Como e quando desparasitar um gatinho

,

Se tiver um gato, há uma série de questões de cuidados clínicos que precisa de considerar para garantir a sua boa saúde. Um dos problemas mais comuns nos gatinhos são os parasitas, pelo que a primeira desparasitação é essencial.

A desparasitação é o processo de remoção de parasitas do sistema digestivo ou do pelo do seu animal de estimação. É um processo muito importante, porque se não o desparasitar, a saúde do seu gato pode deteriorar-se seriamente e pode infetar outros animais e mesmo pessoas. É contagioso, o que é outra razão para desparasitar o seu gato o mais rapidamente possível.

Tipos de parasitas que combatemos ao desparasitar gatinhos

Existem dois tipos muito diferentes de parasitas, dependendo da sua localização:

  • Parasitas internos. Encontram-se no interior do corpo, principalmente no intestino, mas também no coração e nos pulmões, entre outros órgãos. Os mais comuns são os protozoários e os vermes intestinais, que podem causar graves obstruções e feridas no intestino. Os sintomas incluem fadiga, tosse, abdómen inchado, falta de apetite, diarreia e vómitos. Deve ter especial cuidado com estes parasitas se o seu gato for bebé, uma vez que podem causar um atraso no crescimento.
  • Parasitas externos. Também chamados ectoparasitas, eles vivem no exterior do animal, seja na pele, no pelo ou nas orelhas. As mais conhecidas são as famosas pulgas, que são um verdadeiro incómodo para o animal e se alimentam-se de sangue escondidas no pelo. Este grupo inclui também os ácaros (que causam a sarna), as carraças e os piolhos. Para as pulgas, estão disponíveis pentes especiais para as remover.

Desparasitação interna de gatinhos

Para os parasitas internos existem também diferentes formatos: comprimidos ou pílulas para desparasitar gatos, pastas ou mesmo pipetas, ideais para gatos adultos aos quais é “missão impossível” dar algo pela boca. É portanto essencial que quando o seu gato é pequeno e precisa de o desparasitar, o faça o mais depressa possível, pois os gatinhos são muito mais vulneráveis do que os gatos adultos.

Quer se trate de um gato adulto ou de um gatinho, é importante que primeiro vá ao seu veterinário para obter conselhos sobre o que é melhor para o seu animal de estimação. Lembre-se de que cada gato é diferente e requer cuidados diferentes.

Desparasitação externa dos gatinhos

Existem vários métodos de desparasitação de gatos. Para parasitas externos pode encontrar pentes para pulgas, pinças para carraças, champôs especiais, pipetas, coleiras ou sprays antiparasitantes para gatos e mesmo produtos com inseticidas para o lar.


Como desparasitar um gato bebé?

Quando se trata de tratar parasitas externos, as coleiras antiparasitárias são normalmente bastante eficazes. A única desvantagem é que a maioria delas é recomendada para gatinhos com idadade superior a 4-10 semanas. Se o seu gato é muito mais novo, existem outros produtos em spray para pulgas que podem ser aplicados a gatos tão novos como dois dias de idade com grande segurança para o pequenito.

Se foi ao veterinário e lhe foi dado um tratamento para os parasitas internos do seu gatinho, será confrontado com a tarefa de como dar medicação a um gato. Não saber como desparasitar os gatos pode tornar-se uma verdadeira batalha campal.

Os gatos são muito teimosos e, se não estiverem calmos, podem tentar defender-se contra o seu “ataque” com unhas e dentes. Aprenda a acalmar o seu gato com estes passos simples para que possa administrar o medicamento confortavelmente.

7 Passos para tranquilizar um gatinho antes da desparasitação

1º Embrulhe o seu gato

Utilizar um pequeno lençol, manta fina ou toalha para o embrulhar, deixando apenas a sua cabeça exposta. Isto deve ser feito de forma calma para que ele também esteja calmo.

2º Coloque-o entre as pernas ou sentado no seu colo.

Desta forma, o seu gato ficará confortável e calmo nos seus braços, e poderá ter mais controlo sobre ele. Isto tornará o processo muito mais fácil.

3º Segure a sua cabeça

Coloque o polegar e o indicador em ambos os lados da boca. Tenha cuidado, pois a sua reação pode ser tentar mordê-lo quando se sentir “ameaçado”.

4º Abra a sua boca

Aplique suavemente um pouco de pressão para que o seu gato abra a boca. Lembre-se de manter a calma. Se ele o sentir tenso ou nervoso, também ficará inquieto.

5º Coloque o medicamento na sua boca.

Deixe cair a medicação para desparatisar o gato na parte de trás da língua.

6º Ajude-o a engolir

Solte a boca do seu gato enquanto ainda segura o focinho e levante a mandíbula. Esfregue suavemente a garganta para criar a vontade de engolir, mantendo a posição durante alguns segundos até ter a certeza de que ele engoliu.

7º Comece a soltá-lo

Depois de se certificar que ele engoliu a medicação, pode soltar-lhe o focinho, mas é melhor mantê-lo no seu colo durante alguns minutos. Isto assegurará que ele não o cospe sem que você repare – felicite-o por um trabalho bem feito!

Após alguns minutos, pode libertá-lo. É importante que felicite o seu gato pelo seu bom comportamento e retire o lençol ou cobertor enquanto continua a elogiá-lo. Quanto mais afeto e recompensas der ao seu gato, tanto mais positiva será a sua reação no futuro. Ele associará o processo como algo bom, calmo e relaxante.


Se seguir estes conselhos, poderá desparasitar os seus gatos de uma forma confortável e será uma atividade positiva para ambos. Os seus animais de estimação ficarão calmos e felizes por serem colocados no seu colo.

Pode utilizar estes passos quando precisar de dar ao seu animal qualquer outro tipo de medicação. São dicas muito úteis que lhe facilitarão muitos problemas futuros.

Com que frequência é desparasitado um gatinho?

Saber como desparasitar os gatos é muito importante, mas também o é saber quando o fazer. Idealmente, um gato deveria ser desparasitado pela primeira vez entre um mês e meio e os 4 meses de idade, com uma dose às 6 semanas, outra às 8 semanas, e depois aos 3 e 4 meses. No entanto, quando os gatinhos muito jovens chegam até nós, desmamados cedo, pode ser necessário fazê-lo com duas a três semanas de idade com pasta ou xarope para desparasitação interna e spray para desparasitação externa.

Finalmente, veja a nossa comparação entre pipetas, coleiras e sprays para desparasitação de gatos e escolha a opção que melhor se adapta às necessidades do seu felino. Pode também visitar a nossa publicação sobre os melhores desparasitantes para cães e gatos para mais informações, tanto como a publicação de hoje!

Se precisar de algo para o seu animal de estimação, na Tiendanimal queremos ajudá-lo. Encontre a sua loja mais próxima ou se preferir, faça a sua encomenda na nossa loja online especializada em produtos para animais de estimação, e não perca as nossas ofertas!

« Anterior

Frio nos cães: aprender a detetá-lo e preveni-lo

Com que frequência devem os cães adultos ser desparasitados?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.