Porque vomita o meu gato?

Não é normal que o teu gato vomite de forma habitual

Se convives com um ou vários gatos, de certeza alguma vez encontraste restos de comida e ficaste preocupado pela sua saúde. Neste artigo vamos ajudar-te a detetar as possíveis causas pelas quais o teu gato vomita, assim como o que podes fazer para evitar que aconteça novamente.

Alimentas o teu gato de forma adequada? 

A boa alimentação é essencial

Em primeiro lugar, devemos dizer que os gatos são animais muito sensíveis quando da sua comida se trata. É necessário que o seu alimento seja de um correto valor biológico e evitar o excesso de ingredientes que possam gerar digestões pesadas. Além disso, é importante controlar o nível de cereais da dieta, pois poderiam ocasionar intolerâncias alimentares.

Além do mais, deverias variar a fonte de proteína na sua dieta, para evitar que se habitue sempre a comer a mesma, pois isto também poderia originar vômitos. Por exemplo, podes mudar do frango ou peru para o salmão, de tempos em tempos.

Na Tiendanimal encontrarás a melhor ração para o teu gato. Para escolher a mais adequada deves seguir os seguintes pontos: 

  1. Idade. 
  2. Estado fisiológico (esterilizado/castrado ou não).
  3. Necessidades específicas, no caso de padecer alguma patologia. 
  4. Intolerância ou alergia a certos componente. 

O teu gato come com ansiedade e quase não mastiga a ração? 

A voracidade nos gatos pode ser um problema e predispor ao vômito

Deves detetar as causas pelas quais o teu gato vomita. Especificamente o problema da ansiedade, acontece em muitos gatos. Quando chega a hora da comida agem como se não houvesse amanhã, engolem tudo em poucos segundos. Se for o caso do teu felino, isto poderia ser o que está a ocasionar refluxo, e verás o teu gato expulsar a comida sem a digerir.

É frequente em casas onde há vários gatos, pois não querem ficar sem a sua comida, e inclusive querem comer o seu prato e partir para os dos seus companheiros felinos. 

Para acabar com esse costume, o nosso conselho é separá-los em vários quartos, assim não se verão e não terão esse medo de ficar sem a sua comida. Além disso, nada melhor que um comedouro anti voracidade deste género:

O teu gato vomita antes das comidas? 

Acontece principalmente se não tens uns horários bem estabelecidos para a comida. Se alguma vez tiveres saído da sua faixa horária, é possível que o teu gato tenha vomitado por este motivo. 

O que acontece é que a pré-digestão pode ter se ativado (os sucos gástricos) e ter originado um pequeno vómito, como método de proteção, contra os ácidos gerados no seu estômago. 

Ora bem, nestes casos o nosso conselho é dar, por exemplo, um snack ou um “tira-gosto” antes do seu alimento final. Desta forma a irritação gastrointestinal diminuirá e verás como o teu gato não vomita mais. 

As famosas bolas de pelo 

A muda de pelo nos gato é algo que todo proprietário deve ter em conta durante o ano todo.  É importante escovar o teu gato 3-4 vezes por semana se o pelo for curto, e todos os dias se tiver pelo longo, pois se o pelo morto se acumular, com a sua higiene pessoal constante, pode acabar no seu estômago e ao não ser bem digerido, fazer com que o teu gato vomite. 

Utiliza escovas e luvas como estas: 

Também é muito recomendável o uso de malte:

Problemas no pâncreas  

A importância das visitas ao Veterinário/a 

Outra das causas que pode provocar vómitos é um incorreto funcionamento do pâncreas, ou qualquer patologia relacionada com este importante órgão. 

Deves saber que o pâncreas é o encarregado de produzir as enzimas que ajudarão a digerir os alimentos, assim como a sua absorção por parte da mucosa do intestino. 

É essencial que acudas ao teu veterinário/a de confiança para que possa observar o teu gato e realizar um exame de sangue completo e uma ecografia abdominal. Nada melhor do que ter a certeza de que o teu melhor amigo está em perfeito estado!  

O abuso das guloseimas 

Já sabemos que resulta irresistível não dar prémios, mas sempre deve ser feito com moderação. Estes bichinhos não têm controlo e podem comer até explodir!

É importante escolher sempre os melhores snacks e observa muito bem a sua composição para oferecer sempre aqueles da melhor qualidade. Em ocasiões, não se tem demasiada atenção e podemos estar a dar ao nosso animal de estimação produtos com demasiados aditivos e aromatizantes, que a longo prazo podem ser prejudiciais.

Com tudo o que já sabes sobre este tema, tens as ferramentas básicas para cuidar da saúde do teu gato e proporcionar uma vida longeva e saudável.

Se tiveres gostado deste artigo não te esqueças de partilhar com os teus amigos amantes dos animais de companhia. E se quiseres saber mais sobre os animais, como por exemplo como cuidar do pelo do teu gato persa, visita o nosso blog.

Licenciada em Veterinária pela Faculdade de Córdoba em 2014.

Desde sempre tenho estado envolvida em todo o tipo de atividades com animais e os meus animais de estimação são a minha paixão.

Muito consciente com o meio ambiente e a natureza. Acredito que entre todos, podemos conseguir um mundo melhor, e graças à Tiendanimal posso contribuir para isso.

« Anterior

Como conseguir que o teu gato durma de noite?

A alimentação do teu cão durante o confinamento

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.