As aves são dinossauros?

De certeza alguma vez ouviste a teoria de que as nossas atuais aves são descendentes dos antigos dinossauros. Será verdade? Há investigações suficientes como para garantir que os pássaros são dinossauros?

A maioria dos paleontólogos afirmam que sim e resulta praticamente uma evidência.  De facto, a definição filogenia das aves é: dinossauro com asas e penas capaz de voar. Se isso fosse verdade, estaríamos a afirmar que alguns dinossauros nunca se extinguiram, e sim que agora são aves. E, além do mais, teríamos que nos perguntar porque uns desapareceram e outros sobreviveram e evoluíram para aves.

Porque se acredita que as aves são dinossauros?

Acreditamos que os dinossauros se extinguiram milhões de anos atrás, mas tudo indica que não é assim. Alguns fósseis indicam que os dinossauros não desapareceram da terra, e sim que evoluíram e as aves são os seus descendentes. A primeira pessoa que defendeu esta teoria foi Thomas Huxley. No início a hipótese não foi aceita, mas nas últimas quatro décadas, ganhou muita força dentro dos demais paleontólogos.

Algumas das caraterísticas ou motivos que reforçam a teoria de que as aves são dinossauros:

  • As aves têm um osso peitoral chamado fúrcula que também estava presente nos dinossauros, inclusive os que guardam um menor parentesco com os pássaros. 
  • Há múltiplos fósseis de dinossauros com penas.
  • Alguns fósseis têm esqueleto similar ao das aves, com ossos leves e ocos e com patas longas e esbeltas como as dos pássaros.
  • Pulmões e coração muito parecidos.
  • Presença de pedras na moela para melhorar a digestão e triturar o alimento.
  • A postura quando dormem.

Os exemplares encontrados dividem-se em dois grupos: os dinossauros com protopenas e os dinossauros com penas reais. Há um debate entre se as protopenas de algumas espécies são realmente penas ou apenas estruturas da pele. Também há estudos de penas de diferentes espécies, que concluíram que algumas serviam para voar, mas outras, pela sua forma simétrica, não. Acontece isso também com as aves, já que, mesmo que todas possuem penas, não todas conseguem voar.

A origem das aves

As aves e alguns répteis, como os crocodilos, conseguiram burlar, 65 milhões de anos atrás, a extinção massiva dos dinossauros após a colisão com o asteroide contra a Terra.

Em que momento os dinossauros desenvolveram as penas e a capacidade de voar?

A origem das penas é dos maiores mistérios da evolução. Em 1861 apareceu um fóssil de ave, do tamanho de um corvo, que viveu há 150 milhões de anos. Era o Archaeopteryx. Este espécime marcou um antes e um na teoria de que as aves são dinossauros e que já tinham penas no passado. Este fóssil foi descoberto dois anos depois da publicação de A Origem das Espécies de Darwin.

Archaeopteryx, o elo perdido

O Archaeopteryx tinha características intermédias entre os dinossauros com penas e as aves tal e como as conhecemos hoje. Ainda que seja registada como a ave mais antiga que conhecemos, porque foi um dos maiores descobrimentos fósseis, já foram identificadas outras espécies que são, com grande certeza, ainda mais antigas; é o caso de Anchiornis (155 milhões de anos), Xiaotingia e Aurornis (160 milhões de anos).

Este género extinto de aves primitivas viveu na atual região sul da Alemanha. A sua forma era similar à de um corvo, com umas grandes asas e uma cauda longa. As suas caraterísticas morfológicas fazem com que seja um claro candidato de transição de dinossauro a aves e, portanto, uma peça chave no estúdio de ambas espécies. O Archaeopteryx tinha rasgos dos dinossauros terópodes maniraptores (deinonicossauros), família à qual pertencia o famoso velociraptor:

  • Mandíbulas com dentes afiados
  • Três dedos com garras
  • Dedos segundos hiperextensíveis
  • Cauda longa e ossuda
  • Grandes semelhanças no esqueleto

Mas, por outro lado, também tinha rasgos das aves atuais. Alguns deles são: o parecido da estrutura e o desenho das penas, a presença da espoleta ou fúrcula (osso bifurcado que se encontra no peito, único nas aves e nos dinossauros terópodes) um dedo do pé que se encontrar ligeiramente ao contrário.

Depois do primeiro fóssil de Archaeopteryx, encontrado em 1861, foram encontrados outros 11 exemplares ao longo dos anos. Todos eles com penas muito avançadas, que demonstram que a sua evolução aconteceu antes do Jurássico Superior, e que poderiam ser a evidência de que as aves são dinossauros.

Outros dinossauros com penas ou protopenas, anteriores ao Archaeopteryx, confirmam que as penas originaram-se antes que as primeiras aves.

Conhecias esta teoria da evolução? Acreditas que, como muitas especialistas afirmam, as aves são dinossauros?

« Anterior

Os brinquedos e os nossos gatos

Limpeza e desinfeção de gaiolas e terrários

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.