É difícil cuidar de um aquário pequeno?

É difícil cuidar de um aquário pequeno?

Se investigares sobre o cuidado dos peixes, encontrarás muita informação sobre aquários de 50 litros ou mais e, no geral, desaconselham os que são menores. Mas então, é possível ter peixes em aquários pequenos? A seguir oferecemos-te uma série de conselhos para que aprendas a cuidar peixes num aquário pequeno.

1. Quantos peixes posso ter num aquário pequeno?

O fato de o teu aquário ser pequeno não quer dizer que precisa menos cuidado que um aquário maior. Sabemos que os peixes comem, respiram e eliminam os seus resíduos na água, por tanto um aquário menor ficará sujo mais rápido do que um aquário grande. Para que um aquário pequeno se mantenha mais ou menos estável, apenas podes colocar um ou dois peixes nele.

2. A manutenção dos aquários pequenos

Os aquários pequenos são económicos e podem colocar-se em qualquer tipo de quarto. A sua manutenção não é muito cara, mas deves ser constante para que os peixes vivam saudáveis.  É importante fazer mudanças parciais de água uma a três vezes por semana, em função da quantidade de habitantes que houveres instalados. Isto ajudará a eliminar os resíduos nitrogenados orgânicos, que são muito tóxicos para os peixes. Cada vez que retires água do aquário deves fazê-lo com a ajuda duma mangueira com sifão e aspirar os sedimentos que se depositam sobre o cascalho. A água que agregares deve estar á mesma temperatura que o restante e, por tanto, deve estar livre de cloro e outros contaminantes.

Existem filtros pequenos para este tipo de aquários. Com eles poderás ter algum peixe mais e facilitar a manutenção. Se não tens um filtro é conveniente instalar uma bomba de ar que garante uma administração constante de oxigênio e, além disso, fornece algo de movimento à água, o que melhora ainda mais a oxigenação. Em quanto ao aquecedor de água, procura que seja apto para o tamanho do teu aquário, pois muito apenas servem para aquários grandes com mais de 25 litros. Se não for possível utilizar um aquecedor, apenas poderás escolher espécies de peixes que possam viver em água fria.

3. Temperatura, iluminação e alimentação em aquários pequenos

É muito importante evitar as mudanças bruscas de temperatura. Um volume de água pequeno arrefece e aquece mais rápido que um maior, por tanto deves ter especial cuidado para não colocar o teu aquário num lugar muito frio nem expô-lo a luz solar direta. Além de cobrir-se de algas, vai aquecer a água demais e colocaria em risco os teus peixes. De igual modo, se pensares em instalar alguma fonte de luz deves procurar uma que não emita demasiado calor, como as luzes LED ou as fluorescentes.

Outro ponto importante é a comida. É recomendável usar comida para peixes em forma de grânulos ou palitos flutuantes, porque sujam menos a água. Como não se acumulam no fundo, os peixes acabam por comer quase tudo e não desperdiçam nem se estraga.

É possível desfrutar do prazer de ver nadar os peixes, mesmo se o aquário for pequeno. Resulta económico e uma vez que estejas acostumado com a rotina do seu cuidado verás que não será necessário muito tempo. Procura sempre dar aos teus peixes o máximo de espaço possível, porque serão mais felizes se tiverem suficiente espaço para nadar, plantas para esconder-se ou comer e outros peixes amigáveis com quem partilhar o seu habitat.

Recorda que em TiendAnimal temos todo o necessários para que possas desfrutar da maravilhosa experiência de cuidar peixes. Desde os melhores aquários em todos os tamanhos, até a melhor comida para peixes. Assim como os produtos e acessórios que ajudarão a manter a higiene do teu aquário em perfeitas condições.

Deixe um comentário