Gato Burmês

Esta raça foi criada por um médico militar americano a partir de uma gata Tonkinesa trazida da Birmânia em 1930. Fizeram-se cruzamentos com siameses até conseguir uma pelagem uniformemente castanha e, em 1936, foram reconhecidos como raça.

Existem dois tipos diferentes: o americano, bastante compacto, fornido e de cabeça redonda e o inglês, mais esbelto e com a cabeça levemente triangular.

O gato Burmês é um gato inteligente e brincalhão, dá-se bem com as crianças, tolera outros animais de estimação e, se for acostumado desde pequeno, pode desfrutar de viagens de carro. É muito dedicado ao seu amo, quase como se fosse um cão, devido ao seu desejo de lhe agradar e permanecer ao seu lado.

Aspecto geral do gato Burmês

  • Tamanho médio, peso de 3,5 a 5,5 kg. Tipo americano: compacto, de proporções médias, com ossos e musculatura bem desenvolvidos. Tipo inglês: elegante, tipo oriental, esbelto.
  • Cabeça arredondada no tipo americano, sem superfícies planas, alargada. Crânio, testa e bochechas redondas. Focinho curto e redondo. No tipo inglês, a cabeça é triangular, com crânio largo e levemente arredondado. Pómulos salientes (ver fotografia).
  • Orelhas de tamanho médio, largas na base e arredondadas na ponta, muito separadas. Levemente inclinadas para frente, interior coberto de pelos curtos e ralos.
  • Olhos grandes, bem separados, arredondados. A sua linha superior inclina-se obliquamente, a sua linha inferior é arredondada. A sua cor deve ser a mais intensa e brilhante possível, preferentemente amarela. O seu olhar é muito expressivo e cativante.
  • Pescoço bem desenvolvido e curto.
  • Corpo de tamanho médio. Peito alargado e amplo, sólida estrutura óssea e bom desenvolvimento muscular. Ao levantá-lo, chama a atenção que seja tão pesado.
  • Patas proporcionais ao corpo.
  • Cauda de longitude média, reta, fica mais fina em direção à ponta arredondada.
  • Pelagem: pelo muito curto, fino, sedoso e brilhante, rente ao corpo. Capa lustrada, acetinada. Quase sem fiapos.
  • Cor: os tons mais escuros nas extremidades, cara e cauda, os intermédios no dorso e flancos, atenuados no ventre. Sem manchas de nenhum tipo. A cor definitiva da pelagem e dos olhos aparece a partir dos 2½ meses. Há quatro variedades básicas: castanho escuro, azul (cinza prateado), chocolate (champanhe) e lilás (cinza pombo, cinza rosado pálido). Na Europa também é conhecido em vermelho, creme e tortie (tartaruga). Nos Estados Unidos estas cores formam uma raça diferente chamada Malayen.

 

Deixe um comentário