Quais são as doenças dos pássaros?

As aves são animais muito frequentes nas casas; desde espécies pequenas como os canários e os periquitos, até psitácidas como o papagaio-cinzento, as cacatuas e as araras. Há quem os escolha pelo seu canto e as suas bonitas cores, que dão alegria ao lar, e os incorporam à casa como mais um integrante da família, criando um vínculo incrível. Como todos os animais, os pássaros também padecem doenças que podem pôr em risco a sua saúde; por isso é muito importante estar ao tanto dos cuidados necessários para cada espécie e, principalmente, manter sempre limpa a sua gaiola, pois é um grande foco de infeção.

Infelizmente, as doenças dos pássaros são bastante difíceis de detetar. Normalmente, quando um pássaro demonstra sintomas é porque a doença já está muito avançada e devemos agir rapidamente. Qualquer mudança no comportamento, a apatia ou a perda de penas podem ser indício de que algo está mal. Se quiseres conhecer mais a fundo as doenças das aves, visita o nosso outro artigo aqui.

Quais são as doenças mais comuns dos pássaros?

Coccidiose  

É uma doença do pássaro que pode causar a morte em apenas 5 dias.

  • Causa: Consumo de água ou comida contaminada pela saliva de animais doentes.
  • Sintomas: Diarreia com sangue, perda de peso.
  • Tratamento veterinário e limpeza e desinfeção profunda da gaiola.

Aspergilose

  • Causa: Fungos em sementes húmidas ou com mofo.
  • Sintomas: Dificuldade para respirar, perda de apetite, mucos, constipado, falta de vitalidade.
  • Tratamento:  Não existe cura, por tanto é fundamental prevenir com alimento limpo, seco e sem pó.

Infeções respiratórias

  • Causa: Ambiente muito húmido ou baixas temperaturas. Ácaros.
  • Sintomas: Típicos de um constipado; espirros, assobios.
  • Tratamento:  Proporciona calor à tua ave até que se recupere. Se não melhora, vai ao veterinário.

Escherichia coli

  • Transmissão: Através de fezes de animais doentes. Origem bacteriano
  • Sintomas: Diarreia
  • Prevenção:  Manter a gaiola limpa e higiénica e evitar que outros animais possam aceder a ela.

Salmonela

É uma das doenças dos pássaros mais comuns e pode causar a morte em aves muito jovens. Além do mais, é muito contagiosa.

  • Transmissão: Através das fezes ou da saliva de animais doentes. Origem bacteriano.
  • Sintomas: Diarreia, dor articular, problemas no sistema nervoso, perda de penas.
  • Tratamento:  Antibiótico e probiótico.

Colibacilose

Conhecida como a doença do suor. É muito contagiosa e causa a morte após 4 dias da infeção.

  • Causa: produzida por uma bactéria a consequência da gaiola suja, a humidade ou a sobrepopulação.
  • Sintomas: Barriga húmida e deterioro das penas. Fezes líquidas amarelas ou esverdeadas.
  • Tratamento:  Antibióticos; limpar e desinfetar o entorno.

Ornitose ou Psitacose

Doença dos pássaros grave que pode ser transmitida aos humanos. Em nós acontece como um constipado e não costuma ser identificada.

  • Origem: Bactéria chlamydia psittaci.
  • Causa: Extrema falta de higiene.
  • Sintomas: Inapetência, diarreia, perda de penas, ventre inchado, excesso de secreções, cãibras articulares, problemas respiratórios.

Falsa muda

As aves mudam as suas penas mais vezes que o normal para regular a sua temperatura. Isto significa uma alteração do seu ciclo natural e um grande desgaste físico e psicológico que altera o seu comportamento e a sua saúde.

  • Causa: Mudança de habitat e de clima.

Stress

O stress é um transtorno do estado físico ou emocional que também podemos incluir dentro das doenças dos pássaros mais habituais.

  • Causa: Aves que não nasceram em cativeiro e se veem encerradas em uma gaiola. Falta de estimulação e entretenimento.
  • Sintomas: Arranhado e picagem excessiva, auto lesões, mal-estar, nervosismo.

Cistos foliculares

Protuberâncias que costumam aparecer debaixo das asas, mas podem sair em qualquer parte do corpo. É comum em papagaios e canários, aves com plumagem mais densa.

  • Causa: As penas novas se retraem e não saem.
  • Tratamento:  Extirpam-se mediante cirurgia.

Anemia

  • Causas: Falta de vitaminas, dietas incompletas ou não equilibradas, más condições ambientais.
  • Sintomas: Perda de peso, perda do equilíbrio, patas e bicos pálidos.
  • Tratamento:  Alimento completo de alta qualidade, vitaminas, luz natural e ar fresco.

Picagem ou arrancado de penas

Mas do que uma doença do pássaro, costuma se tratar de um problema de conduta, mas também pode ser devido a parasitas.

  • Causa: No caso de problema de comportamento pode ser devido a stress, o tédio, a solidão, assim como em aves muito ativas. No caso de doença, por falta de vitamina A ou parasitas internos como lombrigas, tênias, candidíase e giardíase. Também pode ser por causa ambiental: falta de atenção, de brinquedos ou de higiene, tamanho da gaiola, problemas de sono, ruídos.

Crescimento excessivo de unhas e bico

  • Causas: Poleiros inadequados, falta de madeiras ou superfícies onde possa limar.
  • Tratamento:  Limar e cortar quando for necessário, sempre por um profissional para não magoar o animal.

Coriza

Doença dos pássaros de origem viral.

  • Sintomas: Fluxo nasal, inflamação dos olhos que faz com que se fechem.
  • Tratamento:  Desinfeção do entorno. Limpar nariz e olhos.

Cólera

  • Causa: Alimentos e água contaminados.
  • Sintomas: Inapetência, fezes moles ou cinzentas, anorexia, conjuntivite, articulações inchadas.
  • Tratamento antibiótico.

Estas são algumas das doenças dos pássaros que aparecem com maior frequência. No geral, são de origem viral, bacteriano ou micótico (fungos), além de pela falta de cuidados e higiene e pela mudança de habitat. Uma gaiola limpa e uma alimentação completa e de qualidade são suficientes para prevenir a maioria das doenças que afetam as aves.

Não te esqueças de prestar especial atenção às penas, o bico, os olhos e a pele, além do seu comportamento, para detetar se o teu pássaro tem alguma dolência. As visitas periódicas ao veterinário são imprescindíveis para controlar a sua saúde e antecipar uma possível doença.

« Anterior

O coelho como animal de estimação para crianças

Brinquedos para hamster

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.