Evitar que teu gato coma ou lamba coisas que não são alimento

Muitos gatos dedicam parte de seu tempo a lamber lã ou morder mantas. Este comportamento tão frequente é denominado pica. Não é um problema grave em si, mas pode ser o sintoma de outro transtorno ou levar a obstruções intestinais.

Pica é a compulsão por comer coisas que não são alimentos. Nos gatos o mais habitual é que comam ou mordam lã, mas podem escolher qualquer outro objeto, como fios de telefone, cortinas, etc.

Este comportamento pode obedecer a diferentes causas. Às vezes trata-se da manifestação de uma deficiência nutricional, como a falta de fibra insolúvel ou de gordura na dieta, o que levaria os animais a buscá-la em outras fontes. Outros motivos são o tédio, ansiedade e o stress. Também existem especialistas em comportamento que dizem que se trata de gatinhos que foram desmamados cedo demais e começam a lamber tecidos como substituto da sua mãe, o que com o tempo se transforma em morder os mesmos tecidos.

Pode ser que nunca se saiba exatamente por que o teu gato decidiu “comer” os teus casacos favoritos, mas há várias formas de fazê-lo mudar de comportamento:

  • Borrifar a peça com vinagre, molho picante ou algum spray de sabor amargo que vendam para este problema nas lojas de animais de estimação. Podes adicionar também o cheiro a uma colónia para que o gato associe o cheiro com o sabor desagradável. Logo só terás de colocar a colónia à roupa para que não queira tocá-la. Este método deve estar acompanhado de algum dos seguintes, pois não pode ser que simplesmente troque de objeto e comece a morder qualquer outra peça.
  • Manter o seu gato entretido, dessa forma esquecerá o seu vício. Dedicar um bom tempo à noite e, se for possível, de manhã brincar com ele para que fique um pouco cansado. Para quando não estiveres em casa tenta pendurar brinquedos que se mexam com o vento ou que estejam em um local onde chamem a atenção. Também existem brinquedos que podem ser recheados com biscoitos para que teu gato se mantenha ocupado ao tentar retirá-los. Colocar em estantes para que possa escalar e olhar por uma janela a rua. Pensa naquilo que gosta o teu gatinho e usa a tua imaginação para criar um bom entretenimento para ele.
  • Se o seu comportamento começou com uma situação estressante, procura acalmá-lo e fazê-lo sentir que está tudo bem. Deves ter paciência, fazer carinho e falar com ele com suavidade. Se tiveres mudado a uma nova casa, deixa os seus objetos à vista para que tenha algo familiar. Podes testar com Flores de Bach ou com as soluções Feliway para ajudá-lo a superar esta experiência.
  • Consulta com o teu veterinário se for conveniente dar algum suplemento de ácidos gordos ou de fibras ou melhorar a sua alimentação caso a origem do problema fosse uma deficiência nutricional.
  • Oferece-lhe um material mais saudável para morder. Podes provar com um dispensador automático de ração, para que administre pequenas rações ao longo do dia. Outra ideia é cultivar um vaso com aveia, trigo ou rye grass para que ele mastigue isso se estiver com vontade.

Pode ser que precises combinar mais de uma destas técnicas para conseguir que o teu gato mude o seu comportamento. Observa para discernir o melhor possível sobre o motivo e aplica a solução que melhor se ajusta ao problema.


« Anterior

Os melhores desparasitantes para cachorros

Doença adrenal nos furões

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.