O que preciso para cuidar do meu furão bebé? Parte I

Os furões bebés são criaturas adoráveis, quase irresistíveis quando os vês na loja. Se estás decidido a levar um destes animais de estimação para a tua casa, dar-te-emos alguns conselhos importantes para que o cries sem problemas e para que possas saber a quais dificuldades te enfrentas.

Os bebés nascem com os olhos fechados e praticamente sem pelo. São muito pequenos e dedicam quase o tempo todo a mamar, dormir e crescer. Aproximadamente aos 20 dias começam a abrir os olhos e já têm a pelagem com a cor que conservarão de adultos. Geralmente desmamam-se às 6 semanas, quando começam a alimentar-se igual que os adultos, recomenda-se que fiquem com a sua mãe e irmãos até as 7 ou 8 semanas de vida.

Alimentação: estes pequenos carnívoros têm um crescimento muito rápido e um intestino muito curto, por tanto precisam uma dieta com alto conteúdo de gordura (20%) e proteínas (35% ou mais) e uma reduzida quantidade de hidratos de carbono. Até pouco tempo atrás recomendava-se alimentá-los com ração para gatinhos, pois não havia disponível dietas específicas para eles, mas atualmente contamos com boas rações para furões. Quando adquiras o teu furão, procura saber qual alimento recebia para continuar com o mesmo alguns dias e logo realizar a mudança de maneira gradual se for necessário. No início é melhor humedecer a ração com água morna para que fique mais macia e atrativa para os pequenos. Deves ter em conta que os furões ingerem pequenas quantidades de comida várias vezes ao longo do dia, por tanto sempre tens de deixar algo de alimento no seu prato. Também deve contar com água fresca o dia todo. Podes colocá-la num pratinho, mas as garrafas com bico são mais higiênicas. Se utilizares um prato procura um que possa fixar-se às grades da jaula a uma determinada altura, para evitar que o vire ou se coloque dentro dele.

Alojamento: todos os furões precisam de uma gaiola. Mesmo que deixes que ficar solto pela casa, há momentos do dia que será necessário que fique confinado em um lugar seguro. Deves buscar uma jaula que tenha bastante espácio (irá depender de quanto tempo ele passa dentro dela). Enquanto for pequeno, convém que não tenha vários andares para evitar que se magoe. Podes comprar a que será definitiva e bloquear a passagem para os andares superiores durante alguns meses, assim não terás de gastar em 2 gaiolas. Pensa que com 4 meses já será quase igual a um adulto. É muito importante que a distância entre as grades seja adequada para que não possa pôr a cabeça entre elas e ficar preso ou que consiga fugir. Recomenda-se que a gaiola tenha uma porta grande para que possas ter acesso rápido ao teu animal de estimação e também para que seja fácil de limpar, pois terás que fazê-lo muito seguido. É melhor que o solo seja sólido e não de grades para que as suas patinhas não fiquem presas entre elas.

Decoração: os furões são animais muito inquietos e curiosos, por tanto precisam de um ambiente cheio de brinquedos seguros, redes, cavernas, sacos de dormir, túneis, etc.  Existe uma grande variedade de acessórios disponíveis que podes comprar ou fazer tu mesmo se fores criativo e tens tempo. Também precisarás material para o leito, que podem ser pellets de material absorvente, uma toalha, pedaços de papel rasgado, etc. Não uses pedrinhas para gatos, porque os furões são capazes de ingerir as coisas mais estranhas, e pode fazer com que sofram obstruções intestinais.

Bandeja sanitária: precisarás de bandeja para ensinar ao teu animal de estimação onde fazer as suas necessidades. Procura uma que se se segure às grades da jaula se não queres encontrá-la virada no chão quando chegares a casa.

Não deixes de ler a segunda parte deste artigo, na qual falaremos sobre vacinas, castração, higiene e educação do teu pequeno furão.

Dra. Isabel Iglesias

Artigos relacionados:

Dá uma olhadela a todos os nossos artigos de furões e aprende muito mais sobre as necessidades e os cuidados deste simpático animal.

« Anterior

O que tenho de guardar na mala para ir de férias com o meu cão

Quais fatores devo ter em conta na hora de adotar um cão?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.