Quantas vezes ao dia devo alimentar os meus peixes?

A maioria das pessoas alimenta os seus peixes duas vezes ao dia, uma vez de manhã e outra vez à tarde. No entanto, se consideramos que devemos imitar os seus hábitos naturais de alimentação, o ideal é proporcionar-lhes alimento em pequenas quantidades de quatro a seis vezes ao dia se for possível, tendo cuidado para não alimentá-los em excesso.

Com a falta de luz natural, temos de nos certificar de que a lâmpada esteja acesa para que os peixes possam ver a comida, especialmente quando se tratam de alevins. Se o cuidado dos peixes do aquário é repartido entre diferentes pessoas da casa, é preciso ter cuidado para não sobrealimentá-los e informar aos outros membros da família que os peixes já foram alimentados.

Quando um peixe come em excesso, ele não só será um peixe pouco saudável, mas também será mais fácil que a água se contamine. A maioria dos peixes que compramos nos aquários são juvenis, de forma que temos de lhes dar o alimento adequado para um bom desenvolvimento e crescimento, mas sem lhes dar comida demais para que não haja consequências no seu sistema imunológico que possam afetar a sua saúde.

Como regra geral, é preciso dar uma quantidade de alimento que sejam capazes de comer em dois ou três minutos no máximo. Para determinar a quantidade, deixe cair somente uma pitada de comida no aquário e observe quanto tempo eles demoram para comê-la, quanta quantidade caiu no fundo e quanto tempo os peixes que estão no fundo demoram para comê-la. Se depois de dois minutos não houver restos de comida, podemos pôr outra pitada, tomando cuidado para que não sobrem restos de comida. O excesso de alimento deve ser retirado com um sifão, e isso deve ser feito uns 20 minutos depois de ter dado o alimento para que  a água não se contamine, suje e escureça.

 

É preciso ter cuidado para que todos os peixes comam, provavelmente observarás que alguns peixes não recebem a sua parte de alimento. Pode-se paliar esse problema, seja separando por um lado os mais vorazes ou proporcionando variedades de alimento. Por exemplo, se os peixes vêm até a superfície para comer rapidamente, é preciso oferecer alimento em escamas como TetraMin alimento em escamas ou SERA Menu em flocos já que eles flutuam durante mais tempo.

Caso haja peixes no fundo, existem alimentos especializados para peixes de fundo em forma de comprimidos como o TetraTabiMin Alimento em comprimidos ou o TetraWafer Mix para peixes fitófagos e carnívoros de fundo que afundam rapidamente.

Outra forma de fazer com que os peixes do fundo comam bem é desligar as luzes do aquário e as luzes do lugar onde estiverem, de forma que uma boa parte dos alimentos afundarão a tempo de que os peixes da parte inferior do aquário possam chegar a comer.

E vocês, quantas vezes ao dia alimentam os seus peixes?

Azucena Gual. Bióloga aquática e criadora de peixes.

Queres saber mais sobre o aquário, a sua decoração e o cuidado dos peixes? Dá uma olhada em todos os nossos artigos.

 

« Anterior

Reprodução e crias de hamster

Raças de porquinhos-da-índia

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.