Halloween e os nossos animais de estimação

Halloween e os nossos animais de estimação

O dia de Halloween ou o dia das bruxas não está tão de moda em Portugal como nos Estados Unidos, mas de qualquer forma podemos ver nos supermercados os disfarces, decoração e guloseimas próprias desta festa.

É por isso que achamos que seria interessante partilhar contigo alguns conselhos para evitar qualquer dano involuntário nos nossos queridos animais de estimação ou, porque não, também para que participem das comemorações.

Em alguns bairros começaram a organizar rondas para que as crianças passem casa por casa a pedir guloseimas, como acontece na América.  Nestes casos se o teu cão for dócil e amigável pode participar com o seu próprio disfarce. Quando fores comprá-lo, procura que não dificulte a sua visibilidade, que não seja demasiado apertado, nem tenha partes que sobressaiam demais e possam assustá-lo ou ser desconfortável para andar. É conveniente experimentar uns dias antes para que se habitue com a nova peça; se percebes que se estressa ou se sente desconfortável, dá-lhe algo saboroso, retira o disfarce e experimenta novamente no dia seguinte. Quando sair deve ir com a sua coleira e trela para evitar que possa fugir se, por acaso, se assustar com algum barulho estranho.

Com relação às guloseimas, tem cuidado para que o teu animal de estimação não coma nada que não seja apropriado para ele.  Os envoltórios também podem ser perigosos e causar obstruções intestinais. Se quiseres que também tenham os seus doces podes dar-lhes guloseimas para cães, gatos, furões ou a espécie correspondente e evitarás problemas.  O chocolate e o excesso de açúcar ou sal podem ser muito nocivos e até mesmo tóxicos para qualquer animal de estimação.

Este dia pode ser muito estressante para gatos ariscos ou cães muito territoriais. Se moras em um lugar onde as crianças podem chamar à porta várias vezes e tiverem disfarces extravagantes, será conveniente que o teu animal de estimação não tenha acesso à porta. Assim evitarás que possa fugir ou agredir a alguém ao pensar que é uma ameaça.  Se tiveres instalada uma porta para cães ou gatos recomendamos que essa noite fique fechada. Se o teu animal de estimação é demasiado nervoso podes dar flores de Bach desde alguns dias antes.

O último ponto a ter em conta é sobre a decoração.  Os gatos, furões e alguns cães são muito curiosos. Procura esconder muito bem os fios para evitar que os mordam ou tropecem com eles.  Outra decoração que pode ser perigosa são as velas, que poderiam causar um incêndio se caíssem acidentalmente; procura colocá-las em um lugar no qual o teu animal de estimação não tenha acessos. Também são utilizados enfeites e fantasmas nas janelas que se movimentam com o vento.  Observa como reage o teu animal de estimação ante eles; se percebes que se assusta podes mostrar o enfeite quieto e deixá-lo no chão para que o cheire e perceba que não representa nenhuma ameaça e logo mostra-lhe como o penduras.

Se tomares umas poucas precauções todos podem participar das comemorações ou organizar uma festa temática sem medo de que os animais de estimação fiquem estressados ou se magoem. Por tanto, divirtam-se!

 

Deixe um comentário