Alimentos apropriados para furões

Alimentos apropriados para furões

Os furões são animais estritamente carnívoros, assim como os gatos. Isto significa que deve obter a sua energia a partir das proteínas de origem animal e a gordura, e são incapazes de digerir grandes quantidades de hidratos de carbono. As rações para cães não são apropriadas para furões porque a sua composição resulta deficiente para eles, mesmo as de boa qualidade.

Até pouco tempo atrás não havia alimentos formulados especificamente para furões, mas na atualidade contamos com umas tantas marcas que facilitam a tarefa de alimentá-los. Procura sempre na embalagem a lista de ingredientes no lugar das percentagens de cada nutriente. Os ingredientes devem estar ordenados em ordem decrescente, isto é, o mais abundante primeiro. Para que um alimento seja bom para o furão, os três primeiros ingredientes devem ser de origem animal. Provavelmente depois inclui milho ou algum adoçante, mas devem estar na menor quantidade possível na dieta que comem os furões. As fibras não deveriam exceder 3%; os furões não conseguem digeri-las no seu intestino curto e um excesso provoca gastroenterite.  As frutas e verduras não formam parte do que comem os furões porque não as digerem e podem provocar uma obstrução intestinal, por tanto nunca deves oferecê-las.

Presta atenção também às guloseimas. A maioria estão feitas à base de grãos, frutas, vegetais e açúcares, algo totalmente inapropriado para furões. Se fores dar uma dessas guloseimas ao teu animal de estimação, procura que não seja em excesso, da mesma forma que não darias a uma criança uma excessiva quantidade de chocolate. Uma opção mais saudável que podem comer os furões são os pedacinhos de carne crua apta para o consumo humano, ou de fígado ou coração, até mesmo algum ovo ou, se quiseres, um rato. A dieta mais adequada para os furões são as presas inteiras. Se conseguires, ratos congelados dos mesmo que se usam para alimentar répteis carnívoros, mas poucas pessoas optam por dar este tipo de alimentação aos seus animais de estimação, por uma questão de estética ou de dificuldade para consegui-la ou armazená-la.

Se não encontras estas rações para furões perto de tua morada, ainda podes utilizar um alimento Premium para gatinhos bebés, e complementá-lo com um suplemento de ácidos gordos e vitaminas. As rações económicas para gatos não contêm suficiente gordura e as proteínas não são de boa qualidade, portanto não são recomendáveis para furões. O que poupas em alimento o pagarás em veterinário e o teu animal de estimação sofrerá algum grau de desnutrição ou doença.

Atualmente há estudos que afirmam que se a alta incidência de insulinomas (tumores das células beta do pâncreas) que sofrem os animais de estimação é devido ao excessivo conteúdo de hidratos de carbono nas dietas que comem os furões (estes não deveriam superar 34% do total). A digestão desses nutrientes constitui uma sobrecarga para o pâncreas que poderia desencadear a hipertrofia e degeneração tumoral deste órgão. Este mecanismo não está cientificamente demonstrado, mas pode ser observado que a incidência desse tipo de tumor tem aumentado nos países onde usam mais rações e menos dietas naturais.

Outra opção são os alimentos formulados para vison ou raposas, mas estes não sempre estão disponíveis e no geral se vendem em sacos muito grandes para criadores.

Um bom alimento para furões deve conter:

  • Pelo menos 35% de proteínas
  • Pelo menos 20% de gordura
  • Uma quantidade de fibra muito baixa

Recomenda-se também suplementar a dieta para furões com carne cozida. A carne crua pode conter bactérias e parasitas nocivos, de modo que sempre se aconselha cozinhar os alimentos antes de oferecê-los aos nossos animais de estimação. É ideal dar ao teu furão um pouco de frango, com a pele, o fígado, a gordura, o coração, etc. Pensa que em estado selvagem eles caçariam um animal e o comeriam inteiro. Inclusive é bom deixar que mordam alguns ossos, pois podem obter-se nutrientes excelentes a partir da medula óssea, além de que é um fantástico entretenimento para estes bichinhos tão inquietos. Evita, contudo, os ossos de aves, pois ficam facilmente com lascas e podem provocar graves lesões no sistema digestivo.

É importante destacar que os furões devem ter um prato com alimento e água fresca disponível as 24 do dia. Eles costumam comer pequenas porções várias vezes por dia (até 10 vezes por dia!). Isto acontece porque o seu sistema digestivo pode processar pouco alimento cada vez e o seu altíssimo metabolismo requer comidas frequentes para obter suficiente energia. A ração para furões estraga-se muito rapidamente, portanto tens de controlar todos os dias que o alimento no prato se encontre em bom estado. A água deve estar em pratos pesados ou fixos para que não se vire ou em garrafas de bico bebedouro.

Nunca nos cansamos de repetir que uma dieta adequada é fundamental para conseguir um crescimento harmônico e manter a saúde de qualquer animal de estimação. Se te preocupares por conseguir uma nutrição equilibrada evitarás muitas visitas ao veterinário e terás um furão mais feliz. Dá uma olhadela na web de Tiendanimal para encontrar a alimentação mais adequada para o teu furão:

  • Comida de diferentes texturas
  • Snacks e guloseimas saudáveis
  • Complementos nutricionais
  • Ração completa (JR FARM, Lolo Pets, Cunipic Superpremium…)
  • E se quiseres dar um aporte extra de energia e vitaminas, aposta pelos suplementos fortificantes e revigorantes Anima Strath.

Dra. Isabel Iglesias

Artigos relacionados:

Dá uma olhadela a todos os nossos artigos de furões e aprende muito mais sobre as necessidades e os cuidados deste simpático animal.

Deixe um comentário