Dogue de Bordeaux: Conselhos, cuidados e características

Nome Dogue de bordeaux
OrigemFrança 
Expectativa de vida 5-8 anos 
CoresPardo, mogno, avermelhado, cinza, preto 
Pelo Curto 
Tamanho Gigante 
Altura De 58 a 68 cm 
Peso De 45 a 50 kg 
Temperamento Tranquilo, carinhoso, protetor 
Necessidades Exercício físico 

Procedência e história do Dogue de Bordeaux 

O Dogue de Bordeaux tem origem na França, onde no século XII era utilizado para a caça de outros animais. Já na Idade Média o seu trabalho passou a ser o de conduzir o gado. Com tudo isso, é uma raça de cão que chegou inclusive a ser aproveitada na guerra, como guardiã e até em briga de cães.

Tipos de Dogue de Bordeaux 

Considerarando que tem uma pelagem curta e fina, as variedades do também chamado Mastim francês surgem em função das cores que apresenta o seu manto.

Cores  

Entre a gama de cores que pode apresentar a pelagem do Dogue de Bordeaux, encontram-se:

  • Pardo: destaca-se por ter uma pelagem de cor castanha em diferentes tons claros.
  • Mogno: a sua pelagem é de uma chamativa cor mogno que lembra o tom da madeira.
  • Avermelhado: este tipo de pelagem admite diferentes tons de cor vermelha.
  • Escuro: esta cor de pelo pode ir do cinza ao preto, e apresentar manchas brancas no peito e nas patas.
Dogue-de-Bordeaux

O cachorro de Dogue de Bordeaux 

Desde novo, esta raça de cão se caracteriza por estabelecer um forte vínculo com o seu dono, ao qual irá proteger de forma instintiva. Se for bem adestrado, o Dogue de Bordeaux cachorro vai se tornar um cão que irá desfrutar a companhia de crianças e outros animais de estimação.

Isso pois, apesar da sua aparência dura, o Dogue de Bordeaux é carinhoso e sociável, e não é raro que esteja sempre em busca de mimos. De facto, é uma raça de cão que não vive bem em solidão.

Por outro lado, devido à força e à energia que tem, o Dogue de Bordeaux cachorro precisa de uma rotina de exercício com a qual possa desafogar essa necessidade física, para a qual deves recorrer a diferentes brinquedos e assim mantê-lo estimulado adequadamente.


Cabe destacar também que o Dogue de Bordeaux é considerado um cão de raça potencialmente perigosa dadas as suas características físicas, portanto se faz necessária uma licença administrativa, entre outras normas, para a sua tutela. Além disso, devido à sua morfologia braquicéfala, ou seja, ao seu focinho achatado, esta raça de cão pode babar e até roncar mais do que outras.

Caráter da raça 

O primeiro que chama a atenção do Dogue de Bordeaux é o seu físico robusto. No entanto, por trás dessa aparência brusca, podemos encontrar um cão incrivelmente carinhoso e apegado com o seu dono, ao qual também protege. Por isso é um animal que é uma excelente companhia, sempre à espera de qualquer sinal de afeto.

Outra de suas principais características que se destaca no cão é que é extremamente tranquilo, apesar de gostar de passar tempo a brincar. E por outro lado, também é uma raça inteligente e dócil que obedece às ordens que lhe forem dadas. De qualquer forma, é preciso lembrar que esse apego que sente pelo seu dono faz com que o Mastim francês seja sensível ou pouco tolerante a passar tempo sozinho, algo que pode motivá-lo a fazer destroços pela casa em uma tentativa de manifestar o seu mal-estar ou simplesmente para se manter distraído até a chegada do seu dono.

E por último, mas não menos importante, também é um cão que se destaca por ser muito guloso. Por isso, é raro que rejeite uma porção extra de sua comida ou o típico prémio, apesar de ser preciso que estejas atento porque é um cão que tende a ganhar peso com relativa facilidade.

Saúde do Mastim francês 

Como já adiantamos, o Dogue de Bordeaux pode ser propenso à obesidade dado ao seu voraz apetite. Por isso, o recomendável é oferecer uma alimentação equilibrada na qual não abuses dos prémios fora da sua dieta, além de mantê-lo ativo com exercícios.


Outras das ameaças para a saúde desta raça de cão é a displasia de quadril, uma doença que pode causar problemas de mobilidade e para a qual será útil realizar acompanhamentos veterinários, e as infeções cutâneas devido às múltiplas pregas que tem na sua pele, de forma que deves ficar atento a qualquer sinal anómalo que se apresente.

Cuidados típicos da raça 

Os cuidados que requer o Mastim francês não são exigentes, somente prestar atenção à sua pelagem e às pregas de sua pele.

Pelo 

Dado a que sua pelagem é curta e fina, somente tens que escová-lo uma vez por semana para eliminar o pelo morto e solto.


Pele 

Convém limpar as múltiplas pregas que a sua pele apresenta para prevenir qualquer infeção cutânea.

Qual é a melhor alimentação para o Dogue de Bordeaux?

A considerar as suas proporções físicas, a alimentação de um Dogue de Bordeaux requer uma determinada quantidade de proteína e vitaminas para manter em ótimo estado as suas articulações. Em qualquer caso, é preciso adaptar a dieta às diferentes etapas de vida pelas quais passa.

Etapa de cachorro  

O Mastim francês cachorro precisa de uma dieta específica para cachorros. Desta forma é preciso garantir que o cão cresça e se desenvolva adequadamente, além de proporcionar a energia que precisa para o seu dia-a-dia.

Etapa adulta  

Já de adulto, é preciso lembrar que o Dogue de Bordeaux pode chegar a sofrer com problemas estomacais, por isso é conveniente oferecer porções reduzidas e frequentes para minimizar esse risco.

De qualquer forma, deves estar atento à tendência que esta raça de cão tem para engordar, por isso deves proporcionar uma dieta equilibrada que não supere a quantidade de calorias recomendada.

Etapa sénior  

Por fim, o Dogue de Bordeaux sénior precisa de um alimento que se adapta ao seu estilo de vida, marcado por uma diminuição da atividade física e, portanto, das necessidades de energia.


Adoção de um Dogue de Bordeaux

Carinhoso, inteligente, obediente… São muitos os adjetivos que podem descrever esta raça de cão, perfeita como animal de companhia em casas onde houver crianças e inclusive outros animais de estimação. Apesar disso, deves ter consciência da força que tem e da necessidade de adestrá-lo corretamente para ter um cão equilibrado em todos os sentidos.

Se depois de conheceres todos os detalhes estás as pensar em adotar um Mastim francês, recomendamos consultar os perfis de diferentes cães procedentes de protetoras animais. Ali poderás encontrar o Dogue de Bordeaux que se tornará o teu novo companheiro de vida.

Lembra que em Tiendanimal poderás encontrar os produtos que precisas para manter devidamente cuidado o teu Dogue de Bordeaux.


Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Mastim espanhol: Conselhos, cuidados e características

Como respiram os peixes?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.