Gato Mau egípcio: Aconselhamento, cuidados e características

NomeMau egípcio
OrigemEgito
Esperança de vida Por volta dos 14 anos de idade.
CoresPrata, fumo ou bronze salpicado com manchas pretas ou castanhas
PeloCurto
AlturaTamanho médio
Peso3-5 quilos.
TemperamentoAmigável e ativo
NecessidadesPoucos cuidados
Perfeito paraFamílias que podem passar muito tempo com eles.

Origem do gato Mau egípcio

O Mau egípcio é uma raça de gato doméstico que, como o seu nome sugere, teve a sua origem no Egito. De facto, o gato Mau egípcio assemelha-se aos gatos pintados nos murais do Antigo Egito, uma vez que era venerado por reis e faraós. Considerando que os seus antepassados datam de há mais de 4.000 anos, poderíamos estar a falar de uma das raças de gatos mais antigas do mundo. Devido à sua aparência exótica e traços de personalidade, a maioria das pessoas sente-se atraída por ele. 

Tipos de Mau egípcio

Embora não haja dois gatos iguais, a verdade é que normalmente não há distinções entre os gatos desta raça. No entanto, podemos diferenciar os Mau egípcios de acordo com as suas cores:

Cores

Existem quatro variações de pelo: O Mau egípcio laranja com manchas castanhas com fundo bronzeado; o prateado com manchas azuis escuras sobre fundo prateado claro; o fumo mosqueado com manchas pretas; e o estanho.

Tipo de pelo

O Mau egípcio tem pelo curto e é normalmente macio e sedoso. Se cuidarmos bem do seu pelo, ele manterá a sua suavidade característica e terá um pelo brilhante se o escovarmos duas ou três vezes por semana.

O filhote de gato Mau Egípcio

Uma das curiosidades sobre a raça do gato Mau Egípcio é que o seu período de gestação é um pouco mais longo do que o de outros gatos domésticos. O período de gestação pode durar até 73 dias, quando a média está entre 63 e 68 dias. Os gatinhos desta raça são ainda mais brincalhões do que no seu estado adulto e adoram estar com os seus donos enquanto interagem com eles. Como sabem, o bebé Mau Egípcio deve ser desmamado após três meses de idade e ir introduzindo gradualmente aquela que vai ser a sua ração habitual.

Carácter e comportamento do Mau Egípcio

Como é habitual com os gatos, eles são independentes. No entanto, se os gatos desta raça se adaptarem a viver juntos e ganharem confiança, tendem a ser muito afetuosos e até a exigir atenção e a que brinquemos com eles.

O Mau Egípcio é muito ativo, sociável e intolerante à solidão. No entanto, tem dificuldade em relacionar-se com estranhos, pelo que é muito provável que os evite ou ignore. Além disso, embora seja um gato tranquilo, é um bom caçador, por isso devemos ter cuidado se a nossa casa é também o lar de roedores ou aves.

Como alimentar um Mau Egípcio de acordo com a sua idade?

Porque adoram a atividade física, a sua dieta deve ser variada e os alimentos que consomem devem ser ricos em nutrientes. No entanto, dependendo da fase da vida em que o teu gato se encontra, terá de ser alimentado de uma forma ou de outra. Aqui estão algumas recomendações para te ajudar a obter a comida certa para esta raça de gato. 

Alimentação por etapas

Os gatos Mau Egípcio bebé devem ser desmamados aos três meses e gradualmente introduzidos naquela que será a sua ração habitual. Nesta transição pode dar-lhes comida mole ou húmida para gatinhos, mas não exagere na dose. 

Mais tarde, quando chegam à idade adulta, é necessário que os seus alimentos contenham muitos nutrientes, uma vez que são um gato ativo e atlético. 

Quando atinge a sua fase sénior, é necessário mudar a sua alimentação para uma concebida para gatos mais velhos e estar atento a qualquer patologia, porque à medida que o nosso gato envelhece é mais propenso a doenças.


Saúde do Gato Mau Egípcio

Como mencionado acima, a raça de gato Mau Egípcio não requer cuidados excessivos. No entanto, deve ser dada atenção aos seus dentes, uma vez que os gatos desta raça são propensos a doenças orais e gengivais, pelo que se recomenda não exagerar na comida húmida.

Por outro lado, existe uma doença neurológica que pode afetar esta raça de gatos: a leucodistrofia (também conhecida como doença de Krabbe), que pode causar perturbações de comportamento, entre outros sintomas.

Sendo gatos ativos, precisarão de fazer exercício, mas não te preocupes, exercitar-se-ão quase sempre sozinhos e saem-se muito bem sozinhos.

Cuidados de um gato Mau Egípcio

O cuidado de um Mau Egípcio é simples e descomplicado. Aqui estão alguns dos que precisas de ter em mente:

Pelo

Prestar atenção ao seu pelo e escová-lo duas ou três vezes por semana para o manter macio deve ser suficiente para o manter saudável. Além disso, a escovagem evitará a acumulação de pelo morto e, por conseguinte, torná-lo-á menos suscetível de sofrer de problemas digestivos devido às bolas de pelo.

Pele

A pele está intimamente relacionada com o seu pelo. Como mencionado acima, escovar duas ou três vezes por semana deve ser suficiente. Como é um felino de pelo curto, o conselho é usar uma escova com cerdas arredondadas.


Olhos e ouvidos

Os seus olhos precisam de ser verificados continuamente, uma vez que são propensos a ficar com os olhos a pingar. Quanto aos seus ouvidos, embora normalmente não tenham doenças auditivas, recomendamos um check-up veterinário no caso de precisares dele e a limpeza dos seus ouvidos com uma toalha humedecida em água e um pouco do seu champô.

Adoção de um Mau Egípcio

A adoção de um Mau Egípcio é extremamente rara, uma vez que esta raça não é comumente encontrada, mas podes sempre ir aos abrigos e pedir uma raça semelhante ou mista e pedir conselhos sobre onde começar a procurar o teu novo companheiro de vida.

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Fazer paddle surf com cães

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.