Ponto branco: uma doença muito comum no aquário

Se fores amante dos peixes, certamente já terás ouvido falar sobre uma doença conhecida como “ponto branco”. Com este post queremos ajudar-te a conhecer melhor essa doença tão comum nos peixes, para que aprendas a identificá-la o quanto antes e possas tomar as providências necessárias. 

1. O que é a doença do ponto branco?

O ponto branco é uma doença provocada por um protozoário conhecido como Ichthyophthirius multifilis. Trata-se duma das patologias mais comuns nos aquários, por isso conhecê-la é crucial na hora de prevenir o contágio ou tratar os sintomas. Os microrganismos que causam essa doença estão tão espalhados que todos os peixes de aquário já entraram em contato com eles pelo menos uma vez na vida. No entanto, os únicos peixes que adoecem em contato com o Ichthyophthirius multifilis são aqueles que não contam com boas defesas devido a uma má alimentação, stress, pouco espaço ou má qualidade da água. 

2. Quais são os sintomas do ponto branco?

Os sintomas são muito característicos já que à simples vista podem ser observados pequenos pontos brancos sobre o corpo dos peixes, especialmente nas brânquias. Além disso, os peixes contagiados ficam nervosos e nadam rapidamente tentando se livrar do incômodo no seus corpos. Quando a doença avança, os peixes ficam cada vez mais irritados e podem começar a esfregar-se contra os objetos, as paredes ou o cascalho do aquário para aliviar as comichões. Finalmente, podem ter dificuldades respiratórias, falta de apetite e até chegar a morrer. 

3. Como evolui a doença do ponto branco?

É recomendável conhecer um pouco do ciclo do parasita para poder iniciar um tratamento efetivo. O protozoário adere-se à pele do peixe, que forma uma capa inflamatória grossa ao redor do mesmo numa tentativa de isolá-lo. Este encapsulamento faz com que os medicamentos não alcancem bem o parasita nessa etapa. Depois o protozoário amadurece, se solta e cai no fundo do aquário, onde se multiplica por centenas dentro de um quisto (trophon). Essa multiplicação é muito mais rápida em presença de temperaturas altas (em torno a 23 ºC), mas fica mais lenta se a água arrefece. Quando o trophon está pronto, ele abre e deixa sair centenas de novos parasitas, que nadam ativamente à procura do peixe para se aderir. Esta etapa é a mais sensível ao tratamento. Dependendo da temperatura da água, o ciclo completo pode durar de 4 dias a várias semanas

4. Tratamento do ponto branco

O procedimento mais lógico é elevar a temperatura do aquário a uns 27 ºC para acelerar o ciclo vital do parasita. A seguir, podes aplicar os medicamentos apropriados para eliminar os protozoários. Os mais usados são a formalina e o verde de malaquita durante uns 7 dias, mas há muitos outros igualmente eficazes. Segue atentamente as instruções de cada produto para evitar intoxicações e dá aos peixes um alimento de boa qualidade para fortalecê-los. Ao usar medicamentos, deves retirar o carvão do filtro e desligar filtros UV. Lembra-te também de aumentar a quantidade de oxigênio quando subires a temperatura da água. 

Outra opção é retirar todos os peixes do aquário, elevar a temperatura a 30 ºC e deixar passar uns 4 dias para garantir que todos os protozoários tenham morrido. Nesse caso, deves aplicar o tratamento ou trocar a água toda depois de 2 dias no tanque no qual os peixes foram trasladados para não reintroduzir a doença. 

5. Como prevenir o ponto branco?

A forma mais efetiva de evitar o ponto branco é a prevenção, tendo um cuidado extremo ao introduzir peixes novos no aquário. Todo novo habitante deve ficar num tanque de quarentena a temperatura alta (25ºC) durante pelo menos 2 semanas. Evita as plantas que vêm dum aquário com peixes sem uma quarentena de 4 dias. Cuida especialmente da qualidade da água, não faças mudanças bruscas de temperatura, pH ou níveis de amoníaco. Usa sempre uma comida para peixes de boa qualidade, com ração, alimento congelado ou seco e vitaminas. 

Lembra-te de que na TiendAnimal temos tudo o que precisas para manter a saúde dos teus peixes em perfeitas condições. Desde a alimentação para peixes mais nutritiva a todo tipo de acessórios e produtos para garantir uma higiene ideal no teu aquário.

Queres saber mais sobre o aquário, a sua decoração e o cuidado dos peixes? Dá uma olhadela em todos os nossos artigos.

« Anterior

Quando é que pode sair um cachorro à rua?

Iluminação no aquário

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.