Giardia em cães: sintomas e tratamento

A giardia duodenalis é um parasita muito presente no mundo e é habitual que produza infeções nos nossos animais de estimação. Cães e gatos podem se contagiar por este parasita, mas também afeta os seres humanos. Somente em nível europeu, a Espanha é o terceiro país com mais casos desta doença produzidos pela giardia duodenalis. Continua a ler tudo sobre a giardia em cães!

Apesar de ser difícil de diagnosticar pela grande quantidade de falsos positivos, a giardia em cães é adquirida ao beber água contaminada. Esta água, não desinfetada, alberga por várias semanas cistos do protozoário que causa a giardia. Mas não se contagia somente pela ingestão direta de água.

O contágio dos animais de estimação também pode se produzir ao ingerir alimentos ou ao entrar em contato com superfícies contaminadas. Deves prestar atenção, pois a giardia é zoonótica, ou seja, pode ser transmitida de animais a humanos e vice-versa. Os que são mais propensos a se contagiarem dentro da espécie humana são as crianças, os idosos e os profissionais que trabalham com estes grupos vulneráveis.

O que é a giardia ou a giardíase em cães?

A giardia lamblia, intestinalis ou duodenalis é um protozoário flagelado que vive no intestino delgado de certos mamíferos, entre os quais se encontra o ser humano. A patologia que causa este protozoário é a giardíase ou a lamblíase.

Este parasita vive no duodeno do intestino delgado em formato de trofozoíto (forma vegetativa ativada, que se alimenta de fagócitos). Dentro do intestino, a giardia vive aderida às rugosidades do intestino e se alimenta e se reproduz até que o conteúdo intestinal começa a se desidratar; aqui é quando o trofozoíto se encista. Perde os flagelos ou rabo, se torna oval e se rodeia de uma parede cística. O ser vivo que contagia a giardia começa, desde este ponto, a expulsar fezes com cistos que são infeciosos.

Os locais mais frequentes nos quais a giardia vaga mais à vontade são os que têm maior densidade de população. No caso dos animais de estimação, é muito comum que estes parasitas estejam presentes em animais que vivem em refúgios, abrigos e lojas de animais de estimação. Mas não deves te alarmar muito por este protozoário se o teu cão é um animal forte e saudável. O mais provável é que, se desenvolver a doença, que passe sem complicações nem grandes incômodos.

No entanto, o mesmo não ocorre no caso dos cachorros e animais vulneráveis (cães idosos, animais doentes ou que vivem em péssimas condições). Os quadros clínicos que se apresentam pela giardíase nestes casos devem ser tratados sem demora por um veterinário.

Sintomas da giardia em cães

Nem todos os cães chegam a desenvolver um quadro clínico de giardíase. A melhor forma de diagnosticar esta doença é através de uma análise de fezes. A amostra para a análise deve ser coletada, em muitos casos, ao longo de vários dias, pois nem em todas as deposições são apresentados restos de giardia. Dentre os sintomas palpáveis da giardia em cães, temos:

  • Diarreia, com um grande volume de fezes e mucosidades presentes. Possuem um odor fétido e a cor destas deposições é clara.
  • A diarreia pode ser aguda ou crônica e, em ocasiões, pode conter sangue.
  • Excesso de flatulências.
  • Vômito.
  • Barulhos intestinais.
  • Dor abdominal.
  • Inflamação.
  • Inapetência. O animal pode se negar a comer.
  • Perda de peso, mesmo se o cão estiver a comer.
  • Desidratação.

Caso os sintomas não sejam tratados a tempo, é possível que as sequelas da giardia em cães prevaleçam pelo resto da vida do seu animal de estimação. Por exemplo, o teu cão pode padecer de diarreia crônica ou doença inflamatória intestinal e, inclusive, é possível que seja muito difícil que volte a ganhar peso.

Tratamento da giardia em cães 

Se detetares algum destes sintomas no teu cão, recomendamos que procures imediatamente um veterinário. Uma vez que for diagnosticada a doença, o veterinário irá receitar um antibiótico ou desparasitante para combater a infeção. A administração e a dose de tratamento para a giardia em cães podem variar; depende do tamanho do animal e das condições físicas nas quais se encontre. Lembra-te que não é igual a dose para um cachorro que para um cão adulto.

O medicamento para desparasitar pode ser prescrito por 3 dias, enquanto o antibiótico costuma se prolongar até 2 semanas. Também recomendamos isolar o animal de estimação que tiver sido infetado, caso habite com outros animais na casa, mesmo que sejam de espécies diferentes.

Começa com uma desinfeção a fundo das zonas onde o teu cão tiver estado e lava as mãos com frequência, principalmente depois de manipular as fezes possivelmente infetadas e antes de preparar alimentos. Também aconselhamos oferecer aos animais de estimação água que seja potável e não deixar que bebam água acumulada de chuva e outros dejetos. Assim vais evitar o contágio e a propagação da giardia entre os teus animais de estimação. 

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Cães no Natal: celebra bons momentos junto ao teu melhor amigo!

Gato Peterbald: Conselhos, cuidados e características

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.