Alimentação do hamster

Alimentação do hamster

Se tens um hamster, terás notado que ele gosta muito de comer e sempre dá uma voltinha pelo seu prato para ver o que encontra. Esses animais de estimação são em geral muito saudáveis e desenvolvem poucas doenças; com uma jaula adequada, uma boa higiene e uma alimentação completa, quase não terás que levá-lo ao veterinário.

Apesar de serem animais noturnos, eles não dormem o dia todo. Está comprovado que eles se levantam a cada 2 ou 3 horas para procurar algum aperitivo, de forma que é bom que tenham sempre um pouco de alimento à sua disposição. Isso ocorre assim também na natureza, já que apesar de saírem das suas tocas para pastar durante a noite, de dia comem sementes, frutas e outros alimentos que tenham colhido e levado ao seu lar nas suas andanças noturnas. Se fores passar o dia inteiro fora de casa, procura deixar um punhado de sementes no pratinho antes de ir embora.

Com relação à quantidade na alimentação do hamster, eles podem comer tudo o que quiserem, mas controla sempre o seu peso porque alguns têm tendência a engordar e tornam-se sedentários. Como guia geral, cada um come aproximadamente uma colher de mix ao dia mais uma porção de frutas e verduras frescas. Apesar da sua diferença de tamanho, na alimentação dos hamsters dourados e na dos anões, a quantidade é a mesma. Isso se deve ao fato de que os pequenos têm um metabolismo mais acelerado e consumem uma grande quantidade de energia. Essa quantidade é só um guia, se o teu hamster precisar, podes dar-lhe mais. Tem em conta que normalmente eles não comem todas as sementes que lhes dás, eles escolhem somente as de que mais gostam e deixam o resto.

Como deve ser a alimentação do hamster?

Existem muitas misturas de sementes no mercado para a alimentação do hamster. Qualquer uma dessas que for de um fabricante reconhecido é um bom ponto de partida para a dieta do teu animal de estimação. No entanto, não deves esquecer de lhe dar a sua porção de comida fresca todos os dias ou pelo menos 2 ou 3 vezes por semana, mas sem exagerar. Um pouco de relva, trevos ou cenouras é suficiente para cobrir a quota diária. Eles também gostam das folhas e talos de beterraba, aipo, acelga, espinafre, maçãs, etc. Sempre é bom provar primeiro com pequenas quantidades e não abusar das verduras de folha nem dos cítricos na alimentação do hamster porque podem provocar diarreia. Para incrementar a quantidade de proteínas nos mix de sementes, podes adicionar croquetes para gatos ou biscoitos para cães. Estes biscoitos além de conter nutrientes, são muito bons para desgastar os dentes, pois são bastante duros.

Guloseima para hamster

Além da alimentação de base, os roedores gostam muito de alguma guloseima de vez em quando. Para isso, a melhor escolha é usar alimentos que sejam nutritivos e não somente saborosos. Alguns exemplos dessas delícias de boa qualidade são:

  • Ovos: os ovos duros são um manjar para eles e servem como uma excelente fonte de proteínas na alimentação do hamster. São especialmente necessários para fêmeas gestantes e jovens em crescimento. No entanto, só se devem dar de vez em quando e tudo o que não for comido em até 24h deve ser retirado para evitar que entre em decomposição.
  • Óleo de peixe: é uma fonte de vitaminas A e D, e com umas gotas sobre as sementes uma vez por semana será suficiente. Pode-se substituir com ração para cachorros ou gatinhos que o tenham como ingrediente.
  • Carne: pequenas porções de carne de cordeiro ou vaca são uma boa fonte de proteínas. Também podem ser incluídas minhocas na alimentação do hamster (as que são usadas na alimentação dos répteis), pois são muito aceitas por esses pequenos roedores. Este alimento lhes pode ser dado uma vez por semana.
  • Leite: é um bom alimento, mas tem de se ter cuidado para que não se derrame nem azede, principalmente se fizer calor. Costuma ser dado a fêmeas gestantes, cachorros ou hamsters doentes. Limpa bem qualquer resto que possa ficar nos pratinhos.
  • Sementes para aves: os mix para canários ou para periquitos costumam ser muito apreciados pelos roedores. Podes dar-lhes uma colherzinha uma vez por semana.
  • Outros alimentos com nutrientes muito valiosos que podem ser incorporados na alimentação do hamster são: germe de trigo, milho, ovos inteiros, levedura de cerveja, pipoca (eles adoram!), etc.
  •  Levedura: É muito rica em vitaminas do complexo B, age sobre o sistema nervoso e é muito efetiva para reduzir o stress. De fato, uma colherzinha de levedura uma vez por semana é uma excelente forma de prevenir doenças.

Nunca dês ao teu hamster alimentos com açúcar ou chocolate. Além de não conter nenhum nutriente valioso, podem se aderir nas bochechas e provocar impactos difíceis de tratar.

Componentes para que a alimentação do hamster seja equilibrada

Como dissemos ao princípio, um dos segredos para ter um hamster saudável é dar-lhe uma dieta bem equilibrada. Os principais componentes da dieta que nunca devem faltar são:

  • Proteínas: são necessárias para a formação dos músculos e outros tecidos no corpo, especialmente nas fêmeas grávidas e pequenos em crescimento. Além das fontes mencionadas, outras são a cevada, o feijão, o milho, as nozes, a aveia, a ervilha e o trigo.
  • Carboidratos e gorduras: são a principal fonte de energia e calor, mas se dados em excesso provocam sobrepeso. Todas as sementes e cereais contêm esses nutrientes, bem como a levedura, a batata e os açúcares. São imprescindíveis na alimentação do hamster.
  • Vitaminas e minerais: só são necessários em pequenas quantidades, mas são fundamentais para muitos processos vitais. A carência de vitaminas e minerais é a causa de vários problemas de saúde. Estão presentes nos grãos, nas frutas e verduras frescas.
  • Água: deve ser dada em garrafa para que esteja sempre limpa.

Dá uma olhadela no nosso outro post: O que comem os hamsters?

 

Deixe um comentário