Terrário de iguanas: calor, luz e humidade

, ,

Já deves ter escutado e lido muitas vezes que cuidar de uma iguana não é tarefa simples. A qual motivo isso se deve? A principal dificuldade é que estes animais, por terem sangue frio, requerem um ambiente com determinada temperatura, humidade, radiação luminosa e luz para conseguirem realizar ações básicas como digerir a comida, metabolizar minerais, manter a sua temperatura corporal, ter a capacidade de se reproduzir, etc. Geralmente os terrários das iguanas diferem muito do seu meio natural e, portanto, requerem um importante esforço e investimento de tempo e dinheiro para conseguir imitar este meio ao máximo. Se falhares ao dar à tua iguana um ambiente adequado, a ela sofrerá, ficará doente e pode chegar a morrer. É por isso que é tão importante que compreendas bem as suas necessidades antes de criar o seu habitat.

Deves saber que uma iguana adulta pode medir até dois metros de comprimento e, portanto, requer um terrário proporcional ao seu tamanho. O ideal é que o terrário da iguana meça o dobro da iguana e que seja alto, já que as iguanas verdes são arborícolas e gostam de escalar. Lembra-te que em um ano uma iguana jovem precisará de um tanque de mais de 300 litros. Este habitat tão grande é necessário para que o animal tenha espaço suficiente para se exercitar, a não ser que a deixes perambular em algum cômodo que mantenha as condições ambientais adequadas. Não é verdade o que se diz por aí, que se o habitat é pequeno, a iguana deixará de crescer.

A temperatura no terrário da iguana

A temperatura ideal deve ser entre 32 e 35ºC na zona mais quente e de 27ºC na mais fria. Como fontes de calor podes usar lâmpadas de cerâmica (se precisares de uma voltagem mais alta) ou lâmpadas incandescentes. Compra uns bons termômetros para posicionar em diferentes lugares do recinto, assim poderás ter certeza de que a voltagem que escolheste é a adequada. Isso depende do tamanho do terrário, da temperatura exterior e da ventilação.

As iguanas precisam de um ciclo de dia/noite de aproximadamente 12/12 horas. Isso é importante para que descansem, caso contrário estressam-se e podem adoecer ou se tornarem agressivas. Lembra-te que o ambiente do terrário de iguanas deve se manter com calefação durante a noite e não podes usar luzes incandescentes. Para a noite são ideais as lâmpadas de cerâmica, que dão calor sem luz. Podes posicionar diferentes lâmpadas que fiquem acesas e se apaguem de acordo com a luz que seja necessária, ou deixar uma de cerâmica de baixa voltagem acesa sempre, e somente acender a apagar as incandescentes. Se puderes, instala um regulador que faça isso automaticamente e já não terás que lembrar de fazê-lo.

Todas as lâmpadas devem estar bem protegidas com arame para evitar queimaduras se a iguana escalar até elas. As de cerâmica esquentam muito e precisam de um suporte adequado para evitar riscos de incêndio. Certifica-te de fazer a instalação elétrica com cabos que suportem a alta voltagem. As pedras não são apropriadas para as iguanas porque podem produzir queimaduras sérias.

A luz nos terrários de iguanas

As iguanas precisam de uma fonte de radiação UVA, que estimula comportamentos naturais e dá uma sensação de bem-estar, e UVB, indispensável para a formação de vitamina D3 e o metabolismo do cálcio. Sem ela, as iguanas sofrem com a doença óssea metabólica, que provoca amolecimento, fraqueza e deformação dos ossos e morte prematura.

A melhor e mais perfeita fonte de raios UV é o sol. Sempre que possas, expõe a tua iguana à luz solar direta, não através de um vidro ou plástico, já que estes não deixam passar os raios UVB. Não deixes uma iguana no sol se a temperatura for menor que 26 ou maior que 38°C. O mais recomendável, além de ter uma boa radiação UVA no terrário da iguana, é colocá-la em uma gaiola ao ar livre (não é necessário mais do que uma hora diária) com a metade do espaço na sombra e água fresca à disposição para evitar que desidrate.

Além disso, recomenda-se uma fonte artificial de radiação, como os tubos fluorescentes que se vendem em lojas de animais de estimação. Compra somente os que forem desenhados especialmente para répteis, os que são usados para plantas não dão suficiente radiação UVB. Troca-os de acordo com as instruções do fabricante, mas depois de 6 a 9 meses já estão esgotados e não são adequados para as iguanas. Garante que a distância entre o tubo e o animal não seja maior que 20-30 cm. Essa é a distância máxima de alcance da radiação.

Outra fonte adequada de radiação são as lâmpadas de vapor de mercúrio. Estas dão mais radiação UVB do que os tubos fluorescentes.

Humidade no terrário das iguanas

O terceiro ponto que torna um ambiente apropriado para uma iguana é a humidade. As iguanas precisam de uma humidade alta, como nas florestas tropicais. No seu habitat quase não têm necessidade de beber água, portanto não costumam fazê-lo a não ser que tenham água à sua disposição. O resultado é que muitas iguanas em cativeiro vivem parcialmente desidratadas, o que costuma levar a uma insuficiência renal em idade precoce.

A humidade ambiente do terrário da iguana deve ser entre 65-75%. Para consegui-lo podes borrifar a iguana e o ambiente várias vezes por dia, pode-se colocar um humidificador no ambiente onde estiver o terrário ou colocar várias bacias com água no recinto. Também é possível dar banho diariamente, o que é muito aconselhável por razões higiênicas.

Também existem humidificadores eletrônicos, mas estes equipamentos costumam ser muito caros. Cuidado, porque a humidade excessiva também pode trazer problemas de saúde e de contaminação do recinto.

Como podes ver, é muito importante estudar bem as opções disponíveis para dar calor, luz e humidade no terrário das iguanas, pois nem todas são apropriadas. Além disso, estes fatores ambientais são necessários para a saúde da tua iguana; não somente para que se sinta confortável.

Em outros artigos de Tiendanimal poderás encontrar informação sobre o tamanho do terrário, qual substrato utilizar, quais materiais escolher para que escale e como ambientá-las, dentre outras coisas.

SOBRE O AUTOR

Miriam Zazo

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Terrier escocês

Terapia comportamental para cães hiperativos ou com sobreatividade

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.