Como cuidar de uma cria de caturras?

Quando as crias de caturras chegam às 2 ou 3 semanas de vida recomendamos começar a alimentá-las à mão com uma papinha. Desta forma conseguem-se aves dóceis, habituadas ao contato com os humanos.

Os criadores normalmente retiram da jaula os pais e colocam-nos em incubadoras, mas se as tuas aves são calmas e não se irritam quando te aproximas, podes deixar as crias com os pais e alimentá-los somente 2 ou 3 vezes por dias, deixando o resto do trabalho a eles.

Se bem que a tarefa de alimentar as crias não é muito difícil, existem muitas coisas que podem correr mal: queimaduras, magoar o bico, perfurações da mucosa, aspiração e pneumonia, contaminação… Por essa razão é recomendável que recorras a um veterinário ou criador para que te demostre em pessoa como se faz e te ensine alguns truques; nenhum vídeo é suficiente para que saibas exatamente o que deves fazer. 

A higiene, primordial para a criação de crias

Para começar deves ser muito estrito com a higiene, porque as crias são muito susceptíveis a infeções Lava muy bien tus manos antes de comenzar. As jeringuillas devem ser esterilizadas cada vez que forem utilizadas e o prato onde prepares a papinha deve ser de vidro, cerâmica ou acero inoxidable, materiais que se possam desinfetar facilmente para evitar o surgimento de bactérias.


A papinha deve ser preparada com água fervida ou mineral (a que sobre, devemos deitá-la fora); não a guardes. Uma vez que tenhas dado de comer a cada cria deves limpar-lhe à volta do bico com um cotonete húmido e dar-lhe um pouco de água com uma goteira para que não fiquem restos de comida, já que estes poderiam contaminar-se facilmente com bactérias ou fungos como as candidas.

Qual a comida e quando a devo dar a uma cria de caturras?

As crias de caturras crescem muito rápido, por isso precisam comer muito, mas no início o seu papo é muito pequeno e apenas podem receber pequenas porções várias vezes por dia. À medida que crescem a ração pode ir aumentando. Para que te apercebas, deves apalpar o papo que se encontra na parte baixa do pescoço, conseguirás dar-te conta facilmente no momento em que lhe estes a dar de comer. 

Não deves enchê-lo demasiado porque pode dilatar-se excessivamente colocando em risco a vida do animal, e, além disso, deves controlar que quase se esvazie o papo, mas não deixes que se esvazie totalmente, entre uma comida e a seguinte. Se o papo nunca se esvazia ou demora demasiado (mais de 4 horas) então deves consultar com o teu veterinário imediatamente.

A papinha mais adequada e mais segura é a pasta de cría para caturras em pó que podes preparar com água. Estas papas já contêm as proteínas, vitaminas e minerais necessários para os filhotes. As papinhas caseiras também podem ser muito boas, mas existe um maior risco de contaminação, principalmente se não tens muita experiência. Muitos criadores adicionam papinha para bebés de maçã uma vez por dia. 

A temperatura da papinha é muito importante, deve ser dada a uma temperatura de 40ºC, ou seja, um pouco mais quente que a tua mão. Se estiver demasiado fria é mais difícil de digerir, mas se estiver demasiado quente podes provocar uma dolorosa queimadura no papo, que pode ser desde leve a mortal para a cria. 

Por volta das 5 e 7 semanas, os pintainhos já podem receber 2 comidas por dia e como já estão habituados à seringa quase não será necessários segurá-los. Para esta etapa já começarão a comer sozinhos algo de milho e a papinha passa a ser somente um complemento. Entre as 8 e 12 semanas de idade estarão prontos para se tornarem independentes.  Aperceber-te-ás que chegou o momento quando notares que o seu papo está cheio no horário da sua comida, isto quer dizer que já comeu sozinho. 

Outro fator a ter em conta é a personalidade de cada ave, algumas continuam a pedir papinha por mais tempo que outras. Inclusive podes seguir alimentando a tua ave com seringa de vez em quando, assim será mais fácil dar-lhe medicamentos caso seja necessário. 

Podes ler mais artigos sobre aves aquí.


« Anterior

Doença adrenal nos furões

A linguagem do gato

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.