As tartarugas devem hibernar?

,

A hibernação é um mecanismo natural usado por alguns animais de sangue frio, e também de sangue quente, para se protegerem do frio ou quando a comida é escassa no ambiente onde vivem.

Este tempo de descanso também é necessário para uma função reprodutiva normal. Nos zoológicos os animais dispõem de um período de arrefecimento dos espaços no inverno para estimular a atividade de cria quando as temperaturas se normalizam, até nas espécies tropicais que não hibernam.

As tartarugas que hibernam descansam de três a oito meses por ano, dependendo do lugar onde vivem. Como regra simples, quanto mais longe da linha do equador for o seu território natural, mais factível será que hibernem e que o descanso seja mais longo. Pelo contrário, se elas forem originárias de zonas tropicais, é menos provável que o façam.

Quando as tartarugas vivem em cativeiro, as condições climáticas e do chão são muito diferentes ao seu hábitat natural. Se uma tartaruga do deserto, por exemplo, tiver que hibernar no pátio de uma casa com outro tipo de clima, provavelmente encontrará um chão com demasiada água e temperaturas demasiado baixas para as que não está preparada e poderia morrer. Além disso, nos jardins costuma haver insetos que chegam a devorar às tartarugas enquanto estão a hibernar, ou podem também contaminar-se com fungos pela excessiva humidade do chão.

Se tens tartarugas é muito importante que procures tudo o possível sobre os seus habitats naturais, a temperatura e humidade do inverno, de onde provêm e a duração das horas de luz nessa estação. Com estes dados adapta o terrário para oferecer-lhe umas condições o mais parecidas possíveis.

As espécies tropicais, como as de patas vermelhas (Geochelone carbonaria), de patas amarelas (Geochelone denticulata), alongada (Indotestudo elongata), tartarugas terrestres americanas (Rhynoclemmis) e as espécies africanas não hibernam, mas ficam mais letárgicas durante um período em que arrefece e os dias tornam-se mais curtos. Em climas não tropicais precisam de um microclima artificial húmido e temperado dentro da casa. Podem servir um termómetro e higrômetro para controlar o terrário.

As tartarugas de zonas áridas que não hibernam também deverão ser protegidas num terrário com microclima apropriado. Algumas destas são as tartarugas egípcias (Testudo kleinmanni), as irradiada (Geochelone radiata), tartaruga-de-esporas-africana e leopardo. Nunca devem ficar ao ar livre, já que sofrem muito pela humidade e o frio e são propensas aos problemas respiratórios. Estas tartarugas necessitam algo de humidade, mas menos que as espécies tropicais. No geral é suficiente com deixar uma fonte de água para beber e molhar-se e uma zona seca com aquecimento.

As tartarugas que hibernam são as do deserto (Gopherus), a tartaruga russa (T. horsfieldii), as tartarugas-de-caixa, tartarugas-da-madeira (Clemmys insculpata), as pintalgada (C. guttata) e as de orelhas vermelhas (Trachemys scripta elegans). Antes de deixá-las entrar no letargo invernal é importante prepará-las, ver que estão saudáveis e com bom peso corporal.


Links relacionados:

Podes visualizar todos os nossos artigos de tartarugas aqui.

« Anterior

Dragão barbudo, como cuidá-lo?

Como ir com o teu cão à praia de forma segura

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.