Cuidados básicos do cachorro

,

Os cachorros e gatinhos precisam certos cuidados especiais tanto de higiene como da sua saúde, além de ter em conta outras necessidades como os passeios.

É importante escovar o pelo do meu animal de estimação?

Esta importante rutina higiênica deve ser realizada frequentemente. Quase todos os cães deveriam ser escovados todos os dias, isso aporta grandes benefícios higiênicos e sanitários ao nosso melhor amigo e a nosso entorno (pelos no carpete, sofás, roupa). Mediante este processo conseguimos melhorar a circulação da pele, retiramos o pelo morto, favorecemos a saída do pelo novo, prevenimos o surgimento de lesões e patologias dermatológicas.

Se o cão “conhece” a escova, o pente e a carda desde pequeno e assume o momento de escovar como algo comum no dia-a-dia, podemos estar seguros de que não colocará nenhum impedimento, pelo contrário, desfrutará da escovagem como se fosse um dos melhores momentos do dia, como uma extensão das carícias que tanto gosta de receber do seu “amigo de duas patas”.


Quais são os cuidados que precisa um gato de pelo comprido e um de pelo curto?

É importante começar com a higiene dos gatos o antes possível para que se acostumem com essa rotina. Os gatos de pelo comprido têm pelagens densas que devem ser escovadas todos os dias porque se não for feito formar-se-ão bolas de nós que às vezes precisam da ajuda de um veterinário ou cabeleireiro que as corte. É conveniente utilizar um pente de puas largas e uma escova de carda, colocar pó talco uma vez por semana e retirar os nós pequenos com a mão porque os puxões com o pente são dolorosos. Os gatos de pelo curto precisam menos escovagem, por tanto uma vez por semana será suficiente para manter a pelagem limpa e brilhante. É vital escová-los principalmente quando estão a mudar o pelo.

Existem duas épocas fundamentais de queda de pelo: desde o início da primavera até o verão e desde o início do outono até o inverno. Esta queda é totalmente natural e não requer atenção do profissional; se observarmos fortes quedas fora destas épocas (ou durante elas) a visita ao veterinário será obrigatória. Para favorecer o nascimento do novo pelo devemos ser rigorosos com a escova e aportar uma alimentação de alta qualidade.


Mesmo que não seja muito habitual cortar o pelo dos gatos de pelo comprido, não seria nenhum problema. Certo é que não seria necessário realizar um corte se o pelo for mantido limpo e bem escovado, mas também devemos pensar que um corte anual (no verão) favorece um pelo forte e saudável e ajuda a suportar as altas temperaturas.

Posso dar banho ao meu gato?

Claro que sim! Mas deves cumprir os seguintes requisitos:

  • Não dar banho ao gatinho até que tiver todas as vacinas.
  • Não devemos substituir a escova pelos banhos: a escovagem deve ser diária e com ela poderemos distanciar os banhos.
  • Utilizar um champô específico para gatos.
  • Secar perfeitamente o pelo e a pele ao terminar o banho (com uma toalha e secador).
  • Acostumar o gatinho com a água desde novo. Os gatos não odeiam a água, apenas odeiam o desconhecido.

Quando e como dar banho ao cão?

Apesar da maioria dos donos ter o costume de dar banho ao seu animal de estimação com excessiva frequência, a realidade nos diz que é preferível dar menos banhos ao cão. É fundamental escovar, de forma diária, para assim poder distanciar o número de banhos. Um animal corretamente escovado não precisará mais de um banho cada mês e meio ou dois meses, utilizando um champô específico para cães, uma toalha para secá-lo bem e um secador, tendo cuidado de não queimar o animal e com a certeza de que não fiquem zonas húmidas. Devemos tentar que entre a menor quantidade de água possível nas orelhas. A diferença entre o banho de um cão de pelo comprido e um de pelo curto é unicamente o tempo que devemos investir em cada caso.


O que fazer se o gato acorda com remelas?

Os olhos de alguns gatos, como por exemplo os Persas, têm certa tendência a padecer de um maior número de problemas devido, sobretudo, à sua ligeira exoftalmia (“olhos protuberantes”). Este simples facto costuma ser causa de uma maior produção de lágrimas. Lavar os olhos diariamente com água de camomila não é completamente correto. Quando a remela é normal, sem cor verde ou amarela, sem vermelhidão no olho, sem existir comichão na zona, não é necessário lavar o olho diariamente. Neste caso seria suficiente retirar a remela com uma gaze limpa seca ou levemente humedecida com soro fisiológico ou água.

A lavagem ocular diária deveria deixar-se para casos como as conjuntivites reais ou outras patologias do olho. É recomendável acudir ao veterinário para que descarte qualquer possível infecção que estiver a provocar uma maior produção de remelas.


Quando posso começar a passear o meu cachorro?

É conveniente começar a passear quando o cachorro tiver adquirido suficiente imunidade, graças às vacinas correspondentes contra as doenças mais graves. Os cachorros podem contrair numerosas doenças com apenas farejar a urina ou as fezes de outros cães infectados. Quando começares a passear com o teu cachorro procura que os passeio sejam sempre aproximadamente à mesma hora e que se acostume a ir preso desde o início. É importante aprender a predizer quando precisa fazer as suas necessidades. O normal é sair três vezes por dia. Não é recomendável levar o cão de volta para casa logo depois que tiver feito as suas necessidades, porque começará a associar o fim do passeio com o momento em que as faz e no futuro pode mostrar-se reticente a fazer as suas necessidades no exterior. É melhor premiar o cachorro quando faz as suas necessidades durante o passeio e ampliar este um pouco antes de voltar para casa.


Como posso tirar proveito dos passeios?

O passeio com o nosso cão costuma ser uma obrigação, mas também um momento especial entre o cão e o dono, uma ocasião para que ambos desfrutem e uma grande oportunidade para melhorar atitudes e comportamentos, além de reforçar a educação.

O passeio deve ser realizado com o animal provido de coleira e trela que permitam o seu controlo em todo momento (além de um açaimo em animais com tendência à agressividade). Mediante o passeio o nosso cão interage com outros animais, com outras pessoas e com um ruidoso entorno (carros, motas, vários ruídos). Deves aproveitar o passeio como uma via de socialização para não acabar com um animal medroso e/ou agressivo com outros cães e com as pessoas. O cão precisa “se divertir” e realizar exercício. O passeio proporciona as duas coisas: permite que mantenha a tonificação muscular e oferece uma via de expansão pela interação do animal com o entorno. Não é imprescindível que o animal corra e salte que nem doido, já que permitir que o cão corra solto em áreas livres pode implicar graves consequências: acidentes de tráfico, brigas com outros animais, fugidas, etc. Nós somos o seu melhor entretenimento e podemos participar na brincadeira com a ajuda de acessórios, como paus, bolas, etc.

Além do mais, podemos aproveitar para dar algumas aulas durante os passeios. O nosso cão precisa que sejamos pacientes e constantes; se hoje conseguimos que ele se sente, devemos recordar esse comando todos os dias. É importante não ensinar outro comando até que não cumpra perfeitamente o anterior. O passeio diário é a melhor forma de relembrar os conhecimentos e ensinar novas lições. As ordens cumpridas devem ser premiadas com biscoitos para cães ou um brinquedo especial para o animal, nunca castigar; os castigos sempre pioram a situação.

Quais são os perigos domésticos para um gatinho em casa?

Como os gatos são animais curiosos devemos sempre evitar deixar ao seu alcance os seguintes objetos: produtos de limpeza para a casa que possam ser tóxicos para animais ou crianças; pesticidas, inseticidas, medicamentos, fertilizantes e outros produtos tópicos da jardinagem; plantas de interior que possam prejudicar, ou até mesmo resultarem letais para os gatos, como a aloe vera, a samambaia, o loendro ou o visco, entre outras.

« Anterior

Como escolher o tipo de areia adequada para o teu gato

O valor pH, o dióxido de carbono e a dureza de carbonatos em aquários de água salgada

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.