O Corgi

De certeza que já viste nas redes este pequeno cão com cara de raposa, patinhas curtas e corpo robusto. O corgi, sem dúvida alguma, deixa todo mundo apaixonado, é amor à primeira vista.

Sabias que o seu nome provém de gales e que significa cão anão? Mas não te deixes enganar pelo seu aspeto já que esta raça, apesar de que pode parecer tranquila e pouco ativa, é tudo o contrário.

Quais são as principais características do corgi?

Além das suas características físicas que podem ser vistas à simples vista, nos encontramos com uma raça muito brincalhona e ativa que adoram o exercício físicas.

São excelentes cães para realizar exercício de Agility ou qualquer tipo de competição canina, já que aprendem muito rápido os comandos e as suas medidas oferecem uma grande agilidade.

A sua altura ronda os 15-30 centímetros e têm um peso que oscila entre 10 e 25 kilos nos exemplares de maior envergadura.

Com relação ao seu caráter, conservam nos seus genes as suas raízes de pastor e guardião, portanto tentarão defender-te em todo o momento; isso não significa que não sejam cães sociáveis, mas que tendem a ser um pouco tímidos e reservados com os desconhecidos.

Quais cuidados básicos precisa?

Trata-se de uma raça que possui uma pelagem densa de várias camadas que precisa de um par de escovagens semanais no mínimo para manter o pelo saudável e brilhante.

Além do mais, será suficiente com dar banho uma vez por mês, aproximadamente, mas poderia ser a cada dois meses ou três na época mais fria do ano.

Não podemos esquecer que precisam estímulos não só físicos, mas também mentais para evitar o tédio; agradecerão enormemente sessões de treinos e longos passeios para que possam descarregar a sua energia sobrante.

Com relação à sua saúde, todos os corgi sofrem de nanismo; isso produz com a passagem do tempo doenças como artrose, problemas na coluna vertebral e nas suas articulações.


Costuma dizer-se que são cães bastante “conversadores”, isto é, que costumam ladrar e vocalizar em excesso; isto deve-se, assim como o seu instinto protetor e guardião, aos seus antepassados pastores. É importante ter esta característica em conta, já que devemos ter bastante paciência com eles e dedicar o tempo necessário para a sua educação e socialização desde cachorros. Recomendamos que consultes este outro artigo sobre cães que pedem atenção com ladridos.

Diante qualquer dúvida sempre podes acudir a um veterinário ou etólogo para te assessorar sobre as técnicas de educação adequadas à raças ou qualquer dúvida que possa surgir antes ou depois de incorporar o novo membro na família.

« Anterior

O Degu, Como cuidar dele?

Miíase

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.