O que preciso para ter um dragão barbudo?

, ,

O dragão barbudo é um lagarto bastante dócil e amigável originários das regiões desérticas da Austrália e Nova Guiné. A maioria dos que são comercializados como animais de estimação são Pogona vitticeps.

Os pogonas atingem um tamanho de 50 cm, de modo que precisam de um terrário grande para movimentar-se com comodidade e para que possam criar uma boa graduação de temperatura. É necessário, como mínimo, um terrário de vidro de 200 litros para um adulto, mas quanto maior, melhor. O terrário deve ter uma tampa forte para evitar que o teu animal de estimação fuja, além de ser necessária para segurar os aparelhos de iluminação e aquecimento. A tampa ou um dos lados do terrário pode ser de malha, mas não todo o terrário, pois seria muito difícil manter a temperatura adequada.

O substrato natural do dragão barbudo é a areia grossa, mas também pode ser utilizado cascalho para aquários, pedaços de tapete, papel sem tinta ou toalhas. Uma camada profunda de areia permite cavar e é apta para colocar ramas para escalar, rochas e pedras para apanhar o sol, cavernas para esconder-se e mais decoração para que o terrário seja um ambiente agradável e interessante. As fezes do dragão barbudo são pequenas e secas, por tanto podem ser levantadas com uma pá para gatos todos os dias e trocar o substrato quando sejam feitas as limpezas completas. Podes adicionar algumas plantas artificiais para enfeitar o terrário, assim como para proporcionar sombra e esconderijos frescos.

A graduação de temperatura ideal oscila entre os 24ºC no extremo mais fresco e 30 no mais cálido. O lugar onde está a lâmpada UVB pode ter entre 32 e 37ºC. Durante a noite estas temperaturas podem diminuir entre 3 e 4ºC. É imprescindível ter um ou dois termómetros para controlar as temperaturas com exatidão e se preferires podes comprar também um termostato para um controlo automático. Durante a noite podes aquecer o terrário com uma lâmpada de cerâmica, uma luz noturna para répteis ou com um fio por baixo do terrário, pois uma luz acesa a noite toda não permitiria que o teu animal de estimação descansasse corretamente. Se fores ficar ausente muitas horas, podes conectar as luzes a um temporizador automático.

Recorda que precisas instalas uma lâmpada de raios UVB para substituir a radiação solar, necessária para uma correta absorção do cálcio. As lâmpadas incandescentes oferecem luz diurna e calor, mas não emitem esta radiação. É necessária uma lâmpada ou um tubo fluorescente ou de vapor de mercúrio instalado a não mais de 30 cm de altura sobre a superfície para apanhar sol.

A dieta consiste principalmente em insetos mais 20% de vegetais. Os insetos devem ser pequenos, se possível recém-nascidos, quase sem exoesqueleto para evitar obstruções intestinais. Em adultos não deveriam ser maiores que 2/3 da sua cabeça. É necessário alimentá-los antes de dar ao dragão barbudo para que sejam mais nutritivos. Quando são adultos podes dar pequenos ratos como presas de vez em quando. Os vegetais são preparados em forma de salada, com ervilhas, folhas verdes, dente-de-leão, abóbora, cenoura, endívia, salsa e umas poucas frutas como o melão, a maçã, as uvas ou a banana. Recorda que deves deitar suplemento de cálcio para répteis por cima da comida. A água proporciona-se em tigelas profundas ou parcialmente enterradas na areia. Também podes pulverizar a pele do lagarto uma vez por dia, mas sem humedecer o terrário.

Dra. Isabel Iglesias

Se quiseres saber mais sobre o dragão barbudo, a sua alimentação, o seu comportamento e a sua reprodução, além de porque são estupendos animais de estimação, dá uma olhadela nos seguintes artigos:

« Anterior

O que preciso para ter uma chinchila?

Que presente dar no dia das mães?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.