Natal com gatos: Ainda mais especial!

Com a chegada das festas de Natal, é momento de tirar a decoração e enfeitar a casa, além de receber as visitas de familiares e amigos. Movimentos e experiências que vão despertar a curiosidade do teu gatinho e que, em ocasiões, podem ser stressantes.

Visto que o que queremos é que o teu gatinho aproveite estas datas como mais um membro da família, neste post compartilhamos alguns conselhos para que nenhum elemento decorativo ponha em risco a saúde do teu felino, e para que a presença de convidados não altere o seu estilo de vida.

Gatos e Natal: Conselhos para aproveitar ao máximo

Com a agitação que é preparar tudo para celebrar o Natal, é possível que passem desapercebidos alguns detalhes que, de alguma maneira, podem resultar prejudiciais para o teu gato.

Proporciona um lugar seguro para evitar o stress

A melhor forma de evitar que o teu gato fique nervoso com os estímulos que produzem os enfeites e as visitas que cheguem em casa é proporcionar uma espécie de refúgio onde possa se sentir confortável. Esta zona destinada a satisfazer suas necessidades de espaço pode ser uma cama ou caverna, um tipo de esconderijo que vai servir para se tranquilizar em caso de stress, além de permitir que saia quando quiser.

Outras medidas que deves levar em consideração são preparar adequadamente a sua caixa de areia, a sua ração (que inclusive pode ser específica para combater a ansiedade) e os seus brinquedos, para que assim o teu gatinho tenha consciência de que o seu estilo de vida não foi alterado por mais que a ocasião que se celebra seja excecional.

A Árvore de Natal e os gatos: Escolhe com cuidado a sua decoração 

Um aspeto a ter em consideração na hora de colocar a decoração de Natal é a eleição da Árvore de Natal, assim como onde colocá-la. Isso porque os gatos adoram as alturas, com o risco que estas supõem. Então é recomendado escolher uma Árvore de Natal de tamanho médio ou pequeno que não seja tentadora para escalar. Além disso, é preferível que seja artificial, visto que as folhas de uma árvore natural são mais afiadas e podem magoar o gato enquanto a explora.

Ao escolher onde colocar esta árvore, o importante é garantir que a sua base esteja bem fixa, podes inclusive usar um fio de pesca para segurar a árvore na parede. Evita colocá-la em zonas próximas a móveis dos quais o gato possa pular facilmente.

Na hora de decorá-la, o melhor é optar por enfeites de plástico ou outros materiais que não quebrem ao cair no chão. 

As luzes são outro ponto a se considerar, já que uma vez acesas podem chamar poderosamente a atenção do teu gatinho. Por isso, é aconselhável colocá-las em galhos mais inacessíveis da árvore para evitar que o gato chegue até elas e possa mordê-las, o que poderia causar queimaduras, entre outro tipo de feridas. Lembra que, caso seja necessário, existem repelentes educativos para dissuadi-lo de fazer travessuras.

Por último, não te esqueças de que por mais que tenhas muita vontade de brincar com o teu gato enquanto colocas a decoração de Natal, essa não é a melhor ideia. Ele verá os enfeites como brinquedos e pode ser que não se esqueça disso facilmente. O mais provável é que enquanto estás a colocar as bolas na árvore, ele as jogue no chão. Então não te surpreendas se tiveres que montar a árvore pelo menos uma vez por dia até que o Natal termine ou até que a próprio árvore aguente.

As flores Manhã-de-páscoa não são boa opção 

Se bem estas flores são vistosas para decorar as casas no Natal, é importante destacar que são tóxicas para os gatos, seja pelo mero contato (algo que pode irritar a pele do felino, além de causar problemas oculares) ou por sua ingestão (que vai provocar vômitos, diarreia e letargia, entre outros sintomas).

Caso suspeites que o teu o gato entrou em contato com esta flor ou a tiver comido, deves observar os sintomas, que podem se agravar caso o teu felino sofra uma reação alérgica, o que o deixa vulnerável a sofrer um choque anafilático.

E enquanto procuras um veterinário, deixa que o teu gato vomite se precisar, além disso, deves dar água e inclusive lavar com água tanto a pele quanto os olhos, caso tiverem estado em contato com a flor.

Continua a cuidar da alimentação do teu gato, também no Natal

Lembra que são muitos os alimentos que colocamos na mesa durante o Natal, o que também pode provocar uma intoxicação no teu gatinho.

Entre os alimentos “proibidos” se encontram:

  • Frutos secos: Podem chegar a causar convulsões e problemas neurológicos. De facto, um dos frutos secos mais prejudiciais são as nozes de Macadâmia, que podem causar paralisia.
  • Marisco cru: Pode desencadear a proliferação de parasitas intestinais.
  • Cebola: Contém tiosulfato, um composto que danifica os glóbulos vermelhos e chega a provocar anemia e alterações no sistema respiratório.
  • Ossos: Podem causar feridas e perfuração ao serem engolidos, além de serem um risco de engasgo.
  • Doces: Por exemplo, o chocolate contém substâncias que os animais de estimação não podem metabolizar e nem excretar, por isso se acumulam no sangue. Além de intoxicá-los, pode causar arritmias (entre muitas outras complicações).
  • Lácteos: Aportam um nível de cálcio superior ao que o felino precisa, o que pode causar problemas no seu organismo.
  • Álcool: Por acidente, o teu gato pode se intoxicar com uma bebida que pode causar desde convulsões até o coma, ou a própria morte.

Mantém a alimentação habitual do teu gato durante o Natal para satisfazer as suas necessidades nutricionais, e não esqueças que em Tiendanimal podes encontrar uma ampla gama de rações e de comidas húmidas que vão deleitar o paladar do teu gatinho.

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Como tirar as pulgas de um gato?

Desmame de gatos: Com qual idade deixam de amamentar?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.