Tartarugas-de-terra dentro de casa: alojamento e substrato

,

Esta é a segunda parte do artigo sobre as tartarugas dentro de casa, no anterior falamos sobre iluminação e temperatura para tartarugas terrestres que vivem dentro da casa. Repetimos novamente que este tipo de animais de estimação vive muito melhor num jardim, com as proteções que forem necessárias contra predadores e sempre que o clima o permita, mas com há muitas tartarugas que vivem em apartamentos ou em climas não propícios, decidimos escrever alguns conselhos para que possas dar uma boa qualidade de vida à tua tartaruga.

Enquanto a tua tartaruga for pequena podes deixá-la em um recipiente de plástico grade com a iluminação UVB e aquecimento se for necessário. Isto dará tempo para planificar o seu espaço quando for maior. Para isto deves conhecer qual é o tamanho adulto da espécie da tua tartaruga. As tartarugas que as pessoas costumam ter como animais de estimação (testudo, kinixys, terrapene, agrionemys, geolchelone, etc.) atingem um tamanho adulto aproximado de 25 cm e podem alojar-se dentro da casa no inverno. As tartarugueiras de vidro não são a melhor opção, pois não são suficientemente grande e, além do mais, a ventilação não é boa, o que provoca doenças respiratórias. Uma opção muito melhor são os currais feitos com madeira, que devem medir ao redor de 1m quadrado (quanto mais espaço, melhor). A altura das paredes deve ser de pelo menos o comprimento da tartaruga para evita que suba e fuja. Nesse espaço podes instalar lâmpadas com suporte para as luzes com radiação UVB/A e aquecimento. Recorda que deves criar um gradiente de temperatura dentro do recinto para que a tartaruga possa escolher onde prefere ficar para regular a sua temperatura corporal.

Localiza um recipiente plano com água dentro do recinto, assim o teu animal de estimação poderá beber e molhar-se se precisar. Também é ideal preparar uma ou várias gavetas com terra e plantas comestíveis; isso dará a oportunidade de pastar e aporta uma variedade de nutrientes frescos à sua dieta. Compra ou fabrica um tipo de caverna na qual a tartaruga possa refugiar-se; elas buscam muitas vezes cantinhos mais escuros para descansar. Perto da zona das luzes coloca alguma planta mais alta para gerar sombras. É muito, mas muito importante, que tenhas um termómetro para medir efetivamente a temperatura nos dois extremos do recinto. Estas têm que coincidir com os limites inferior e superior da faixa apropriada para a tua espécie, assim ela poderá movimentar-se ao canto que tiver a temperatura que precisa em cada momento para se alimentar, digerir e realizar todas as suas funções vitais com normalidade.

O substrato também é muito importante. No caso das tartarugas de origem tropical deves procurar um substrato que retenha a humidade, como a casca de coco ou o musgo. Para as do deserto é melhor colocar feno, cortes de relva seca ou simplesmente troços de papel. Evita a areia ou a cascalho, que podem ser ingeridos e provocar obstruções intestinais.  Em todos os casos é ideal que a tartaruga possa escarvar simplesmente como uma forma de entretenimento. Outra forma de criar um habitat mais interessante é colocar desníveis para escalar, alguns troncos e outros objetos de decoração que não possam magoar a tartaruga.

Dra. Isabel Iglesias

Artigos relacionados:

Podes ver todos os nossos artigos de tartarugas aqui.

« Anterior

Toxicidade por excesso de vitamina A nos gatos

Tartarugas-de-orelhas-vermelhas

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.