Dálmata

Ainda que o seu nome parece se referir à região de Dalmácia, esta raça está tão estendida que é difícil determinar qual é a sua verdadeira origem. Encontrava-se desde muito anos em Grã-Bretanha, onde era um mimado dos aristocratas. Eles encontraram este cão nas suas viagens pelo continente e ficaram apaixonados por ele devido à sua original pelagem e à sua natural elegância.

Foi levado à Inglaterra como se fosse mais um lacaio da comitiva. O cão seguia a carruagem ou corria na frente dela, ou entre os cavalos e por isso recebeu o nome de “coach dog” ou cão de carruagem. Para cumprir esta atividade o cão deve ser muito forte, resistente e ágil e estar preparado para realizar muito exercício.

Desta função quase de luxo passou a cumprir tarefas mais práticas, e assim era visto em Londres de “bombeiro”. O Dálmata morava nos estábulos do corpo de bombeiro onde destruía ratos e outros bichos e acompanhava os carros a correr do lado dos cavalos.

Na atualidade é essencialmente um cão de luxo e companhia, dócil, limpo, elegante, ladra pouco e é fácil de treinar. Poderíamos dizer contra ele que é um cão muito ativo e que gosta de exercício, portanto se ficar entediado em um apartamento pode destruir muita coisa.


Aspeto geral do Dálmata

O Dálmata é um cão vigoroso, muito musculoso, de perfil simétrico, ativo e capaz de resistir corridas rápidas.

  • Cabeça: crânio plano, bastante largo entre as orelhas, sem nenhuma ruga. Focinho longo e poderoso. Nariz preto e olhos pretos ou pardos com a borda da pálpebra preta nas pelagens com manchas pretas e nariz castanho com olhos amarelos ou castanho claros com as bordas das pálpebras castanhas nos de manchas castanhas. Orelhas de inserção mais alta e apoiadas nos lados da cabeça, sempre com muitas manchas.
  • Corpo: musculoso. Pescoço longo, ligeiro e fino, bem arqueado e sem papada. Peito largo, profundo e bastante plano. Costelas bem arqueadas.
  • Extremidades: estrutura óssea forte e músculos marcados. Cotovelos bem aderidos ao peito, jarretes bastante baixos e angulados.
  • Cauda: não muito alta, longitude média, grossa na base e afinando gradualmente, preferivelmente com abundantes manchas.
  • Pelagem: básica de um branco nítido e sem mistura, com manchas circulares muito caraterísticas, pretas ou castanhas cor de fígado, muito abundantes, bem definidas e distribuídas uniformemente pelo corpo todo. Os cachorros quando nascem são totalmente brancos, e as manchas aparecem passados dois ou três meses. Pelo curto, fino, apertado, brilhante e bastante duro ao toque.
  • Tamanho: de 55 a 61 cm nos machos e de 50 a 58 cm nas fêmeas.  Peso: dos 25 kg nos machos e dos 22,5 kg aproximadamente nas fêmeas.
  • Defeitos: Pelagem com pintas. Manchas cor de fígado em exemplares pretos e vice-versa. Manchas cor limão.
« Anterior

Dados interessantes sobre os hámsteres

Comunicação bidirecional: Escuta o teu cão – Parte I

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.