Nutrição de agapornis e outros psitacídeos pequenos

Nutrição de agapornis e outros psitacídeos pequenos

Estás à procura de informação sobre como alimentar os teus agapornis? Neste post encontrará alguns conselhos valiosos sobre a nutrição destas simpáticas aves de companhia, que ajudar-te-ão a ser um criador experto!

1. A dieta básica dos agapornis

Os agapornis têm um bico curvo e forte que lhes permite alimentar-se de frutos secos e sementes, mas também devem ser incluídos outros ingredientes na sua dieta para que não faltem vitaminas e outros nutrientes importantes. Para manterem-se saudáveis, os agapornis devem receber todos os dias uma ração de vegetais frescos com sementes. Cada dia terás que oferecer ao teu agapornis uma mistura de sementes que contenham milhete preto e branco, linhaça, ervilhas e aveia. É comum também adicionar uma mistura para periquitos ou canários, mas podes comprá-las por separado e preparar a tua própria mistura. Esta comida não se estraga e podes deixar sempre um pouco no comedouro.

2. Alimentos complementários para agapornis

É conveniente adicionar algum tipo de suplemento nutricional para agapornis para garantir a presença de aminoácidos e outros microcomponentes na dieta. Também podes conseguir alimento para psitacídeos pequenos em forma de pellets. Algumas aves não os aceitam bem, mas têm a vantagem de que não podem separar as sementes que mais gostam, desperdiçando o resto. Além disso, proporcionam uma nutrição completa. É difícil saber se são de boa qualidade ou não, de modo que muitos criadores os recomendam como suplemento de outros alimentos, especialmente na época de criação, e não como dieta de base.

A porção fresca de alimento administra-se todos os dias ou pelo menos 3 a 4 vezes por semana. Pode incluir os seguintes vegetais: beterraba, pimentos verdes ou vermelhos, brócolos, flores de dente-de-leão, trevos, milho em grão ou em espiga, grão-de-bico, banana, maçã, feijão, aipo, vagem, repolho, cenouras, salsa, espinafres e muitas outras frutas e verduras de temporada. Os brotos de grão e sementes são uma excelente fonte de proteínas e os agapornis os comem com gosto.

É muito fácil preparar os teus próprios brotos de milhete ou de qualquer outro cereal; simplesmente deixa as sementes alguns dias num bote de vidro com tampa e rocia um pouco de água. É necessário abrir a tampa um minuto todos os dias para ventilar. Quando observares que aparecem algumas folhinhas verdes, já estão prontos para comer; se não brotarem possivelmente as sementes estão velhas demais. Utiliza mais verduras que frutas, já que estas têm um alto conteúdo de açúcar e não se devem dar em grande quantidade. No final do dia retira todo o alimento fresco que não tenha consumido para evitar que se estrague e contamine a jaula do teu agapornis.

Deves evitar sempre os alimentos que são tóxicos e podem magoar o nosso agapornis, como as sementes de maçã, abacate e as folhas de ruibarbo. A alface não é tóxica, mas tampouco aporta nutrientes importantes. Recorda lavar bem todos os vegetas para eliminar qualquer reto de pesticida que pudesse fazer mal às aves. Tem muito cuidado se utilizares frigideiras de teflon no ambiente onde se encontra a gaiola, pois quando são aquecidas emanam vapores tóxicos que poderiam matar um pássaro pequeno.

3. Snacks e prémios para agapornis

De vez em quando podes dar algum alimento extra a modo de prémio, como um pedacinho de pão integral ou arroz integral cozido. Evita acostumar o teu agapornis a consumir alimentos que contenham muita gordura, sal ou açúcar, como biscoitos, tortas ou batata frita, mas um snack de vez em quando não faz mal nenhum. Tampouco deves dar-lhe bebidas como café, chá, refrescos ou chocolate e muito menos bebidas alcóolicas. Sempre é melhor manter a dieta o mais natural possível, sem alimentos refinados ou submetidos a processos industriais, isto vale para ti também!

Aproveita a comida para amansar um agapornis jovem. Oferece comida para agapornis diretamente da tua mão, assim conseguirás ganhar a sua confiança e acostumá-lo com a presença das pessoas perto da gaiola. Alimentá-los da mão também contribui para que sejam menos ruidosos que os seus congéneres criados pelos seus pais. Uma dieta natural pode levar mais tempo e esforço que dar apenas sementes ao teu agapornis, mas valerá a pena, pois estarão felizes, saudáveis e a sua esperança de vida será maior.

Recorda que em TiendAnimal temos todos os produtos necessários para a alimentação dos agapornis. Desde a melhor comida para agapornis até os snacks mais deliciosos e os suplementos vitamínicos que farão com que a tua ave de companhia cresça saudável e feliz.

 

Todos os nossos artigos sobre nutrição aqui.

 

Deixe um comentário