Salamandras e tritões: alimentação e manipulação

Se gostas dos répteis e estás a pensar em adoptar salamandras ou tritões como animal de estimação, este post será de grande interesse para ti. A seguir te apresentamos una série de conselhos para que aprendas a conhecer, cuidar e alimentar as tuas salamandras e tritões.

1. Características gerais das salamandras e dos tritões.

Estes pequenos animais, parecidos com as lagartixas, são na realidade anfíbios. Igual que os sapos e as rãs, mas pertencentes à família dos caudados. Se fores adquirir um destes animais de estimação deves identificar corretamente o seu habitat, já que há terrestres, aquáticos ou que mudam de meio em função da época do ano. Têm uma pele muito suave e sem escamas, que é capaz de evitar a desidratação destes répteis sempre e quando se mantiver em ambientes muito húmidos. Para garantir este nível de humidade, é recomendável usar um pulverizador de água para terrários umas 3 ou 4 vezes por dia.

2. O terrário para salamandras e tritões

Os ambientes húmidos são o meio mais apropriado para o desenvolvimento de bactérias e fungos, por isso é muito importante que o terrário tenha boa ventilação. Se o teu terrário é de material acrílico, podes realizar pequenos furos pelos que entre e saia o ar ou colocar uma malha fina na sua parte superior. Em aqueles com meio aquático terás de colocar um aerador de água. Assim conseguirás oxigenar a água e manter um alto grau de humidade, graças à incorporação de partículas de água no ar. Também é muito importante dispor de um bom sistema de filtragem, já que a água fica suja rapidamente.

3. A alimentação de salamandras e tritões

As salamandras e tritões alimentam-se geralmente de insetos vivos. Podes encontrá-los em zonas húmidas, debaixo de galhos e rochas. Entre outras coisas, as salamandras terrestres adoram os tatus-bolas, os besouros, os vermes, as centopeias pequenas, traças e outros insetos voadores noturnos. Por outro lado, para as salamandras aquáticas deverás conseguir moscas de água e pequenos crustáceos, que poderás encontrar em açudes com alto conteúdo de algas. Deves ter cuidado na hora de selecionar os insetos que vais introduzir no terrário, pois existe uma variedade de insetos carnívoros que podem comer as larvas dos teus anfíbios.

Recorda que não deves dar mais alimento enquanto tenham comida no terrário da vez anterior. Se ofereces uma boa variedade de insetos estás a garantir uma dieta bem equilibrada. Duas ou três vezes por semana podes polvilhar os insetos com vitaminas para répteis, mas deves ter em conta que é possível que os teus animais de estimação não consumam insetos mortos. Outra alternativa é que tu cries os insetos para alimentar as tuas salamandras e tritões. A mosca-da-fruta ou os grilos pequenos são um claro exemplo deste tipo de insetos, que podes alimentar com verduras e cereais para que resultem mais nutritivos. Ás salamandras chama-lhes a atenção o movimento, por tanto é importante que introduzas os insetos vivos no terrário quando fores alimentá-los.

4. A manipulação de salamandras e tritões

Recomendamos que não pegues com as mãos as tuas salamandras ou tritões a não ser que seja estritamente necessário. Os óleos de nossa pele são nocivos para alguns deles, além disso, algumas espécies têm substâncias tóxicas sobre a sua pele que causam grande irritação nas nossas mucosas. Se for necessário apanhar um, lava as tuas mãos com sabão, enxágua com abundante água para que não fiquem restos e apanha a salamandra com as mãos húmidas. Tem cuidado porque a cauda se solta facilmente e, mesmo que volte a crescer, a nova é mais fibrosa, curta e menos colorida.

Por último, tem em conta que a pele das salamandras e dos tritões é muito permeável e sensível, por tanto não deves usar desinfetantes que possam resultar tóxicos. Recorda que é imprescindível enxaguar bem o terrário depois de lavá-lo antes de introduzir o teu animal de estimação. Se tiveres que lavar as feridas não utilizes iodo nem iodopovidona, no seu lugar podes aplicar cloreto de benzalcônio, um desinfetante muito suave que se utiliza com as crianças.               

Não te esqueças de que em TiendAnimal temos tudo o que precisas para desfrutar ao máximo dos teus anfíbios. Desde os melhores terrários até a comida para salamandras e tritões mais nutritiva.

« Anterior

Mudanças de conduta e alimentação nos cães idosos

Mini pig como animal de estimação

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.