Brincar com o teu cão

Brincar com o teu cão mantém a mente do animal ativa e é divertido para ambos. Com a parte traseira levantada, as patas dianteiras esticadas sobre o chão, a boca aberta, o rabo levantado e abanando e talvez a pular de um lado ao outro com fortes ladridos o nosso cão está a nos convidar para brincar.

Através dos jogos podes enriquecer e melhorar a qualidade de vida do teu cão ao satisfazer a sua necessidade de fazer parte de um grupo social, a sua manada, e ao proporcionar o estímulo físico e mental tão necessário para o seu correto desenvolvimento.

Os jogos ativos previnem o tédio

Existem patologias de comportamento devido a esse tédio, como morder os pés, patas, rabo ou o tapete e outros objetos da casa quando está sozinho. Alguns inclusive ladram quando o seu dono vai embora o que pode resultar muito incômodo para os vizinhos e inclusive nos trazer graves problemas.

Um animal que não brinca pode ficar inativo ou se tornar muito excitável quando voltares para casa ou receberes visitas. Se brincares com o teu animal desde pequeno, vais manter a sua mente ágil e o seu corpo em bom estado físico.

Fomentar a brincadeira desde cachorros

Através dos jogos, os cachorros aprendem a se tornarem adultos, a caçar, a perseguir, a apanhar e a manter assim as suas habilidades naturais e o seu instinto de sobrevivência.

O cérebro do cão se desenvolve até 12 semanas depois do nascimento e os jogos são um estímulo necessário para esse crescimento. Deves começar por jogos mais simples para que aprenda rápido e para que assim se sinta recompensado; este prémio pode ser um pouco de comida, um biscoito, muitos elogios ou simplesmente dar-lhe a bola que tanto quer.


Utiliza bolas, bolas com cordas ou ossos de couro especialmente desenhados para o teu animal de estimação que podem ser comidos sem representar um risco para a sua saúde. Utiliza também brinquedos macios ou bolas com orifícios para preencher com ração ou guloseimas, estas vão atraí-lo pelo seu aroma e vão lhe dar a satisfação de caçar o seu próprio alimento. Ao apanhá-los vai se divertir a lamber até o último pedacinho e é um bom entretenimento para os cães de todas as idades.


Quando o cão é adulto, podes ensiná-lo a saltar por cima de cercas, troncos ou outros obstáculos, mas garante que não existam perigos no salto.

Como praticar exercícios com um cão idoso

A natação é outro excelente exercício especialmente para os cães mais velhos já que a água amortece as dores das suas extremidades e os reconforta.

Existem raças que aproveitam especialmente da água como os Labradores, Golden Retrievers, Cockers, Springers Spaniel ou o Cão d’Água Espanhol. No entanto não devemos nos esquecer que todas as raças existentes compartilham da mesma origem, portanto cheirar, rastrear e apanhar objetos vai agradar a todas.

Para cães na terceira idade a estimulação mental, fazer diariamente um exercício suave e participar de alguma brincadeira irá melhorar a sua qualidade de vida. Aqui os jogos devem ser curtos e pouco intensos.

Existem estudos que demonstram que aqueles que contam com uma boa alimentação e exercício adequado à sua idade, tamanho e condição física, sofrem menos a deterioração física e mental. Garantimos assim a sua longevidade, uma boa razão para brincar com eles.

Por isso, vamos brincar e nos divertir, será muito bom para ambos!


« Anterior

Limpeza e desinfeção de gaiolas e terrários

Conselhos para cuidar o teu lago de jardim com regularidade

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.