Os brinquedos e os nossos gatos

A brincadeira é parte da natureza do nosso gato e quase todas as atividades diárias podem tornar-se em um momento lúdico para o pequeno felino que, ao ter as suas necessidades básicas cobertas, desfruta dos momentos de diversão plenamente.

O instinto manda e quando chega algo novo em casa perceberás que os teus gatos esforçam-se em estudar profundamente o objeto e deixar o seu odor ao esfregar-se nele.  Acontece com malas, mochilas, sacos da compra, caixas e qualquer coisa nova que entra pela porta incluídos os brinquedos felinos.

Os nossos pequenos felinos precisam «garantir o seu terreno» para sentirem-se confortáveis e seguros e fazer com que todas as coisas novas que chegam a casa cheirem rapidamente como devem cheirar, isto é, a lar. As feromonas são as encarregadas deste tipo de marcação invisível e conhecer este dato nos ajuda a entender melhor o nosso gato. Faz pouco falamos de brinquedos que ajudam aos nosso gatos a serem mais felizes. Seguimos aprofundando o tema, descobrir as novas maneiras de brincar do nosso gato.


Comida e brinquedos

No geral, um gato come muitas vezes ao longo do dia, mas em pequenas quantidades. É uma forma de reproduzir a pauta alimentar que seguiam os seus antepassados caçadores que ingeriam presas pequenas à medida que as conseguiam. Contudo, a vida sedentária provoca que muitos gatos de casa sofram excesso de peso, por tanto uma boa forma de ajudar o nosso gato a manter a linha, é tornar a hora da comida em uma brincadeira, imitando a atividade de caça que se daria na natureza. Por isso, apresentamos a seguir várias recomendações:

Deixa alimento seco à livre disposição em várias localizações para favorecer que se movimente. É preciso pôr o gato a dieta, consulta com o veterinário sobre o alimento mais conveniente. Mais do que restringir, trata-se de buscar a opção que menos o engorde, mas que não crie ansiedade. Não há nada pior para um gato com ansiedade pela falta de alimento.

O uso de brinquedos interativos dispensadores de comida permite o animal comer mais lentamente ao mesmo tempo em que exerce certa atividade física. Neste ponto é necessário ser constantes e usar unicamente o brinquedo como se fosse o comedouro. Se tem mais pontos de alimentação fáceis, é muito possível que ignore o brinquedo e passe direto para o seguro.


Se o teu gato come sem controlo, até o ponto de ficar doente, consulta com o teu veterinário para descartar patologias como diabetes ou hipertiroidismo que podem ser tratadas e ajudam a melhorar a qualidade de vida do animal.


« Anterior

Os periquitos são animais de estimação fantásticos

As aves são dinossauros?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.