,5 m de comprimento. Este peixe alimenta-se de crustáceos e conchas de moluscos que tritura com umas placas que tem na boca, já que não dispõe de dentes. Defende-se dos predadores com um espinho venenoso situado na barbatana dorsal e localizam às suas presas mediante uns sensores que têm na cabeça que captam os campos magnéticos.

Peixe fantasma (Macropinna microstoma)

  • Conhecido também como peixe olhos-de-barril. É um dos peixes mais raros do mundo e ao mesmo tempo curioso. Pertence à família Opisthoproctidae e poderás reconhecê-lo facilmente pelo seu corpo fosco e a sua assombrosa cabeça transparente. Os seus olhos tubulares (que na maioria dos peixes são fixos) podem movimentar-se em todas as direções e fornecem uma fantástica visão periférica, além de que conseguem ver através do seu crânio transparente. Os orifícios pretos que se encontram por cima da sua boca não são olhos, e sim os órgãos olfativos.
  • Encontram-se a 600-800 metros de profundidade.

Peixe-pedra (Synanceia horrida)

  • Um autêntico especialista da camuflagem que adora esconder-se no escuro. É muito venenoso (tanto quanto o veneno de uma cobra) portanto, é uma espécie perigosa; o simples atrito com os espinhos das suas barbatanas pode ser mortal. Como o seu nome indica, parece uma pedra, assim que poderíamos pisá-lo sem nos apercebermos.

Peixe pescador (Caulophryne jordani)

  • Outro com um merecido lugar na lista de peixes mais raros do mundo. Tem barbatanas laterais com forma de mão e consegue camuflar-se muito bem no seu entorno. É um dos peixes do fundo do mar mais raros, sem dúvida alguma. Os filamentos que tem pelo seu corpo todo são muito sensíveis e captam o mais mínimo movimento ao seu redor.
  • Tem um tamanho de uns 25 cm e vive entre os 700 e os 3.000 metros de profundidade, nunca sobe à superfície.

Todos estes peixes merecem o seu lugar na lista dos peixes mais raros do mundo pelo seu aspeto, pelas suas cores ou a sua forma, assim como pelas suas extraordinárias peculiaridades de cada espécie.

Conhecias alguns dos peixes mais raros do mundo desta lista? Qual é o teu preferido? Conheces alguma outra espécie que deveria estar nesta lista, partilha connosco!


Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Como escolher a jaula adequada para a minha chinchila?

Como cuidar do Chow Chow?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.