Tipos e características dos canários de cor

Tipos e características dos canários de cor

O canário, além de destacar pelo canto, chama a atenção também pela cor atraente, que pode variar em função de duas substâncias: melanina e lipocromo.

Por este motivo, é possível classificar estas pequenas aves em melânicos (ágata, preto, bromo, verde e isabel) e lipocromos (branco, amarelo e vermelho). Por sua vez, dentro destes tipos, existe uma grande variedade de espécies. Há muitíssimos tipos de plumagem para escolher!

Canários de cor melânicos

A melanina é o pigmento de cor escuro (preto ou castanho escuro) que proporciona diferentes cores numa mesma plumagem. Pode ser eumelanina preta, eumelanina castanha e feomelanina. Dependendo de se o canário é intenso (atinge toda a pena), nevado (os extremos das penas ficam sem pigmento) ou mosaico (o macho e a fêmea são diferentes), as cores vão ter uma presença diferente na plumagem.

Canários de cor lipocromos

Os canários lipocromos são os que não têm definida uma estrutura melânica. Por isso, o fenótipo tem uma cor base (branca, amarela ou vermelha), sem pigmentos de outras cores. Da mesma forma que os melânicos, a intensidade da cor na plumagem vai depender de se forem intensos, nevados ou mosaicos.

E tu? Que tipo de canário tens? Qual é a cor da que mais gostas para o teu animal de estimação? Conta-nos se gostas mais dos canários melânicos ou dos lipocromos.

Deixe um comentário