Cuidados gerais de tartarugas terrestres

Cuidados gerais de tartarugas terrestres

Se gostares de répteis é muito provável que mais cedo ou mais tarde penses em ter uma tartaruga como animal de estimação. Neste post encontrarás a informação básica para aprender a cuidar de tartarugas terrestres e atender corretamente às suas necessidades de espaço, higiene e alimentação.

Terrários para tartarugas terrestres

O mais importante é que o terrário para a tua tartaruga terrestre seja o maior possível, para que ela possa se mover sem problemas. Também deves colocar no chão do terrário um bom substrato, com partículas de tamanho grande para que a tua tartaruga não as coma e não seja irritante nem tóxico. Podes usar papel de jornal, mas terás que trocá-lo por completo com mais frequência do que o substrato, para que o terrário se mantenha limpo e seco. Se decidires usar um leito natural a base de areia, terra e folhagem, terás de ter um controlo rígido do terrário para manter uma higiene apropriada e evitar que a tua tartaruga coma esses materiais.

Também é muito importante que controles a humidade, a temperatura e a iluminação do ambiente. O ideal é colocar o terrário para tartarugas terrestres perto da janela, onde tenha luz direta e boa ventilação. Se isso não for possível, terás de colocar lâmpadas especiais para terrários e fontes artificiais de calor. As tartarugas precisam hibernar e por isso deves criar dentro do terrário um lugar onde a tua tartaruga possa se esconder durante todo o inverno. Durante essa época do ano, a tua tartaruga só fará uma coisa: dormir. Não te preocupes se ela não comer nem se mover durante essa época.

A água é um elemento essencial nos terrários para tartarugas terrestres. É preciso que haja sempre um recipiente com água limpa e fresca, além de ser muito estimulante para algumas tartarugas ter uma fonte de água corrente. Se tiveres a possibilidade de fazê-lo, retira a tua tartaruga terrestre do terrário de vez em quando para que ela faça um pouco de exercício. Uma pequena caminhada por um espaço com relva e plantas naturais será muito bom para a sua saúde. Claro que todos esses cuidados ficarão em segundo plano se a tua tartaruga terrestre puder viver livre em um jardim. Ela mesma escolherá os seus lugares preferidos para tomar sol, hibernar e fazer suas longas e pausadas caminhadas diárias.

A alimentação das tartarugas terrestres

Uma dieta adequada para tartarugas terrestres deve ter um conteúdo alto em fibra que inclua relva, plantas, flores, verduras, pedaços de carne crua, minhocas e todo tipo de frutas exceto as cítricas. O sol é imprescindível para as tartarugas terrestres, já que é a forma como fixam o cálcio da dieta para manter bem saudável e forte a sua carapaça. Por isso, devem tomar sol durante pelo menos 15 minutos ao dia. Para a sua alimentação diária, podes experimentar vários alimentos formulados especificamente para tartarugas terrestres e observar qual é o de que ela mais gosta. Também podes tentar dar-lhe ração seca para cães e gatos uma vez por semana.

Ainda assim, terás de completar a sua dieta com um suplemento de cálcio, já que é complicado selecionar os alimentos adequados para que a proporção de cálcio e fósforo seja correta. Também terás que acrescentar uma certa quantidade de complementos vitamínicos à dieta da tua tartaruga terrestre. Deves ter muito cuidado com as quantidades, já que se tentas compensar a falta de luz solar com um excesso de vitamina D3, podes fazer com que a tua tartaruga terrestre desenvolva doenças como a hipercalcemia, a mineralização dos tecidos macios ou a doença renal. Por outro lado, uma dose de cálcio insuficiente junto à falta de luz e calor solar poderia produzir um hiperparatireoidismo nutricional secundário à tua tartaruga terrestre.

A reprodução das tartarugas terrestres

Se tiveres a sorte de contar com um macho e uma fêmea desses simpáticos quelônios, pode ser que durante a época de cio presencies o acasalamento. A chegada do cio, o nível de fertilidade e o momento de desova dependerão das horas de luz ao dia e da temperatura do ambiente. A copulação durará uns 20 minutos aproximadamente e a gestação umas 8 ou 9 semanas.

Na hora de ter tartarugas terrestres como animais de estimação é muito importante que tenhas em consideração que se trata de um animal silvestre e não doméstico. Isso quer dizer que terás que fazer um esforço para que o seu habitat seja o mais parecido possível ao seu habitat natural. Lembra-te de que em TiendAnimal poderás encontrar tudo necessário para garantir que as tartarugas terrestres vivam saudáveis e felizes durante muitos anos, desde a melhor alimentação e complementos vitamínicos a todo o material necessário para criar terrários totalmente equipados.

Dá uma olhadela em todos os nossos artigos sobre tartarugas aqui.

 

 

Deixe um comentário