Os coelhos e o verão. Como protegê-los do calor

O verão é uma época do ano nas que as condições são favoráveis para a proliferação de bactérias e insetos que podem afetar os nossos animais de estimação. O calor pode ser também um problema em si mesmo quando a temperatura e a humidade sobem demasiado.

Os coelhos têm um manto de pelo do qual não se podem desprender quando está calor, de forma que precisam de ajuda para se manterem frescos e evitar problemas. Por cima dos 33ºC, especialmente se há muita humidade, pode acontecer um golpe de calor com consequências severas para a saúde do animal. Se o ambiente onde estiver a gaiola é fresco não terás problemas, mas vamos dar-te alguns conselhos, caso precises de ajuda.

Um recurso económico e efetivo é congelar água numa garrafa de plástico e pô-la na gaiola para o coelho se deitar perto dela, se quiser. Podes também colocar algumas pedras de gelo na água para ela não aquecer. Num momento de calor extremo podes até pulverizar o corpo do animal com água, especialmente as orelhas, que é uma superfície de onde é possível eliminar muito o calor corporal. Outra forma de refrescar o ambiente é usar uma ventoinha, mas sem apontar diretamente para o corpo. Tem de fazer circular ar perto da gaiola ou numa das extremidades.

Os sinais de que o teu coelho está a sofrer calor são letargia, pouca atividade e respiração ofegante. No caso de se produzir um golpe de calor apresenta-se desidratação, falta de resposta a estímulos e, nos casos mais graves, descoordenação e até convulsões. Se encontrares o teu coelho ou qualquer outro animal nesse estado, molha todo o corpo com água fresca (não demasiado fria) e vai com ele imediatamente ao veterinário para lhe administrar fluidos IV e corticoides, além de o que considere necessário.

Assim que começarem os primeiros calores, começam a proliferar as pulgas. Se tens um cão que vai passear à rua ou um gato que perambula livremente, é muito possível que tragam alguns destes incômodos insetos até o teu coelho. A melhor forma de prevenir é aplicar uma pipeta contra pulgas regularmente aos animais de estimação que saem de casa. Se o teu coelho tem uma infestação de pulgas importante, podes usar também uma pipeta ou usar talco anti-pulgas. No geral, os produtos usados em gatinhos são seguros também para os coelhos (Advatage), mas se apenas tem algumas pulgas, o mais seguro é passar um pente fino para eliminá-las e não aplicar nenhum produto químico. É também recomendável usar um limpador de chão bactericida e inseticida para limpar a gaiola, mas só se é apto para ser usado perto de um coelho. Recorda que as pulgas se alimentam sobre o animal, mas a maioria dos seus ovos e larvas encontram-se no ambiente.

Um aspeto que não deves descuidar durante o verão é a higiene da gaiola. Qualquer resto de comida ou resíduos decompõe-se rapidamente e cria um foco de bactérias que poderiam adoecer o teu coelho. Por outro lado, este material atrai moscas, entre elas as que depositam as larvas sobre o corpo do animal para se alimentarem diretamente da carne. Tenta manter o ambiente livre de moscas e a gaiola bem limpa. É importante que a alimentação tenha suficiente feno para evitar transtornos digestivos nesta época, já que uma cauda húmida por diarreia irá atrair também as moscas.

Por último, recorda cuidar o teu animal de estimação do sol, especialmente se é branco. As partes descobertas de pelo, como as bordas das pálpebras, lábios e nariz podem sofrer queimaduras se são expostas ao sol nas horas do meio-dia. A melhor prevenção é não deixar o animal no jardim durante as horas perigosas (aproximadamente das 11 às 16 h, segundo a zona e a época), que são também as mais calorosas.


« Anterior

A história do Norueguês da Floresta

Os melhores produtos para o teu cachorro

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.