Quais são as doenças das cobaias?

As cobaias são um dos roedores mais habituais como animal de estimação. São ideais para as crianças pequenas: sociáveis, brincalhonas, inteligentes e fáceis de cuidar, além de muito simpáticas. Contudo, como com todos os animais, as cobaias podem desenvolver ou sofrer doenças que colocam em risco a sua saúde. Neste artigo contaremos quais são as mais habituais, como detetá-las e como preveni-las ou tratá-las.

Quais são as doenças mais comuns das cobaias?

Escorbuto

  • Acontece com perda de apetite, sangramento das gengivas, inchaço, decaimento… Também descamação na ponta das orelhas, menos pelo no ventre, feridas nas patas.
  • É produzida pela falta da Vitamina A.

Constipado ou pneumonia

  • Espirros e mucos.
  • Pode ser por frio ou por algum vírus ou bactéria.
  • Oferece à tua cobaia alimentos ricos em vitamina C e se não se recupera leva-a ao veterinário para realizar uma revisão e administrar um tratamento.

Sarna

  • Acontece com comichão, se agrava de noite. Mais tarde o pelo cai, aparece caspa e crostas na pele.
  • Transmite-se por contato com animais doentes e se cura com tratamentos veterinário.

Fungos

  • Perda de pelo, arranhado, crosta, caspa, chagas.
  • Aparece frequentemente por uma dieta pobre em fibra de forma prolongada e por falta de vitamina C.

Pododermatite

  • Infeção muito dolorosa nas patas devido à má higiene, solo de grade ou por excesso de peso.
  • Patas inchadas, pequenas feridas ou crostas. Inatividade e perda de peso.
  • Previne-se com um solo liso, limpo e seco e uma dieta equilibrada.
  • Pode ser curada com pomadas e limpezas diárias com antisséptico. Se não for tratada a tempo, a infeção poderia chegar até o osso e seria necessário amputar a pata.

Diarreia

  • É um transtorno, mas a incluímos dentro da lista das doenças das cobaias para saber o motivo e como agir.
  • Deposições moles ou líquidas.
  • Pode ser devido a uma mudança na alimentação, um excesso de vitamina C ou uma dieta com demasiados alimentos verdes.
  • É importante mudar a sua dieta de forma rápida para prevenir a desidratação. Elimina todos os alimentos exceto o feno para cortar a diarreia e voltar a sua dieta habitual.

Prisão de ventre

  • Deposições muito duras e cada vez mais espalhadas. Barriga inchada.
  • Pode ser devido a um baixo conteúdo de alimento fresco na dieta ou pelas bolas de pelo.
  • Ao contrário do que acontece com a diarreia, é necessário oferecer alimentos com muita água como o pepino, a alface ou a melancia.

Maloclusão

  • Este problema dental é uma das doença das cobaias mais comuns.
  • Os dentes crescem em excesso e danificam as gengivas, causando feridas e infeção. Deixam de comer e perdem peso.
  • É devido à falta de desgaste, ao não os usar de forma adequada ou a uma má alineação.
  • O veterinário deve cortá-los ou em casos extremos retirá-los.

Parasitas internos: ténias ou lombrigas

  • Barriga inchada e fezes com larvas.
  • É possível prevenir e se cura com tratamento veterinário.

Parasitas externos:

  • Assim como acontece com os cães e gatos, as cobaias podem ter pulgas, piolhos e ácaros. Mesmo que seja uma infestação, a incluímos dentro da lista de doenças das cobaias para que também tenhas conhecimento sobre eles.
  • Podem acontecer com comichão, resíduos no pelo, caspa, calvas, crostas.
  • Previnem-se com um entorno limpo.
  • O veterinário receitará um tratamento para eliminar os parasitas.

Déficit de vitaminas

  • A vitamina C é imprescindível para que as cobaias estejam saudáveis e devemos proporcionar mediante alimentos frescos ou com suplementos.
  • A falta desta vitamina pode desencadear a parálise do extremo traseiro.

Golpe de calor

  • As cobaias são muito sensíveis ao calor e deves manter uma temperatura adequada para evitar que sofra do conhecido golpe de calor.
  • Respiram mais rápido, ofegam e se esticam.
  • Leva-a a um sítio mais fresco e envolve o seu corpo com uma toalha húmida e fresca para que recupera a temperatura de forma gradual. Não a molhes com água fria.

Cistite

  • Assim como acontece com os humanos, a cistite também se encontra entre as doenças das cobaias e é mais comum em fêmeas que nos machos.
  • Dor ao urinar, zona genital húmida, lambido excessivo.
  • Pode ser produzida por infeção na bexiga ou por qualquer tipo de obstrução na uretra.
  • Visita o veterinário para que administre um antibiótico.

Nenhuma das doenças das cobaias citadas podem ser transmitidas às pessoas, exceto a sarna e os fungos em raras ocasiões.

Como detetar as doenças das cobaias?

A seguir nomearemos alguns sintomas que podem servir para saber se a tua cobaia está doente:

  • Falta de apetite
  • Decaimento ou letargia
  • Pelo áspero
  • Perda de pelo
  • Comichão
  • Urina com sangue
  • Diarreia
  • Mucos e espirros
  • Dificuldade para respirar
  • Manqueira, parálise das patas ou falta de equilíbrio.
  • Comportamento estranho

Se percebes algum destes sintomas, fala com o veterinário para que te aconselhe ou realize uma revisão à tua cobaia. Recorda que um diagnóstico a tempo pode ser decisivo.

Como evitar as doenças em cobaias?

Não há melhor tratamento que a prevenção. Com algumas pautas muito simples e prestando atenção aos cuidados da tua cobaia poderás facilmente evitar que adoeça.

A alimentação, um aporte adequado de vitamina C e a escolha de uma gaiola adequada, assim como a sua limpeza habitual, são fundamentais para evitar a maioria das doenças nomeadas anteriormente. Uma dieta equilibrada com variedade de alimentos frescos, ricos em vitamina C, ajudará a prevenir o escorbuto, os resfriados e os fungos. Por outro lado, uma correta higiene e um solo sem grades servirá para evitar a aparição de parasitas e de pododermatite. Para evitar o sobre crescimento dos dentes e maloclusão apenas terás de vigiar o desgaste dos incisivos e limá-los ou cortá-los se crescerem demais.

« Anterior

Como cuidar de uma catatua

Como cuidar da higiene do seu bulldog? Quantas vezes deve dar-lhe banho?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.