Preparação dos canários para a criação

Preparação dos canários para a criação

Os verdadeiros especialistas na arte de criação de canários sabem antecipar-se à época do cio com os preparativos necessários para que, tanto machos como fêmeas, cheguem nas condições ótimas no momento chave do ano.

Em Portugal, a temporada de criação começa a meados de março com a primavera, contudo existem variações segundo as particularidades do clima em cada região. Com este post aprenderás tudo o necessário para preparar os teus casais de canário para a temporada de criação.

1. Escolha do casal de canários

Uma fêmea de canário bem alimentada e com bons cuidados pode reproduzir-se até os 4 anos de idade. Após esse período começa a diminuir a sua capacidade reprodutiva e pode ficar muito debilitada se tiver mais crias. Os machos, contudo, podem reproduzir-se durante mais alguns anos. Alguns casais de canários não conseguem se reproduzir, apesar de receber os cuidados adequados, seja porque não são compatíveis, ou por algum problema de saúde. É recomendável que pelo menos uma das aves tenha experiência de criação no momento de unir um novo casal.

2. Preparação do macho de canário

Resulta conveniente preparar o macho umas 6 semanas antes da temporada de criação. Se tens muitos canários, separa os machos em jaulas individuais e oferece uma comida para canários rica em proteínas e adiciona frutas frescas e alimento para canto. Também são recomendáveis as vitaminas e o pólen de abelha, que são complementos excelentes. Para aumentar o conteúdo de proteínas na dieta, podes incluir gradualmente brotos de sementes. À medida que a temporada de criação se aproxima, os machos de canário mostram-se mais vigorosos e cantam procurando estimular às fêmeas. Habitualmente, é um canto mais forte e áspero acompanhado por uma espécie de dança, com as asas para abaixo. Se o macho não começa o cortejo, pode acontecer que a fêmea não entre no cio.

3. Preparação da fêmea de canário

Por outro lago, as fêmeas de canário começam a preparar o ninho recoletando os materiais que encontram no seu entorno. Quando estiverem realmente prontas, as suas cloacas incham-se e ficam avermelhadas. Além do mais, agacham-se e levantam a cauda quando o macho se aproxima ou canta. Se apenas tens um casal de canários, podes fazer estes preparativos com as duas aves juntas na mesma gaiola, sempre e quando não se magoem. A fêmea também precisa de uma alimentação alta em proteínas e muito espaço para voar e fortalecer os seus músculos para enfrentar a enorme tarefa de pôr ovos e criar os pintainhos.

4. Preparação da gaiola de criação para canários

O mais conveniente é dispor de uma gaiola especial para a criação de canários que conte com uma separação vertical. Desta maneira, o casal poderá se conhecer durante a preparação da temporada de criação. Devemos colocá-la em um lugar tranquilo, afastado das correntezas de ar frio, os ruídos e a passagem frequente de pessoas ou animais. Não é recomendável trocar a jaula de lugar durante a preparação do casal.

As condições de higiene da gaiola devem ser sempre ótimas. Durante a época de criação devemos ser ainda mais minuciosos com a limpeza, já que boa parte do êxito dependerá da saúde do casal de canários. É muito importante revisar a estabilidade dos poleiros para gaiolas, assim como contar com o ninho adequado e um bom material para que a fêmea possa preparar o leito.

4. O momento do primeiro encontro

O fator mais importante para definir o começo da temporada de criação é a quantidade de horas de luz por dia. Se fores um criador aficionado podes deixar que natureza se encarregue disto, mas se manténs as tuas aves com iluminação artificial deverás aumentar gradualmente as horas de luz. Começa com 10 horas no final do inverno e incrementam em 15 minutos a cada semana até chegar a 13 horas diárias em aproximadamente 3 meses.

O melhor é juntar os casais de canários retirando a separação vertical quando ambos se demostrem prontos para o acasalamento. Se tentamos que comecem a criação antes de tempo, pode acontecer que coloquem poucos ovos ou que estes sejam inférteis. Uma vez que os canários comecem a acasalar, devemos vigiar que o comportamento do macho não seja agressivo demais. Se este começar a bicar ferozmente a fêmeas devemos separá-los novamente e tentar mais tarde. O habitual é que os dois membros do casal se mostrem recetivos, de maneira que a partir desse momento apenas temos de preocupar-nos de manter a gaiola limpa, proporcionar os alimentos necessários e deixar que a natureza siga o seu curso!

Em TiendAnimal encontrarás tudo o necessário para preparar a temporada de criação de canários. Desde as melhores gaiolas para pássaros até a comida para canários mais nutritiva, assim como todo tipo de acessórios, complementos vitamínicos, ninhos e materiais para leitos.

 

Deixe um comentário