Como escolher o meu primeiro réptil?

Os répteis são animais que, à primeira vista, podem resultar desagradáveis para a maioria de pessoas, mas se prestas um pouco de atenção e os conheces melhor, rapidamente descobrirás que são um grupo de animais fascinantes e nem um pouco insulsos ou frios, como a maioria das pessoas costuma pensar por falta de conhecimento.

É difícil cuidar de um réptil de cativeiro?

Os répteis como animais que precisam de uma série de cuidados e atenção básica para poder mantê-los adequadamente em casa. Algumas espécies ou grupos de répteis são mais adequados para iniciar, pela simples manutenção e outros mais avançados que requerem de uma experiência pelo teu lado e que por tanto não são adequados para principiantes.

É caro manter um réptil em casa?

Depende da espécie mantida e dos seus requerimentos, deve-se ter em conta que o investimento não consiste apenas em comprar o animal que à primeira vista pode resultar muito barato. O primeiro que deves ter em conta é que para manter um réptil em cativeiro precisarás de determinados elementos para a sua hospedagem e sobrevivência e que sem esses elementos básicos não poderás manter o réptil saudável durante muito tempo. Como norma geral não basta conseguir um espaço para o alojamento, como um recipiente, uma caixa de plástico ou um terrário, também requerem outros artigos que podem ser vitais para sua sobrevivência e, por tanto, deves ter em conta esse investimento e gasto necessário antes de adquirir o animal.

Quais são as espécies de répteis mais comuns nas lojas de animais?

Não todas as espécies mais vendidas nas lojas de animais coincidem com as espécies ideais para principiantes ou as mais fáceis ou económicas de manter.

As espécies mais comuns de répteis de venda em lojas são:

Tartaruga-de-ouvido-vermelho: Sem dúvida alguma é o réptil mais comum em cativeiro e o mais económico. As tartarugas-de-ouvido-vermelho são galápagos ou tartarugas semi aquáticas que incluem várias espécies diferentes. Vendem-se recém-nascidas de um tamanho 5-6 cm, mas deves ter em conta que com 3 anos atingiram os 20-25 cm de carapaça, por tanto precisarás uma tartarugueira grande de pelo menos 80 cm. São animais muito fáceis de manter sempre e quando se dá a alimentação adequada e não exclusivamente camarão dessecado ou gammarus,

Tartaruga terrestre: São répteis bastante mais caros que tartarugas-de-ouvido-vermelho e têm mais requerimentos e mais cuidados. São relativamente fáceis de manter dependendo da espécie comprada. As mais comuns e fáceis de manter são as espécies desérticas como a Tartaruga-russa (Testudo horsfieldii), a Tartaruga-de-esporas-africana (Geochelone sulcata) e a tartaruga mediterrânea (Testudo hermanni). As tartarugas tropicais como a tartaruga jabuti-piranga (Geochelone carbonaria) são um pouco mais complicadas de manter pelos requerimentos de humidade.

Iguana Verde (Iguana iguana): Costuma ser o réptil favorito das pessoas que se iniciam com répteis e é um dos mais comuns nas lojas, contudo não é o réptil mais adequado para começar neste hobby. Por um lado, devemos ter em conta que nas lojas vendem-se crias de iguana com apenas 12-15 cm de longitude, mas são animais que de adultos superam os 2 metros de longitude e que poucas pessoas têm disponível o espaço suficiente como para mantê-las adequadamente.

Camaleão: É outro dos répteis que mais chama a atenção, mas deves ter em conta que não são animais fáceis de manter e que requerem de certa experiência e de condições especiais. A espécie que normalmente se vende é o camaleão do Iémen ou Camaleão Velado (Chamaeleo calypratus) que é o mais duro e de fácil manutenção. Há muitas outras espécies de camaleões, como por exemplo o Lagarto Mexicano que são para nível avançado. São répteis que se estressam demais, por tanto se quiseres um réptil para apanhar habitualmente, o camaleão não é o mais indicado para ti.

Para criar estes animais podes começar com Kit completo para camaleão.

Pogonas ou Dragão Barbudo: Trata-se de uma espécie comumente encontrada nas lojas e que é relativamente fácil de manter em cativeiro sempre que seja com as instalações adequadas. São répteis muito tranquilos, de tamanho moderado e fáceis de manipular.

Lagartixas: Répteis fáceis de manter e de reproduzir em cativeiro e que, ao mesmo tempo requerem menos investimento de dinheiro no material necessário para mantê-los. São répteis de tamanho pequeno (18-24 cm).

Pitão-real (Python regius): É das serpentes mais comuns nas lojas e as mais populares, contudo, não é a serpente mais adequada para começar já que são demasiado tímidas e às vezes apresentam problemas na hora de alimentá-las. São serpentes de tamanho pequeno que raramente superam os 1-1,20 metro de longitude. Para além do facto de que algumas têm problemas na hora de comer, são animais muito fáceis de manter e que precisam de um investimento menor que outros répteis.


Quais são as espécies de répteis mais recomendadas para começar?

Já que não todas as espécies mais vendidas nas lojas de animais coincidem com as espécies ideais para se iniciar no mundo dos répteis, vamos a recomendar-te aquelas mais fáceis de manter em cativeiro segundo o grupo ao qual pertencem:

1-Tartarugas: Tartaruga-de-orelha-vermelha (Pseudemis floridana, Trachemys scripta, Graptemys geographica, etc.), Tartaruga Russa, Tartaruga-de-esporas-africana (Geochelone sulcata), Tartaruga mediterránea (Testudo hermanni), tartaruga-de-carapaça-mole-chinesa (Trionyx sp.)

2-Serpentes: Cobra-do-milho (Pantherophis guttatus), cobra real californiana (Lampropeltis getula californiae) e outras espécies de cobra real, cobra do leite (Lamporpeltis triangulum) e cobra não peçonhenta (Thamnophis sirtalis)

3-Camaleão: Camaleão do Iémen (Chamaeleo calypratus) e camaleão-pantera (Furcifer pardalis)

4- Lagartos: Dragão-barbudo (Pogona vitticeps), Dragão-d’água-chinês (Physignathus cocincinus), Anolis carolinensis (Anolis carolinensis), Lagartixa-leopardo (Eublepharis macularius), Lagarto de língua azul (Tiliqua scincoides), fogo skink (Riopa fernandi). Lagartixa-tokay (Gecko gekco), Lagartixa do dia de Madagascar (Phelsuma madagascariensis)


« Anterior

Como devo alimentar os peixes de meu aquário marinho?

Enriquecimento ambiental para cães

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.