Viajar com animais de estimação: como deslocar-se de carro de forma segura

Viajar com animais de estimação: como deslocar-se de carro de forma segura

Atualmente, há muitas famílias, incluídos os animais de estimação, que se deslocam de carro. Como amantes dos nossos animais, gostamos da sua companhia em qualquer momento e por isso queremos oferecer alguns conselhos para podermos viajar de carro com animais.

Se quiserem viajar de carro durante as férias com o vosso cão, gato, furão ou o animal de estimação que tiverem, há algumas coisas que devem ser tidas em conta.

Lei de Segurança Rodoviária

Em Portugal existe uma legislação que refere o transporte de animais de companhia que exige a adequada colocação dos objetos ou animais transportados no carro para que não haja interferências entre o condutor e qualquer um deles. Não especifica quais são as formas autorizadas de sujeição nem diz qual lugar devem ocupar os animais dentro da viatura, mas sim estabelece sanções de até 100 euros de multa.

Os relatórios indicam que 51% dos condutores sofreram alguma situação de risco provocada por animais. Estas situações podem produzir-se porque o animal dentro do carro incomoda ou distrai o condutor ou por animais soltos na estrada.

É muito importante compreender que no caso de um acidente ou uma travagem brusca a 50 km/h, os objetos soltos dentro do carro saltam e batem com uma força equivalente a 35 vezes o seu peso. Isto quer dizer que um cão de 20 kg sem sujeição pode impactar sobre os apoios de cabeça dianteiros com uma força de mais de 500 kg, podendo provocar lesões nas pessoas, além de si mesmo. Este risco é reduzido notavelmente adotando medidas de sujeição adequadas para os nossos animais de estimação.

Acessórios carro: sistemas de sujeição

Os crach tests realizados na Alemanha avaliaram a eficácia dos sistemas de sujeição disponíveis para animais de estimação, encontrando que há vários sistemas bons por menos de 30 euros. A forma mais segura de viajar para os animais pequenos e passageiros é levá-los dentro de uma caixa de transporte colocada no chão atrás dos bancos dianteiros ou na bagageira nos carros turismo ou carrinha.

Caixa de transporte para cão Vari Kennel COMPRO!

Caixa de transporte para cães especial carro TK-Pet Robustus COMPRO!

Os sistemas de peitoral sujeito ao cinto de segurança são seguros quando têm 2 pontos de fixação. O ponto frágil costuma ser os mosquetões, que não resistem o peso de um cão de 20 kg num acidente a 50 km/h. O cinto do carro fica solto e permite uma deslocação de 40 cm; desta forma diminuem, mas não evitam por completo as lesões no animal. Os peitorais e complementos para o cinto de segurança são muito úteis para evitar que o animal se mexa dentro do carro e incomode o condutor.

As barreiras separadoras firmes para separar a parte traseira do carro também resultaram efetivas para o transporte de cães grandes. Funcionam bem também as caixas de transporte rígidas para cães na bagageira para estes casos. Estes devem ser colocados com o lado apoiado no encosto do banco traseiro para diminuir os danos no cão e passageiros.

Outras considerações para viajar seguro com o teu animal de estimação

O dono de um animal de estimação é também responsável de que o animal não provoque nem sofra acidentes quando se detêm na estrada ou quando está a circular pela via pública. Deve estar sujeito com coleira e trela e sob vigilância sempre para evitar que fuja ou se cruze no caminho de outra viatura. Se cumprires com este requisito, não só vais evitar multas, mas que, além disso, cuidarás a integridade física do teu animal de estimação.

Deixe um comentário