Tartaruga-das-galápagos

A tartaruga-das-galápagos pertence à classe dos répteis, a ordem Testudinata (Chelonia, tartarugas), subordem, Cryptodira (tartaruga com flexibilidade do pescoço), a família Emydidae (tartaruga aquática) e os gêneros Emys e Mauremis.

No geral os Testudinata têm membros desenvolvidos, palmeados e com fortes unhas curvas. Têm mandíbulas potentes e cortantes. Apresentam dimorfismo sexual e as fêmeas são sempre de maior tamanho que os machos. São longevos com atividade diurna e costumes anfíbias.

No início da primavera se produz o acasalamento no fundo da água, mediante um cortejo. A fecundação é interna e a postura se realiza em terra no mês de Junho, entre 5 e 15 ovos brancos de um tamanho entre 2-3 cm. São animais de alimentação oportunista, omnívoros, carnívoros e também comem pequenos peixes, larvas de anfíbios, insetos e vegetais.

Em Biscaia existe um centro de recuperação de fauna silvestre. Este lugar, com um clima marcado pela transição entre o clima atlântico e mediterrâneo e influenciado pela corrente do golfo, é uma zona amena com suaves temperaturas e precipitações regulares. Neste contexto enquadra-se o programa especial levado a cabo com Tartarugas-das-galápagos autóctones.  Aplicam-se técnicas de optimização das condições reprodutivas dos exemplares de cágado-de-carapaça-estriada e cágado-mediterrânico desde 1999.

Existem diferenças entre estes dois tipos de tartaruga-das-galápagos.

  • Cágado-de-carapaça-estriada ou Emys Orbicularis estas tartarugas têm uma carapaça preta, convexa e com manchas e linhas amarelas características, o pescoço, as patas e a cauda têm pontos amarelos. O plastrão é cinza amarelo menos nos jovens onde é preto com manchas amarelas. São de crescimento lento e os machos atingem a maturidade sexual aos 10 anos, enquanto que as fêmeas o fazem aos 18. São pouco tolerantes à presença humana. Distribuem-se de leste a oeste desde o mar de Aral até Portugal e de norte a sul desde Lituânia até o norte de África, a sua presença no território de Biscaia sempre tem sido pontual o que faz pensar em uma baixa densidade populacional.
  • Cágado-mediterrânico ou Mauremy Leprosa tem uma carapaça parda verdosa, plana e ovalada, com linhas amarela alaranjadas no pescoço. Recebe o seu nome pela presença de erosão nos escudos dorsais da sua carapaça produzida pelo crescimento de algas simbióticas que podem até mesmo produzir o seu desprendimento.  Atinge a maturidade sexual aos 7 anos. São uma espécie mais termófila e preferem clima mais ameno, estão presentes no norte de África e não ultrapassam as montanhas do Pireneu, a sua presença resulta escassa no nosso território.

Podes ver todos os nossos artigos de tartarugas aqui.

« Anterior

O São-bernardo

Doença óssea metabólica dos répteis

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.